Conecte-se agora

Confusão: concurso da prefeitura de Rio Branco é marcado por falta de provas e desorganização

Publicado

em

Com o anúncio de mais de 500 vagas destinadas ao concurso público da Educação para a prefeitura de Rio Branco, muitos candidatos sonharam com o dia da realização das provas. Entretanto, a manhã deste domingo, 17, tem sido marcada por frustrações. É o que diz o pedagogo Eduardo Messias, que iria responder ao certame na escola Alcimar Nunes Leitão, situada no Conjunto Universitário.

Segundo ele, o primeiro lote de provas a chegar à sala estava lacrado, mas assim que um dos aplicadores abriu o pacote das provas, que também deveriam constar cargos de nível superior, só constavam, na verdade, as de ensino médio e fundamental.

“Esse foi o primeiro erro, provas de ensino fundamental e médio com gabarito de nível superior, mas relevamos. Quando as provas [de ensino superior] chegaram, eram provas abertas, na mão mesmo, sem malote. E mesmo assim ainda ficaram faltando cinco provas. Eles foram à Universidade Federal do Acre (Ufac) buscar mais provas. Isso é inadmissível. Quem me garante que teve total confiança e sigilo?”, indaga o pedagogo.

Além de Eduardo, outros cinco candidatos também deixaram de fazer a prova por conta de uma série de erros, apontados por eles. “Tiveram pessoas folheando a prova em trio, em dupla, mas eu e outros candidatos vamos entrar com recurso”, explica.

Em determinado momento, Eduardo chegou a usar o celular para mostrar a confusão na sala em que estava esperando as provas chegarem. Enquanto ele e outros candidatos não tinham provas, outros já estavam respondendo as questões. “Para abafar o caso, os aplicadores trouxeram as provas e algumas pessoas começaram a fazer, mas sei dos meus direitos, estava totalmente errado, não aceitamos isso”.

De acordo com os candidatos que se dizem prejudicados, os aplicadores da prova sugeriram que eles fizessem a prova para entrar com recurso posteriormente.

*Nota de Esclarecimento*

A Prefeitura Municipal de Rio Branco informa que ao tomar conhecimento sobre problemas ocorridos na manhã de hoje, durante a aplicação das provas do concurso público da educação municipal, reuniu com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape), instituição responsável pela organização e realização do concurso.

Em razão das falhas detectadas pela Fundape, a Comissão Organizadora do Concurso decidiu pela anulação das provas do turno da manhã e o cancelamento das que seriam aplicadas no turno da tarde. Novos exames serão realizados em data que será divulgada em breve.

A Prefeitura de Rio Branco lamenta pelo transtorno aos candidatos e reafirma seu compromisso com a lisura deste concurso.

*Prefeitura Municipal de Rio Branco*

*Diretoria de Comunicação*

*Rio Branco, 17 de novembro de 2019*

Propaganda

Cotidiano

Ministério da Saúde amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe

Publicado

em

A partir de 2020, o Sistema Único de Saúde (SUS) passará a ofertar uma dose de reforço da vacina de febre amarela para crianças com 4 anos de idade. O Ministério da Saúde também ampliará, de forma gradativa, a vacinação contra febre amarela nos 1.101 municípios nordestinos que não faziam parte da área de recomendação de vacinação.

A pasta informou também que a campanha contra a gripe, realizada todos os anos entre abril e maio, contará com um novo público, os adultos de 55 a 59 anos. A medida tem por objetivo ampliar a vacinação dos grupos mais vulneráveis.

Segundo o ministério, as datas para início das campanhas serão definidas pelos estados, a partir do plano de implantação elaborado individualmente por eles. “O Ministério da Saúde conta com estoque suficiente para atender a demanda, a partir da solicitação de quantitativo dos estados, responsáveis por fazer a distribuição das doses aos municípios.”

Fonte: Ministério da Saúde

Continuar lendo

Acre

Prefeituras pagam décimo terceiro salário de servidores municipais

Publicado

em

O anúncio do governador Gladson Cameli de pagar o restante do décimo terceiro do funcionalismo estadual amanhã, 13, em homenagem ao PT, como um ato político, teve resposta do prefeito petista de Xapuri, Bira Vasconcelos.

Bira pagou o décimo ontem, 11, em homenagem ao Progressista, partido do governador. “Retribuo a brincadeira do governador e quem ganha é o servidor e o comércio, que esperam o ano inteiro por isso”.

Já em Senador Guiomard, o prefeito André Maia vai pagar o décimo também na sexta, 13, como Gladson, mas avisa que não faz homenagem a nenhum partido “e sim ao funcionalismo”, atesta ele.

O salário de dezembro, na cidade também conhecida por Quinari, sairá no dia 20. As folhas somam cerca de R$ 3 milhões.

No Bujari, o décimo sairá também na sexta-feira, 13 e dezembro no dia 20, totalizando R$ 1 milhão. O prefeito Romualdo Araujo, ressalta que ” apesar da diminuição dos repasses constitucionais, a gente se planejou para manter durante todo o ano o pagamento dos salários em dias, além de garantir o pagamento do 13• dentro do prazo previsto em Lei”.

Em Tarauacá, a primeira parcela do décimo dos servidores municipais foi paga em junho e a segunda na última terça, 10. A folha de dezembro será quitada pela prefeita Marilete Vitorino, dia 23.

Acrelândia pagará o décimo dia 20 e o mês de dezembro dia 30. As duas folhas somam R$ 2,3 milhões. Para o prefeito Ederaldo Caetano de Sousa, “é um grande desafio manter tudo em dia”.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas