Conecte-se agora

Mulher não encontra marido no trabalho, destrói equipamentos e se entrega para polícia

Publicado

em

O caso está registrado em um Boletim de Ocorrências. Era manhã de sábado, 16, quando Maria Claudiane da Silva Aguiar, 30 anos, agente do Instituto Sócio Educativo (ISE) chegou ao Pronto-Socorro de Rio Branco à procura do marido, que trabalha no local. Como não o encontrou, Claudia destruiu um monitor de um aparelho de ultrassonografia.

Como não encontrou o esposo, Claudia esperou o período da tarde e foi até a Pronto Clínica, onde o esposo também presta serviço. Como também não o encontrou, fora de controle, de posse de algo parecido com um pilão de ferro, quebrou, dessa vez, dois monitores de aparelho de ultrassonografia.

Consta no registro do B.O que uma guarnição da Polícia Militar foi acionada. Ao ouvir o registro da ocorrência, um PM afirmou que conhecia alguém que se chamava Cláudia e seria agente do ISE. Ao ligar e confirmar que se tratava da mesma pessoa, Cláudia disse ao Polícia Militar que estava arrependida e se entregou no estacionamento de um posto de combustível.

Os policiais que atenderam a ocorrência perceberam uma sonolência além do normal na acusada. Cláudia informou que teria tomado 2 vidros de um tranquilizante. A mesma foi levada ao Pronto-Socorro onde recebeu atendimento e foi medicada.

Em depoimento, Cláudia afirmou está arrependida e foi denunciada pelos crimes de dano ao patrimônio público e lesão corporal.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas