Conecte-se agora

Polícia Militar prende 4 traficantes em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A Polícia Militar de Cruzeiro do Sul prendeu neste sábado, 16, no Bairro Aeroporto Velho , quatro traficantes que vendiam maconha e pasta base de cocaína na localidade.

Os policiais do GIRO e ROTAM agiram depois de receber denúncias do tráfico em uma residência, onde a venda de entorpecentes era liderada por um homem conhecido por “Tatu”.

Quatro criminosos que estavam no local foram presos e encaminhados à delegacia para os devidos procedimentos.

O comandante da PM em Cruzeiro do Sul, major Evandro Bezerra , destacou que as apreensões enfraquecem as organização criminosas. ” As apreensões envolvem muito risco, mas, enfraquecem as organizações criminosas e garantem mais tranquilidade à sociedade”.

Anúncios

Na rede

Prefeito reeleito em Mâncio Lima, Isaac Lima diz que é hora de descer do palanque eleitoral

Publicado

em

O prefeito reeleito de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), recebeu nessa segunda-feira, 23, os 5 vereadores eleitos no último dia 15, que vão integram a base de apoio dele na Câmara Municipal. Ele quer ampliar essa sustentação e diz que vai procurar todos os eleitos e buscar entendimento porque para ele é hora de descer do palanque e somar forças em benefício do desenvolvimento do município.

“A partir de agora é desmontar o palanque eleitoral e somar todas as forças para o bem de nossa cidade. Fizemos 5 vereadores, mas, vamos manter diálogo com todos os 11 para que possamos fazer um mandato de união e parceria entre o executivo e legislativo e desenvolvendo as ações para o bem da coletividade”, disse Isaac.

Para a vice-prefeita Ângela Valente, o momento é novo e requer a união de todos os poderes, com ações conjuntas. “Estou muito feliz com essa aproximação. Os poderes tem que trabalhar juntos, esquecendo cor ou sigla partidária. Vivemos um ano difícil, a pandemia do novo coronavírus nos impôs mudanças bruscas e, principalmente nos mostrou que somente o trabalho feito em parcerias, em harmonia é que pode surtir os efeitos desejados”, destacou.

Entre os 5 vereadores do grupo da situação, Mazinho, do Republicanos, partido da vice Ângela Valente e Renan Costa, do PT, de Issac, devem disputar entre si e decidir qual dos 2 será candidato a presidente da Câmara Municipal.

Diversidade na Câmara

Nir do Odilon , do MDB, foi o vereador que mais recebeu votos em Mâncio Lima : 446 votos. O cacique Joel Puyanawa (PT) da Aldeia Barão teve a terceira melhor votação do município alcançando 413 votos.

Vlade Vasconcelos do PSD, que teve 237 votos é o único negro eleito. “Para mim é motivo de orgulho em ser o único vereador negro em Mâncio Lima. Prometo honrar acima de tudo a nossa cor que muitas vezes sofre preconceitos e discriminação. A questão de pele infelizmente ainda é vista no meio político como entrave para alguns cargos e, quero com isso, fazer um mandato proativo, propositivo, defendendo os interesses da nossa população”, contou.

Duas vereadoras foram eleitas em Mâncio Lima.

Veja os eleitos:

Nir do Odilon (MDB) – 446 votos – 4,15%

Prof. Jean Almeida (PT) – 419 votos – 3,90%

Joel Puyanawa (PT) – 413 votos – 3,85%

Alice Rocha (PSDB) – 365 votos – 3,40%

Renan Costa (PT) – 363 votos – 3,38%

Reziane Barros (PP) – 309 votos – 2,88%

Zeca do Pentecostes (MDB) – 285 votos – 2,65%

Raimundo da Marcenaria (PROS) – 267 votos – 2,49%

Mazinho (Republicanos) – 264 votos – 2,46%

Evandro Nascimento (PP) – 254 votos – 2,37%

Vlade Vasconcelos (PSD) – 237 votos – 2,21%

Continuar lendo

Na rede

Com maioria na Câmara, Zequinha acredita que não enfrentará problemas com vereadores

Publicado

em

Zequinha Lima, eleito prefeito do município de Cruzeiro do Sul com 44,15% dos votos válidos, está tranquilo quanto à base de apoio na Câmara Municipal. A coligação que o elegeu tem 8 dos 14 vereadores eleitos. Com a maioria dos parlamentares, Zequinha diz estar agora inteiramente concentrado na transição, mas afirma que vai buscar o diálogo com todos os vereadores de oposição.

“Nossa coligação elegeu oito vereadores. Respeito a todos e o diálogo irá acontecer com todos os vereadores”. Os 8 vereadores da coligação de Zequinha são os 3 eleitos pelo PP, 2 do PROS, 2 do PSD e 1 do PDT. Já a oposição conta com 6 votos: 4 do MDB, 1 do PSDB e 1 do DEM. Os 3 partidos compuseram chapas majoritárias de oposição à Zequinha.

A base de apoio é importante para a gestão porque o Executivo depende do Legislativo para aprovar, além dos Projetos de Lei, o Orçamento do município, Plano Diretor entre outros.

O vereador mais votado de Cruzeiro do Sul, Cristiano Rodrigues do MDB, diz que não chegará à Câmara para brigar com ninguém e que será guiado sempre pela busca do bem estar da população. “Acho que temos que nos unir vereadores e executivo pelo bem maior que é o povo. Sempre com responsabilidade votando o que for melhor para o povo”, citou.

Veja os vereadores eleitos em Cruzeiro do Sul:

Cristiano Rodrigues (MDB) – 1.048 votos – 2,42%

Franciney (PP) – 1.031 votos – 2,38%

Keleu (PP) – 979 votos – 2,26%

Zaldo Moto Taxi (PROS) – 978 votos – 2,26%

Antonio Cosmo (MDB) – 973 votos – 2,25%

Márcio da Farinha (PSDB) – 937 votos – 2,16%

Elter Nobrega (PROS) – 833 votos – 1,92%

Altemar Santa Rosa (MDB) – 828 votos – 1,91%

Noeca (DEM) – 825 votos – 1,91%

Mazinho da BR (MDB) – 813 votos – 1,88%

Clerton Souza (PSD) – 752 votos – 1,74%

Leandro Cândido (PP) – 707 votos – 1,63%

Gilmar da Saúde (PDT) – 675 votos – 1,56%

Betão da BR (PSD) – 507 votos – 1,17%

Continuar lendo

Na rede

PP deverá ficar com a presidência da Câmara de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Dos 14 vereadores da atual legislatura, apenas 5 foram reeleitos em Cruzeiro do Sul. A partir de janeiro, o legislativo contará com representantes de 8 partidos, sendo que o MDB tem a maior bancada com vereadores. Mas a coligação que elegeu o prefeito Zequinha Lima tem 8 vereadores e é neste cenário que acontece a disputa pela presidência da casa.

O vereador mais votado de Cruzeiro, Cristiano Rodrigues, do MDB, que teve 1.048 votos, afirma que gostaria de disputar a presidência do legislativo, mas sabe que não será fácil. Cristiano ressalta que ainda não teve nenhuma conversa sobre a mesa diretora. “Primeiro temos que nos entender os 4 eleitos pelo MDB e buscar apoio dos demais partidos. Mas nada disso ainda aconteceu “, explica.

Já o segundo vereador mais votado de Cruzeiro do Sul, Franciney Freitas, do PP, mesma sigla do prefeito Zequinha, eleito com 1.031 votos, também quer presidir a Câmara. Ele já está se articulando dentro do PP e com os demais partidos. “Quero sim ser o presidente. Minha votação e o apoio da nossa coligação me credenciam para isso. Quero uma câmara mais transparente cujas ações sejam mais conhecidas pela população”, afirma.

O vereador João Keleo, também do PP, pôs o nome à disposição do partido. Mas afirma que se Franciney for escolhido não haverá problemas. “Tenho uma amizade sólida com o Franciney e abro pra ele sem problema. Mas a decisão será tomada entre mim, ele e o vereador Leandro Cândido, também do nosso partido, sem interferência externa, assegura Keleo.

O prefeito eleito Zequinha Lima diz que está isento e que não participa da disputa pela presidência da Câmara Municipal. “É uma decisão que os vereadores têm que tomar. Qualquer um dos 14 podem ser candidatos e a escolha fica a critério deles”, finaliza.

Na legislatura atual, o ex-prefeito Ilderlei Cordeiro enfrentou oposição ferrenha do MDB, que não se repetiu com o prefeito Clodoaldo Rodrigues, que ficou à frente do executivo depois da cassação de Ilderlei, em agosto deste ano.

Continuar lendo

Na rede

Após ser reeleito, prefeito Isaac Lima aumenta o próprio salário

Publicado

em

Foto: Reprodução

O prefeito de Mâncio Lima, Isaac Lima (PT), reeleito no último domingo (15), publicou um decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta segunda-feira, 23, aumentando o seu próprio salário em torno de 20% para os próximos quatro anos. O decreto entra em vigor a partir de 1 janeiro de 2021.

A decisão do prefeito também beneficia a sua vice Ângela Valente (PSB) e os seus secretários municipais.

Antes do decreto, Isaac recebia R$ 13 mil, o vice ganhava R$ 11 mil e os secretários recebiam R$ 5 mil. Com a alteração, o prefeito passa a ganhar R$ 15,6 mil, o vice R$ 13,2 mil e os secretários R$ 5,9 mil.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas