Conecte-se agora

Confusão: concurso da prefeitura de Rio Branco é marcado por falta de provas e desorganização

Publicado

em

Com o anúncio de mais de 500 vagas destinadas ao concurso público da Educação para a prefeitura de Rio Branco, muitos candidatos sonharam com o dia da realização das provas. Entretanto, a manhã deste domingo, 17, tem sido marcada por frustrações. É o que diz o pedagogo Eduardo Messias, que iria responder ao certame na escola Alcimar Nunes Leitão, situada no Conjunto Universitário.

Segundo ele, o primeiro lote de provas a chegar à sala estava lacrado, mas assim que um dos aplicadores abriu o pacote das provas, que também deveriam constar cargos de nível superior, só constavam, na verdade, as de ensino médio e fundamental.

“Esse foi o primeiro erro, provas de ensino fundamental e médio com gabarito de nível superior, mas relevamos. Quando as provas [de ensino superior] chegaram, eram provas abertas, na mão mesmo, sem malote. E mesmo assim ainda ficaram faltando cinco provas. Eles foram à Universidade Federal do Acre (Ufac) buscar mais provas. Isso é inadmissível. Quem me garante que teve total confiança e sigilo?”, indaga o pedagogo.

Além de Eduardo, outros cinco candidatos também deixaram de fazer a prova por conta de uma série de erros, apontados por eles. “Tiveram pessoas folheando a prova em trio, em dupla, mas eu e outros candidatos vamos entrar com recurso”, explica.

Em determinado momento, Eduardo chegou a usar o celular para mostrar a confusão na sala em que estava esperando as provas chegarem. Enquanto ele e outros candidatos não tinham provas, outros já estavam respondendo as questões. “Para abafar o caso, os aplicadores trouxeram as provas e algumas pessoas começaram a fazer, mas sei dos meus direitos, estava totalmente errado, não aceitamos isso”.

De acordo com os candidatos que se dizem prejudicados, os aplicadores da prova sugeriram que eles fizessem a prova para entrar com recurso posteriormente.

*Nota de Esclarecimento*

A Prefeitura Municipal de Rio Branco informa que ao tomar conhecimento sobre problemas ocorridos na manhã de hoje, durante a aplicação das provas do concurso público da educação municipal, reuniu com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape), instituição responsável pela organização e realização do concurso.

Em razão das falhas detectadas pela Fundape, a Comissão Organizadora do Concurso decidiu pela anulação das provas do turno da manhã e o cancelamento das que seriam aplicadas no turno da tarde. Novos exames serão realizados em data que será divulgada em breve.

A Prefeitura de Rio Branco lamenta pelo transtorno aos candidatos e reafirma seu compromisso com a lisura deste concurso.

*Prefeitura Municipal de Rio Branco*

*Diretoria de Comunicação*

*Rio Branco, 17 de novembro de 2019*

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas