Conecte-se agora

Educação divulga critérios para implantação de escolas militares

Publicado

em

O Ministério da Educação editou nesta quinta-feira (21) a portaria 2015 que regulamenta a implantação do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM) em 2020, para consolidar esse modelo de ensino nos Estados, nos municípios e no Distrito Federal.

Eliminatório: inexistência de militares da reserva das Forças Armadas residentes no município na proporção de 3 (três) candidatos, oficiais, para cada tarefa a ser exercida na Ecim (considerando as patentes necessárias para a instalação das Ecim) e 2 (dois) candidatos, praças, para cada tarefa a ser exercida na Ecim (considerando o mínimo de doze monitores por escolas até o ideal de dezesseis);

Os critérios para seleção das cidades são: classificatório, ser capital do Estado ou pertencer à região metropolitana, estar situada na faixa de fronteira e faixa populacional, considerando a realidade estadual.

O critério “população” tem faixas de 1 a 4 pontos.

Veja no Diário Oficial da União pelo endereço: http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-2.015-de-20-de-novembro-de-2019-228864271

Propaganda

Destaque 6

Ceará e Rondônia estão em alerta após fugas no Acre e Paraguai

Publicado

em

O secretário da Administração Penitenciária do Ceará (SAP), Mauro Albuquerque, afirmou nesta terça-feira (21) ao G1 que o Estado está atento sobre as fugas em massa ocorridas no Paraguai, no domingo (19), e no estado do Acre, na segunda-feira (20).

Os fugitivos dos dois presídios são membros de facção criminosa que também atua no Ceará e em outros estados do país.

Outro Estado que está em alerta é Rondônia, que atendeu pedido do sistema de segurança do Acre e montou barreiras na BR 364 para evitar a locomoção de algum dos 25 presos que fugiram do FOC.

Continuar lendo

Destaque 6

Acre lidera no rendimento da produção de mandioca

Publicado

em

Os dados publicados pelo IBGE apresentados no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola trazem boas notícias para a produção de mandioca: o Estado voltou a ter o maior rendimento médio da raiz no país.

Em 2018 o Acre perdeu para Rondônia o título de detentor do maior rendimento médio da Mandioca do país mas em 2019, voltou a liderar o ranking, superando em mais de 12% o rendimento do Estado vizinho.

O Rendimento médio do Acre, em 2019, foi de 28.074 quilos por hectare e o de Rondônia ficou em 24.606kg/hec. O aumento do rendimento do Acre em 2019 em relação a 2018 foi de mais de 16%.

Na safra de 2019, a produtividade do Acre superou em quase 50% a média nacional que foi de 15.145. Os dados do IBGE foram trabalhados pela equipe técnica do Fórum Permanente de Desenvolvimento do Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas