Conecte-se agora

IDAF e Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica fazem ação de Saúde Única em seringal

Publicado

em

A localidade fica no município de Rio Branco, a três dias de barco da estrada Transacreana, mas o acesso se dá por Xapuri, sendo necessário percorrer 70 quilômetros de ramal.

O seringal é o São Francisco do Espalha, onde, no começo deste ano, o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf) constatou casos de raiva bovina transmitidos por mordida de morcego.

No decorrer desta semana, uma equipe composta por funcionários do Idaf e dos setores de Vigilância Epidemiológica e Sanitária do município de Xapuri foram até a colocação Samaúma, onde os casos foram registrados.

Foi a primeira ação de Saúde Única, estratégia recém-lançada pelo governo do estado, por meio do Idaf, envolvendo diversas instituições nos municípios acreanos para a prevenção de zoonoses.

Leia mais: IDAF envolve instituições de todo o Estado em ação de prevenção a zoonoses

Na comunidade, foram realizadas palestras educativas sobre zoonoses, principalmente a raiva, mas também outras doenças que podem ser transmitidas dos animais para os humanos, como a hidatidose, uma patologia parasitária crônica, causada pela fase de larva de um parasita chamado Echinococcus.

A Vigilância Sanitária vacinou na localidade cerca de 40 cães e gatos contra a raiva. O rebanho bovino, que já havia sido vacinado, recebeu mais uma dose da imunização.

A Vigilância Epidemiológica conversou com os moradores sobre o risco da raiva em humanos e orientou sobre os procedimentos a serem tomados no caso de agressão de morcegos contra humanos.

Saúde Única é um conceito sugerido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) com o fim de demonstrar a indissociabilidade da saúde humana, animal e ambiental.

A médica veterinária Ane Gabrielle, chefe do escritório do Idaf em Xapuri, informa que as ações de Saúde Única prosseguirão com várias atividades programadas em parceria com diversas instituições do município.

“Faremos várias ações, inclusive entrevista na rádio local, palestras nas comunidades, associações de moradores, sempre com o intuito de conscientizar sobre medidas básicas para a prevenção das zoonoses”, afirmou.

As ações de Saúde Única preveem também medidas relacionadas ao meio ambiente. Destinação correta do lixo, para que os animais não tenham contato com detritos, principalmente restos de alimentação, reflorestamento de áreas degradadas e proteção de fontes de abastecimento de água são alguns dos procedimentos orientados.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas