Conecte-se agora

Acre desmatou 688 km² em 2019, 55% a mais que no ano passado

Publicado

em

O desmate no Acre subiu pelo segundo ano consecutivo, fazendo com que o crescimento em 2019 chegasse a 55% comparado a 2018. No ano passado o desflorestamento foi de 444 km² e em 2019 chegou a 688 km².

Os dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) foram divulgados pelo Governo Federal nesta segunda-feira (19), revelando que o desmate no Acre só não foi maior que o de Roraima, onde o corte raso da floresta aumentou 216,4% entre 2018 e 2019.

Os dados confirmam a tendência anunciada pelo INPE no começo do ano, de que a taxa de desmatamento para os nove Estados da Amazônia Legal Brasileira estava crescendo. O valor calculado do desmate é de 9.762 km² para o período de agosto de 2018 a julho de 2019, aumento de 29,54% em relação a taxa de desmatamento apurada pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (PRODES) 2018 que foi de 7.536 km².

O Governo do Acre tem adotado medidas que visam a redução do desmate no Estado, que viveu recentemente uma Garantia da Lei e da Ordem (GLO) Ambiental coordenada pelas Forças Armadas para combater crimes ambientais na Amazônia.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas