Conecte-se agora

Os grandes desafios dos três mosqueteiros do rei

Publicado

em

As atenções da população no governo em 2020, estarão voltadas para três áreas que não responderam a contento o que delas era esperado. O novo secretário de Agricultura, Edivan Maciel, terá que mostrar se o projeto do agronegócio será para valer, uma nova realidade econômica no Estado, ou se ficará apenas na retórica da campanha eleitoral. O ano de 2019 foi um ano perdido neste setor, que não saiu do zero. Limitou-se a atacar a florestania, mas não se apresentou um modelo alternativo melhor. A outra área onde não aconteceu nenhum avanço na gestão foi a SESACRE, mesmo com o governador tendo inaugurado o novo Pronto-Socorro, que recebeu inconcluso, o mesmo ocorrendo com a UPA de Cruzeiro do Sul. As reclamações são as mesmas ouvidas e repetidas no governo anterior, que foi um caos: falta de médicos nas unidades de saúde, de medicamentos, TFD a desejar, e a longa fila para exames e cirurgias. Está nas mãos do dentista Alysson Bestene, pela segunda vez no cargo, mudar esta realidade. Na Segurança pode se considerar que aconteceram alguns avanços na gestão do secretário Paulo Cézar, mas nada que possa transmitir um clima de tranquilidade à população. Rio Branco continua a ser uma cidade violenta, onde as execuções e crimes contra o patrimônios são uma rotina. Nas mãos dos secretários Edivan Maciel; Paulo César e Alysson Bestene está a grande aposta para tirar o agronegócio do zero; diminuir a violência, notadamente, na capital; e tirar a Saúde da UTI, a colocando no patamar de um atendimento que possa ser considerado como digno ao povo. Uma missão para os três mosqueteiros do Rei. Se fracassarem o reinando afunda com eles. 2020, será o ano da virada ou do fracasso.

 MUITO DISTANTE DA MUDANÇA

Sequestro, arrastão em paradas de ônibus, execuções, corpo carbonizado, foi o cenário na capital nas últimas horas. A Segurança, no PT, foi um desastre. Não mudou o panorama.

NÃO MUDOU O QUADRO

Em que pese o esforço do secretário de Segurança, Coronel Paulo Cézar, alguns avanços, ainda assim continuamos uma cidade violenta, onde inexiste a sensação de segurança à população.

O PT FOI ENTERRADO

Não adianta se justificar que com o PT a Segurança era o caos. Isso todo mundo já sabe. Chegaram ser cômicos, como no episódio de distribuir apitos à população para combater o crime; mas o PT foi enterrado pelas urnas, quem tem de encontrar solução é o atual governo.

A TURMA DO PIRÃO

A cúpula do governo passado conseguiu acomodar os afilhados mais próximos da “turma do meu pirão,” no Tribunal de Justiça, Defensoria Pública e MP, o restante mandou às favas.

PERU DO NATAL

Os afilhados privilegiados do governo anterior estão com o peru de Natal garantido, assim como o bacalhau, e o pernil da virada do ano. Os demais que perderam cargos de confiança, estes terão que se contentar com um piranambu frito puxado a uma caninha 51. 

DA BANDA PODRE

Conheço ex-ocupantes de cargos de confiança do governo passado que estão passando a banda pobre. Alguns tiveram que vender seus carros e colocar os filhos na escola pública.

SEIS POR MEIA DÚZIA

Mas o TJ, MP e Defensoria não podem ser condenados por virar um depósito de petistas derrotados na última eleição, o depósito de petistas no atual governo é bem mais amplo.

LIBERADO

O ex-prefeito James Gomes ligou ontem para dizer que ele e a senadora Mailza Gomes resolveram liberar a saída do vereador Gilson da Funerária para o partido que bem entender. “No PROGRESSISTAS, só fica quem quiser ficar, nossas portas estão abertas”, completou.

EPISÓDIO DO MENSALINHO

O vereador Gilson da Funerária é aquele que gravou para a PF a proposta de mensalinho do prefeito André Maia a vereadores, que redundou na sua prisão. Gilson era aliado de André, e acabou sendo beneficiado pela delação assumindo a prefeitura até a soltura do titular.

ACORDA, JENILSON!

A FPA foi uma aliança fisiológica, só existiu por 20 anos, porque era sustentada por cargos, uma espécie de puxadinho do PT. Não se revive defunto, deputado Jenilson Lopes (PSB).

NÃO É NENHUM TAPADO

Pelo contrário, é inteligente! O ex-prefeito Angelim sabe ser ruim o momento do PT no Acre.

O BURACO É MAIS EMBAIXO

Não acredito que o experiente ex-prefeito Angelim sairá candidato, no quadro em que o seu partido foi varrido nas urnas, fora do poder, com alto desgaste, para ser um boi de piranha.

MELHOR NOME

Não está em discussão sua liderança inequívoca, mas o momento político do seu partido.

NOVO MECANISMO

Os senadores estão buscando um caminho que não fira a Cláusula Pétrea da Constituição de que alguém só é culpado após o transito em julgado, trabalham uma alternativa que garanta a prisão em segunda instância. Querem acabar com os recursos extraordinários e especiais, e que assim a condenação em segunda instância se configuraria como transito em julgado. Com o esgotamento dos recursos ordinários, as decisões em segunda instância transitariam em julgado. E poderia haver a prisão. Os recursos ao STF seriam apenas revisionais.

PASSOU NA CCJ

Mesmo com os protestos do Lula e dos senadores do PT, já passou na CCJ do Senado  

NADA DE ANORMAL

Nada de ilegal, nada de anormal, a viagem de uma comitiva de deputados para participar de uma reunião da UNALE – União das Assembleias Legislativas, em Salvador. E também nada ilegal receber as diárias estipuladas dentro da lei. Se fosse ilegal, seria o primeiro a denunciar.

PARADA INDIGESTA

É muito improvável que a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, venha a disputar a reeleição, sabe que a sua avaliação na população não é boa e tem muito pouco tempo para decolar.

NÃO PODE SER CAPITANIA HEREDITÁRIA

Espera-se que o eleitor de Tarauacá afaste na próxima eleição as velhas caras da prefeitura.

MEMÓRIA CURTA

Os políticos costumam ter memória curta. Dados do INPE mostram que o desmatamento no governo Bolsonaro cresceu 2,3 mil quilômetros quadrados. No governo Lula, entre 2003 e 2004, a área florestal derrubada foi de 2,4 mil quilômetros quadrados. É só conferirem!

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Já falei no assunto em outras vezes, acho a Audiência de Custódia o Pronto Socorro dos bandidos. A polícia prende e ao ser ouvido, o bandido é liberado. Quem tem de acabar com isso, são os deputados federais e os senadores, o Juiz não faz a lei, apenas cumpre. Ponto!

BELA DE UMA COVARDIA

Que a Audiência de Custódia é uma covardia com os policiais; isso claro que é, e sem dúvida.

HOJE ACREDITO

Cheguei a postar que por uma série de razões não acreditava que o PT teria candidatura própria para a prefeitura da capital, mas os fatos evoluíram e pelo que tenho escutado o partido deverá ter, como diz El Brujo Carioca: candidato em qualquer circunstância.

É BOM IR AVALIANDO

Caso a prefeita Socorro Neri vá disputar a reeleição, trate logo de ir fazendo uma depuração política na equipe para saber quem ficará ou não com ela, no caso de buscar novo mandato.

DEVE FICAR NESTE PATAMAR

A disputa pela prefeitura de Sena Madureira vai acabar ficando entre o prefeito Mazinho Serafim (MDB) e a ex-prefeita Toinha Vieira (PSDB), esta vindo de uma série de derrotas seguidas.

PREPARANDO TERRENO

O deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS) faz movimentos claros ao mostrar a cara no enfrentamento com a oposição, para em 2022 sair a deputado federal com a benção do governador. Não creio nem um pouco que o seu projeto seja a prefeitura de Sena Madureira.

DIFICULDADE DE NOMES

Na última conversa rápida que tive por telefone com o secretário do MDB, Aldemir Lopes, deu para notar dois pontos: o MDB terá candidato próprio a prefeito de Brasiléia. Mas não tem ainda um nome que possa ser visto pelo eleitorado como algo novo na política municipal.

REGIÃO DEFINIDA

O PCdoB deve centrar a sua ação política em 2020 na disputa das prefeituras de Feijó e Tarauacá, tradicionais redutos. Na capital e em Cruzeiro do Sul o PCdoB será coadjuvante.

A FAVOR DA REFORMA

O deputado Roberto Duarte (MDB) diz que, com as mudanças que aconteceram no texto original da Reforma da Previdência, deverá ser a favor do projeto, quando for votado dia 26.

LEAL COM A CATEGORIA

Setores o governo andam bufando com a presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento, pela defesa dura contra a reforma da Previdência estadual. É seu papel ser leal com a categoria.

SERIA UMA DOIDICE

Doidice seria se a presidente Rosana Nascimento fosse contra a sua própria categoria.

FRASE DO DIA

“Você pode converter-se num arcanjo, num palhaço ou num criminoso……ninguém nota. Mas quando falta um botão na sua camisa todo mundo vê”. Erich Maria Remarque. 

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas