Conecte-se agora

Cameli diz que entregou relatório sobre suposto cartel na Saúde para Sérgio Moro

Publicado

em

No primeiro semestre de seu governo, Gladson Cameli explanou em alto e bom som que desconfiara da permanência de um suposto cartel dentro da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre). À época, recebeu críticas de servidores e apoio de parte da população por revelar que possíveis esquemas poderiam estar atrapalhando o bom funcionamento da saúde pública no estado.

O governador garantiu que iria levar o problema por ele detectado adiante e acionaria instituições capacitadas para investigar a situação. Nesta segunda-feira, dia 2, ele afirmou que, durante a visita do ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro ao Acre, entregou ao juiz um relatório apontando a problemática a ser averiguada.

“E não só da saúde, mas de outras áreas também, como a segurança”, disse Gladson no programa ‘Fale com o Governador’ transmitido pela Aldeia FM. Segundo ele, o relatório é um demonstrativo de como estão as ‘entranhas’ da saúde no Acre e quais os maiores entraves encontrados.

No programa de hoje, Cameli voltou a se irritar com as constantes reclamações da população quanto à espera por cirurgias e atendimentos na rede pública de saúde, foi quando falou sobre o relatório entregue ao ministro Moro.

“É por isso que fico revoltado. Se tem uma coisa que tem me ‘pertubado’ é a saúde. Que negócio é esse que as coisas não andam? Não é dinheiro o problema, é só falta de boa vontade”, retrucou.

Ele disse que não tem mais como culpar o secretário de Saúde, pois o problema é “mais embaixo”. “É uma rede que precisa estar conectada, mas é tudo confusão, melindre”, pontuou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas