Conecte-se agora

Sindicatos e governo ainda não chegaram a acordo da reforma

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

As negociações que cercam pelo menos três projetos que tramitam na Assembleia Legislativa que versam sobre a Reforma da Previdência dos servidores públicos do Acre avançam com o passar dos dias, mas sem nenhum acordo oficializado entre governo e sindicatos. O impasse ficou claro na sessão desta terça-feira, 19, onde os deputados da oposição afirmaram que alguns danos sensíveis na proposta do executivo estão sendo sanados, mas eu ainda não é o ideal para os servidores e sindicatos.

No texto original enviado a casa, os benefícios da sexta parte, auxílio funeral, licença prêmio e a Lei Naluh seriam extintos, mas após intenso debate com direto a confusão nos corredores da Aleac, o governo sinalizou que os direitos citados continuam valendo na reforma.

Além disso, o governo sinalizou também com a manutenção da regra vigente de utilizar a média das maiores contribuições para servidores que ingressaram até a entrada em vigor caso o Projeto de Lei Complementar seja votado. A aplicação da alíquota de 14% para ativos e pensionistas. Aplicação do percentual de 80% da média das maiores contribuições para os servidores que entrarem no serviço público até a entrada em vigor da lei e a inclusão dos termos moléstia grave e doenças incapacitantes nos artigos que tratam destes temas específicos.

Acredito que conseguimos reduzir em muito os danos que seriam causados aos servidores com a reforma administrativa enviada pelo Governo do Acre”, disse o deputado Roberto Duarte (MDB).

Por outro lado, apesar dos danos terem sido reduzidos, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), afirmou que ainda não existe acordo como alguns parlamentares da base chegaram a declarar.

“Quero comemorar uma vitória. Ela não precisa ser publicizada. Que é derrota dos falcões do governo que deram uma orientação que estabeleceram a estratégia kamikaze para base do governo se abraçar com ela. Disseram ainda para o governador que a reforma que estava indo para Assembleia era igualzinha a reforma da previdência nacional. Não combinaram com os russos. Ainda bem. Nem os da casa civil leram, nem os deputados daqui leram a proposta maldosa que chegou aqui na casa. Considero um recuo importante,
não aguentou o tiroteio. Ainda não tem acordo ainda. o acordo ainda está distante. A discussão agora são as regras de transição”, argumentou.

O deputado Daniel Zen (PT) salientou que a proposta inicial era “cruel”. “Não se trata de advogar a teoria do advogado do caos, do quanto pior, melhor. Não se trata de tentar atrapalhar ou melar as intenções do governo do Estado. O que nós temos feitos de aperfeiçoar essa proposta, melhorar essa proposta, fazer com que não se retire tanto dos trabalhadores”, frisou.

O líder do governo, Gerlen Diniz (Progressistas), destacou que a proposta ainda será bastante debatida até o dia 26, data em que a proposta será votada no plenário do Aleac. “O governo sinaliza com mudanças democraticamente, conversando com deputados, sindicatos. Nunca fechamos a porta para o debate. Acredito que a Reforma deva dominar o debate da casa até a semana que vem, mas acredito que avançaremos”, pontuou.

Propaganda

Acre

Homem é encontrado morto após cair de motocicleta na BR-364

Publicado

em

Um homem identificado como Antonio Claudio de Oliveira Silva, foi encontrado morto na altura do km 7 da BR-364, sentido Sena Madureira a Rio Branco, na tarde desta sábado (14). Uma equipe do corpo de bombeiros esteve no local e en caminhou o homem ao hospital para os procedimentos de praxe.

O Tenente bombeiro Gustavo Marinho, que passou no local disse que o homem estava caído na lateral da estrada. “A vítima já estava com ausência de pulso carotídeo, parada cardiorrespiratória, foi realizada a tentativa de reanimação, mas não houve êxito”, lamentou o oficial.

Segundo consta, o mesmo estava trafegando em uma moto tipo Pop 100 vermelha, da marca Honda. Não há vestígios de que ele tenha sido atingido por outro veículo. Tudo indica que o condutor tenha caído sozinho. Testemunhas afirmaram que não sentiram odor de bebida alcoólica no mesmo.

Pelas fotografias é possível notar um sangramento no rosto do homem que estava trajando uma calça jeans e botas.

Por Aldejane Pinto, do grupo radar 104

Continuar lendo

Acre

Dupla em motocicleta atira contra homem na Cidade do Povo

Publicado

em

A guerra entre facções não cessa e mais uma tentativa de homicídio foi registrada na capital. Raimundo Queiroz dos Santos, 31 anos, foi ferido com dois tiros em via pública no início da tarde deste sábado (14). O crime aconteceu na quadra “8B”, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.

De acordo com informações da polícia, Raimundo estava caminhando na rua, quando dois homens não identificados se aproximaram numa motocicleta e o garupa de posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros. Queiroz foi atingido com dois tiros, um no peito e outro no abdômen. Mesmo ferida, a vítima ainda conseguiu correr e caiu num terreno de uma residência e pediu ajuda.

Populares acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que prestou os primeiros socorros e conduziu o paciente ao Pronto Socorro de Rio Branco em estado de saúde grave.

Policiais Militares estiveram no local, e após colher as características do dos autores saíram em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado. O caso segue sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas