Conecte-se agora

Ilderlei Cordeiro apoia participação de paratleta cruzeirense em Campeonato Nacional de Bocha

Publicado

em

A paratleta de Cruzeiro do Sul, Rita de Cássia, vai representar o Acre no Campeonato Nacional de Bocha, em São Paulo, que se inicia nesta quinta-feira, 14. Ritinha, como é conhecida, contou com o apoio da Prefeitura para integrar a competição.

O prefeito Ilderlei Cordeiro fez questão de ir pessoalmente no treino desta quarta-feira, 13, para desejar boa sorte a jovem e presenteá-la com o kit novo de bolas especificas para os jogos de bocha.

“A Ritinha é um orgulho para a nossa cidade, é uma campeã só por estar aqui. E assim como a Rita, todos merecem oportunidade na vida, por meio do esporte que é uma importante ferramenta de transformação social. Por isso, em nossa gestão, temos investido no fortalecimento de área tão importante.

O sonho de Rita, que está entre as melhores paratletas do país, é integrar a Seleção Feminina. A é um esporte jogado entre duas equipes, cada qual tendo direito a seis bochas na modalidade trio, quatro bochas na modalidade de duplas – duas para cada atleta, e quatro também na modalidade individual.

Com o apoio da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, Ritinha viajou para São Paulo acompanhada de sua treinadora. Os jogos começam nesta quinta-feira, 14, e se encerram no domingo, 17.

Anúncios

Destaque 4

Em apenas 12 dias de agosto, Acre registra mais de mil focos de queimadas

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

Um relatório apresentado pelo governo do Acre nesta quinta-feira, 13, mostra o quanto é preocupante a situação das queimadas no estado. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a Amazônia Legal já acumula, do início do ano até agora, 38.918 focos de queimadas, dos quais 31,1% localizavam-se no estado do Mato Grosso (12.097), 21,7% em Pará (8.447) e 16,2% em Amazonas (6.287). O Acre ocupa o 8° lugar no ranque (3,8%), com 1.488 focos de queimadas.

Os dados mostram que no Acre, o município de Feijó é responsável por 339 focos de queimadas. Isso representa 22,8% do que foi registrado em todo o Acre. Na sequência, aparecem os municípios de Tarauacá (325) e Cruzeiro do Sul (124). Os três municípios são responsáveis, de acordo com o relatório, por quase 53% das queimadas no Acre.

A prova de que agosto é um dos meses mais complicados para o combate às queimadas é que apenas nos primeiros 12 dias do mês, houve o registro de 1.022 focos de queimadas, segundo dados do satélite de referência. Ou seja, em menos de duas semanas do mês de agosto se queimou mais do todos os outros meses do ano juntos.

Ainda, segundo o relatório, das áreas naturais protegidas no Acre onde mais se queima é a Reserva Extrativista Chico Mendes, que acumula 34 focos de queimadas, seguido da Reserva Extrativista do Alto Juruá.

Outro dado mostra que a maior ocorrência de queimadas no Acre se concentra nas propriedades particulares, áreas discriminadas e projetos de assentamento.

Por fim, o que o acreano tem sentido, literalmente na pele, nos últimos dias, o forte calor e ausência de chuvas fazem com que a maior parte do estado esteja em alto ou crítico risco de fogo, como mostra o gráfico abaixo.

Continuar lendo

Destaque 4

Clodoaldo abdica do mandato de vereador e irá assumir prefeitura de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Após reunião com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Acre, deputado Nicolau Junior (Progressistas), o presidente da Câmara de Cruzeiro do Sul, vereador Clodoaldo Rodrigues (MDB), afirmou ao ac24horas que assim que for notificado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) irá assumir a Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Clodoaldo, que é policial de carreira há mais de 30 anos e vereador por oito anos, afirmou que assume a prefeitura após a decisão unânime dos sete membros do Tribunal Regional Eleitoral, que cassou o mandato do então prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro e de seu vice Zequinha Lima, ambos do Progressistas, nesta quarta-feira, 12.

“Eu vou assumir, não vou deixar a prefeitura enquanto tiver essa decisão valendo, eu vou gerir a prefeitura. Não posso dizer o que vou fazer por enquanto, porque estou esperando as ordens judiciais, mas eu assumindo abro mão do meu cargo de vereador automaticamente”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 4

Após acusação do Sinteac, SEE diz que não tem interesse na volta às aulas no momento

Publicado

em

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, publicou em uma rede social nesta quarta-feira, que a categoria não vai aceitar que a Secretaria Estadual de Educação insista no retorno presencial às aulas passando por cima da deliberação do Fórum de Educação.

A diretoria do Sinteac, inclusive, já faz uma convocação para uma carreata na próxima quinta-feira, dia 21, para demonstrar ao governo que os trabalhadores em educação só aceitam retornar às aulas quando tiver uma vacina, além de também reivindicarem o pagamento das gratificações e a garantia do auxílio alimentação.

O ac24horas procurou a Secretaria Estadual de Educação. Por meio de nota, a SEE afirmou que não há interesse no retorno às aulas e que vai respeitar os encaminhamentos do Fórum.

Nota de esclarecimento

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) esclarece que não há qualquer intenção de retomada das aulas presenciais para nenhuma das etapas de ensino. Os encaminhamentos definidos pelo Fórum Estadual de Educação serão integralmente respeitados.

Um desses encaminhamentos foi de que a SEE deveria, juntamente com o Conselho Estadual de Educação e o Ministério Público, elaborar e discutir um plano de ação diferenciado para o Ensino nas séries de transição de etapas (5° e 9° ano do Ensino Fundamental e 3a série do Ensino Médio). É o que será feito. Lembrando que o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) não foi cancelado pelo Ministério da Educação e o importante é que os estudantes da terceira série recebam o suporte necessário e de qualidade para alcançar resultados satisfatórios no exame.

Continuar lendo

Destaque 4

Empresas Revemar, maior grupo de concessionárias Renault, chega a Rio Branco

Publicado

em

Num cenário em que a classe empresarial se viu e ainda se vê abalada em meio à recessão provocada pela pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o Acre se destaca como o Estado que avança na corrida pela retomada do setor econômico, ao mesmo tempo em que as contaminações de Covid-19 apontam queda nas estatísticas. Prova disso é a chegada a Rio Branco de um novo grupo atuante em diversas áreas, como agropecuária e, principalmente, concessionária de veículos. Trata-se das Empresas Revemar, um grupo empresarial vindo do Pará e que existe há mais de 30 anos no mercado, com várias unidades de negócios instaladas nas regiões Norte e Nordeste do país.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 12, junto ao grupo Honda Star Motos, em Rio Branco. “Tivemos a presença do proprietário do Grupo Revemar, que é um grupo que atua na área de agropecuária, na área de concessionárias de veículos leves e pesados, Massey Ferguson, Honda, Renault, é o maior grupo de concessionárias Renault do país”, explica Marcelo Dias, proprietário da Star Motos, concessionária Honda na capital acreana. A garantia é de muito mais investimentos no Acre com a chegada do grupo Revemar.

A empresa atua ao longo do território nacional nos segmentos de distribuição de automóveis, caminhões, motocicletas, máquinas e implementos agrícolas, pneus, siderurgia, indústria de cimento, locação de veículos e agropecuária. Uma reunião de apresentação dos representantes marcou o início de uma jornada que pretende deverá colher elevados e satisfatórios resultados. “Em breve nós teremos a reabertura da concessionária Renault na cidade. É um momento de muita alegria, pois num cenário onde se escuta tanta notícia ruim, empresas fechando, gente sendo demitida, o problema da Covid-19, a gente vê que tem empresários ainda com bons olhos para o nosso Estado e que estão vindo aqui investir, acreditar, gerar emprego e riqueza”, completa Dias.

Missão Renault no Acre

O encontro contou com ainda com a presença do presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola do Acre (Acisa). Para o presidente do Grupo Revemar, o empresário Winston Diamantino, a missão mais importante hoje é refazer a história da Renault no Acre, de uma maneira que atenda da melhor qualidade o cliente. “Nós recebemos uma missão da Renault. Nós já somos Renault em outros estados e recebemos a missão de retornar ao Acre. A Renault já esteve aqui no passado, e estamos com a missão de fazer um bom serviço”, explica Diamantino.

De acordo com o presidente das Empresas Revemar, no primeiro momento, não se pensa nem em rentabilidade, mas exclusivamente em atender e atender bem o cliente. “Esse é o objetivo. A Renault é uma marca muito forte já no Brasil e a única capital que ainda não tinha era aqui [Rio Branco]. Esse é um dos motivos para estarmos aqui”. O outro motivo, segundo Winston, é de que o Estado tem atualmente uma perspectiva de crescimento muito forte e bastante acentuada em relação à outros estados brasileiros.

“Antes havia aquele mito de que o Acre era um estado de fim de linha, e isso não existe mais. É um estado em que o agronegócio está presente, há muita pecuária e também é um eixo para o pacífico”, diz o proprietário. Tudo isso se torna um eixo logístico muito favorável. “As estradas de ferrovia estão chegando perto. Essa região Norte, com Acre, Rondônia e até Mato Grosso, no centro-oeste, vai virar um bicho”, comemora o presidente da Revemar.

As tratativas para a instalação do grupo começaram há pouco mais de 120 dias e a previsão de funcionamento da empresa na capital acreana é para o próximo mês de novembro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas