fbpx
Conecte-se agora

A vida miserável dos usuários de crack em Rio Branco

Publicado

em

Um misto de sentimento e indignação toma conta de quem passa pela rua Boulevard Augusto Monteiro, a principal do bairro 15, no Segundo Distrito de Rio Branco. Basta uma casa ou terreno abandonado para os usuários de droga se apropriarem dos espaços e transformarem o lugar em morada e ponto para uso de droga . Eles são muitos e de várias idades.

O videomaker Kennedy Santos e sua câmera de celular conseguiram com exclusividade, mostrar o lado pouco visto dos dependentes químicos. Foi nessa andança que ele conseguiu entrevistar um homem de 47 anos, que numa atitude de desespero, resolveu morar dentro do mato.

L P Machado, reluta em falar, mas aceita dar entrevista com a garantia de não mostrar o rosto. Ele conta que já trabalhou como mecânico e em alguns momento parece ter perdido noção de tempo e perigo. Para se esconder da família, ele decidiu por conta própria levantar um barraco e se mudar para um lugar onde ninguém soubesse, a mata fechada que fica próximo ao antigo Aeroporto de Rio Branco. O lugar é pequeno, coberto por lona e sem parede. Dentro da barraca improvisada apenas um colchão velho, sujo e úmido.
Bem pertinho dele, em situação não muito diferente, não fosse o fato da barraca ser protegidas por pedaços de madeira velha, está uma jovem que assume o vício sem constrangimento. Ela falou abertamente de seus sonhos, desejos e vontades, que na visão dela, tem poucas chances de se concretizar.

Quem assistir ao vídeo vai conhecer a antiga garagem de ônibus que hoje abriga apenas homens e mulheres desesperados, loucos por algumas migalhas de dinheiro que mais tarde se transformarão em fumaça, um prazer que será desfeitos em dois ou três segundos.

video

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas