Conecte-se agora

Médica pede a suspensão imediata da vacina contra o HPV

Publicado

em

A médica Maria Emília Serra que acompanha os casos de reações adversas (efeitos colaterais) nas adolescentes acreanas que sofrem com as consequências do anti-HPV pediu ao Ministério da Saúde a suspensão da vacina. A solicitação foi feita com base em pesquisa do que vem acontecendo no Acre, bem com em países como Estados Unidos, Inglaterra, Japão, Colômbia e outros.

Segundo ela, o estudo aponta que em alguns casos de meninas vacinadas a incidências de doenças neurológicas e o aparecimento do câncer a ser combatido é preocupante.O estudo da médica vai de encontro a posição de pesquisadores da USP que sugerem não haver problemas graves nas reações adversas da vacina ante HPV.

Marília diz que no mínimo os pais deveriam autorizar a vacina arcando com as consequências.”Não se trata de campanha anti vacina, mas no caso específico do HPV”, ponderou.

video

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas