Conecte-se agora

Sérgio Moro no Acre!

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O avião que levava o ministro da Justiça Sérgio Moro teve dificuldades para pousar em Cruzeiro do Sul em função do mau tempo. Rotina na região amazônica, mas avião é avião e Moro não é um passageiro comum. O caso ganhou repercussão nacional. Depois do pouso, relax total. O certo é que o ministro veio, viu…mas ainda não venceu. No meio de toda bajulação (o que é perfeitamente natural) alguns estudantes protestaram com pequenos cartazes contra os arrastões “no buzão”. Um lobo solitário do alto da Assembleia Legislativa mostrava uma cartolina perguntando: onde foi parar o Queiroz?  Bolsonaro teria respondido: “na casa da tua mãe”, mas Sérgio Moro é um cavalheiro e apenas diria entre dentes: “está na casa do conje”.

Ironias e brincadeiras à parte não se pode subestimar a vinda do ministro Moro ao Acre. Nós precisamos dele, do dinheiro que ele pode carrear para o combate à violência desenfreada. Ele é o homem certo, na hora certa, no lugar certo. O Acre faz fronteira com Peru e Bolívia, países produtores de cocaína, terras sem lei assim como o Brasil. Ou, talvez, leis demais por isso mesmo vazias, inócuas, ocas onde a corrupção se alastra como praga. O honesto é o bobalhão, o desonesto é “o cara” que se serve do dinheiro público enquanto centenas morrem doentes, abandonados e até desnutridos. Cadê a Lava Jato em algumas prefeituras?

Voltando ao Sérgio Moro, ícone dos justiceiros da política e, para os da direita, herói nacional em carne e osso. Para os da esquerda, a fraude! Ele tem duas vezes mais a popularidade do que o presidente Bolsonaro demonstrada na última pesquisa Data/Folha confirmada pelo Ibope. Que a vinda do ministro seja um marco no combate à violência, aos crimes, ao tráfico de drogas e armas. Não é uma guerra tradicional em que exércitos regulares se enfrentam no campo da batalha. É dentro de casa, no seio das famílias, nas escolas, nos clubes e nas igrejas onde muitos jovens pedem socorro. As drogas estão em todos os lugares, na fazendas, colônias e seringais. Que venha mais vezes em céus de brigadeiro. Que o susto do voo não afaste Moro dos graves problemas que enfrentamos com a falta de segurança.

. Governo, sindicalistas, oposição e deputados da base fecharam acordo para a votação da PEC da reforma da Previdência dia 26;

. O amor é lindo!

. Ao final de batalha todos sobreviveram!

. Disse na coluna por várias vezes que era melhor um bom acordo doméstico do que ter que engolir a reforma do Paulo Guedes promulgada em Brasília que deverá se estender para Estados e municípios.

. Vem aí uma avalanche de candidatos nas próximas eleições: o cascalho do fundo partidário é bom!

. A Aliança Pelo Brasil (APB), em vias de ser criado, é mais um monstrengo parido por um sistema político monstruosamente deformado.

. “O Brasil não é um país sério”, disse o general francês de Gaulle.

. Foi o Supremo Tribunal Federal (STF) que derrotou a proposta da cláusula de barreiras permitindo a proliferação de partidos de fundo de quintal e aluguel.

. Eles se alimentam da corrupção e dão sustentação ao presidencialismo de coalização!

. O APB caminha para ser do presidente Bolsonaro e de políticos evangélicos contra o resto do mundo.

. Nitroglicerina pura!

. Deus tenha misericórdia do Brasil e de nós!

. Teremos grandes cruzadas políticas para a felicidade geral da nação!

. Ideia, substância, espírito e vontade de potência… movem o mundo!

. “Gravidade é fichinha”, diz a Tuca, filha do seu Cuca!

. Governo é para ser cabeça e não cauda (rabo); não calda (de pudim) ou de gororoba!

. Bom dia!

Propaganda

Coluna do Astério

PSD e MDB se aproximam do PSB

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Para onde vai o PT?

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.