Conecte-se agora

Alysson desfaz boatos sobre o tio Bestene e diz que sobre as suas decisões só consulta o governador

Publicado

em

“Não tenho varinha mágica e nem poder de obrar milagre, mas garanto muita dedicação e trabalho para reverter o quadro deplorável em que se encontra a saúde da rede pública do Acre”.

Assim Alysson Bestene respondeu as perguntas de jornalistas na manhã desta segunda-feira, 11, quando questionaram a sua nomeação para responder pela Secretaria Estadual de Saúde. E a primeira medida que tomou ao reassumir o cargo, foi dialogar com servidores da casa, buscando a melhor forma de tornar possível um atendimento digno a quem procura o serviço público.

Nesta terça-feira, 12, já com o time de assessores definido, Alysson se mostra confiante e faz um apelo a todos os poderes do Acre a contribuírem com o sistema de saúde. Diz que nada funcionará sem o esforço de cada servidor e promete um natal mais humanizado para quem depende do sistema público de saúde.

No Bar do Vaz, o novo secretário contou da sua alegria de servir ao governador Gladson Cameli e desfez o que chamou de boatos, os que dizem que com ele na saúde quem manda é o deputado José Bestene. “Pela experiência dele e pela proximidade que temos, é claro que ouço os seus conselhos, mas a minha lealdade é ao governador Gladson Cameli, a quem consulto sobre as minhas decisões”, disse. Veja a entrevista.

Anúncios

Cotidiano

Vereadores mantêm veto de Socorro Neri ao Projeto de Lei dos consignados

Publicado

em

Os vereadores em sessão online desta quinta-feira, 14, decidiram por manter o veto ao Projeto de Lei (PL) que suspende a cobrança de empréstimos consignados feitos pelos servidores públicos do município junto a instituições financeiras pelo prazo de 90 dias.

O placar ficou 9 votos a 4. Os vereadores que votaram a favor da derrubada do veto foram Eduardo Farias (PCdoB), Jakson Ramos (PT), Mamed Dankar (PROS), e Rodrigo Forneck (PT).

A medida tinha sido aprovada no dia 7 de abril pelos vereadores e na última quarta-feira, 6, foi vetada integralmente por Neri que alegou que o veto se deu após recomendação da Procuradoria Geral do Município (PGM). Segundo o órgão, a medida não é de competência do poder municipal, e sim do Governo Federal.

O vereador Eduardo Farias (PCdoB) defendeu que os vereadores derrubassem o veto de Neri. Segundo ele, não há nenhuma inconstitucionalidade no PL.

“Não é inconstitucional, porque nós não estamos em uma situação normal, estamos vivendo uma situação de exceção. Por isso que a prefeita decretou estado de emergência”, ponderou.

Ele afirmou que o fato Neri estar negociando com bancos para estender o pagamento dos consignados não representa um benefício para os servidores, uma vez que eles vão continuar tendo que pagar com cobrança de juros.

A líder da prefeita, vereadora Elzinha Mendonça (PSB) defendeu a manutenção do veto de PL.

“Eu concordo plenamente com algumas colocações do vereador Eduardo Farias. Na verdade os bancos (as instituições financeiras) jamais iriam perder pois fazem o seu papel, no entanto, o município não pode legislar sobre um pacto que é feito entre o cliente e as instituições bancárias, e outra coisa o vereador colocou que a prefeita foi fazer um acordo na busca de auxiliar, acordo é uma coisa, lei é outra”, relatou.

Continuar lendo

Acre

No Acre, bancos fecham na segunda e terça-feira de Carnaval

Publicado

em

Os bancos vão ficar fechados na próxima segunda e terça-feira de carnaval. Na Quarta de Cinzas (26) o início do expediente será às 12h, com encerramento em horário normal de fechamento das agências, segundo informações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

A Febraban orienta os clientes a utilizarem os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente bancário nas agências.

Continuar lendo

Podcast Bar do Vaz

Pecuaristas cobram de Gladson protocolo que facilitará exportação de carne bovina

Publicado

em

Por

Pecuaristas estão ansiosos para que o governador Gladson Cameli (Progressistas) crie as condições exigidas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para tornar o Acre em área livre de aftosa sem vacinação. Esta recomendação do Ministério da Agricultura atende pedido da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e permitirá atender a mercados consumidores mais exigentes, para ampliar a exportação da carne acreana.

Anteriormente, o prazo para conseguir esta garantia era novembro, mas devido aos problemas nas instalações exigidas no protocolo, ele foi prorrogado para março deste ano. Para ser reconhecido como livre de aftosa sem vacinação o Estado precisa preencher um protocolo que dê a segurança para manter a área livre de vacinação e sem a doença. No Acre o pecuarista Fernando Zamora, vice-presidente da Federação da Agricultura lidera o grupo de fazendeiros que cobra a medida do governo. Este assunto foi discutido nesta terça (28), no Bar do Vaz.

Ouça no Spotify:

 

Continuar lendo

Podcast Bar do Vaz

Podcast: Acre oficializa o seu primeiro grupo de 50 investidores em ações da Bolsa de Valores

Publicado

em

Por

Poupar sempre foi a melhor garantia de futuro. E agora com a recuperação da economia brasileira e queda dos juros, continua sendo um desafio escolher a melhor forma de investir o dinheiro que sobra. A poupança, apesar da tradição, começa a perder espaço para investimentos menos conhecidos.

No Acre, um grupo de investidores se associaram a XP Investimentos e hoje comemoram a boa decisão em aplicar em fundos variados, garantido melhor rendimento de seus capitais.

São 50 pessoas que, sob a orientação do agente de investimento Gustavo Silveira, têm motivo de sobra para sorrir.

Nesta terça-feira (14), Gustavo bateu um papo com o jornalista Roberto Vaz, no Bar do Vaz.

Ouça no Spotify:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas