Conecte-se agora

Procurando confusão

Publicado

em

O governador Gladson Cameli anunciou ontem em áudio através da sua secretária de Comunicação, Silvânia Pinheiro, de que encomendou um estudo à Procuradoria Geral do Estado para a devolução das UPAS para o sistema municipal de Saúde. Já, inclusive, encarregou a sua secretária de marcar uma audiência com a prefeita Socorro Neri para lhe comunicar esta decisão e abrir discussão sobre a transferência. Este é um assunto complexo. Em outra ocasião em que hipótese veio ao público pela ex-secretária Mônica Feres, a prefeita Socorro disse que esta não é uma questão a se resolver de imediato, mas alvo de amplas discussões. Mesmo pela legislação o atendimento das UPAS sendo de alçada municipal. Este é um debate que não comporta o componente político. As relações entre o governador e a prefeita têm sido apenas institucionais. E a tendência no ano eleitoral de 2020 deve ser de acirramento político.

PETECÃO VIROU ALVO

O governador Gladson não perde a oportunidade de cutucar o senador Sérgio Petecão (PSD). Na semana passada comentou ao BLOG de que estava “chateado” com Petecão, por não ter destinado todas as emendas para o Estado gerir. E ontem, voltou a dar uma alfinetada, ao chamar Márcio Bittar (MDB) de “meu senador”, como se fosse o único no Senado lhe ajudar.

UMA DESCORTESIA

Ao incensar o senador Márcio Bittar (MDB) como seu ícone no Senado cometeu ainda uma descortesia com a senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS), presidente de seu partido e que, tem sido extremamente leal ao seu governo. Na política, tem de se pensar bem antes de falar.

NEM UM POUCO PREOCUPADO

Conversei ontem sobre o episódio com um os principais assessores do senador Sérgio Petecão (PSD), que foi irônico: “o Petecão terá mais sete anos no Senado e quem vai precisar dele em 2022 é o Gladson se for candidato à reeleição ao Senado”. No que ele não está errado.

MURANO NA MIRA

O deputado Roberto Duarte (MDB) continua com a misteriosa empresa Murano, com várias obras no Estado, na base da chamada “carona”, na sua mira. Permanece aguardando a resposta do MP sobre a situação, a quem pediu investigação sobre a legalidade destas obras.

CONVERSA FRANCA

O senador Sérgio Petecão (PSD) vai aproveitar a presença da prefeita Socorro Neri esta semana em Brasília para buscar uma posição definitiva sobre fazer ou não uma aliança. A parceria para a eleição do próximo ano somente sairá se a Socorro filiar-se o PSD.

CONVERSA É HOJE

A conversa era para acontecer ontem é foi remarcada para hoje em Brasília.

ARGUMENTO FORTE

O argumento é que o PSB é um partido sem estrutura para lhe dar suporte na reeleição.

FORÇA POLÍTICA

O PSD mostrou força na mobilização “Mulheres do PSD”, que reuniu um público feminino de cerca de 300 pessoas, com participantes de todos os municípios do Estado. O senador Petecão (PSD) diz que o partido quer o maior número de mulheres possíveis nas chapas para vereador.  

COBRANÇA NA HORA CERTA

Não se pode cobrar agora nada do secretário da Saúde, Alysson Bestene, porque recém assumiu. Mas também não terá muito tempo de carência porque é a sua segunda passagem pela pasta, e não poderá dizer que está tomando pé das coisas. Ele será cobrado na hora certa.

ACABOU A COTA DOS ERROS

Para o secretário Alysson Bestene e para o governador acabou a cota dos erros na SESACRE.

PROMESSA DE COMPANHA

A promessa de campanha do Gladson Cameli foi pautada no discurso de que, o que acontecia por a Saúde ser um caos no governo passado era que dinheiro tinha e o que faltava era gestão. E o governo está próximo de chegar ao seu primeiro ano e a Saúde continua o caos de antes.

NÃO PODE ESPERAR

A população não pode mais esperar, quer solução para os problemas conhecidos de falta de médicos, de medicamentos, e cansou de ver doentes deitados em macas nos corredores.

 ESTÁ FICANDO ASSUSTADOR

A sucessão de crime contra o patrimônio está ficando assustador na capital, chegando a índices alarmantes. O caso do assalto a este rapaz, baleado em pleno dia, no Calçadão do Colégio Acreano, com grande público, é um exemplo da intranquilidade que vivemos.

GUARDANDO OS BACANAS

Enquanto isso, 50% do efetivo da Polícia Militar, que era para estar nas ruas de Rio Branco dando segurança à população está à disposição das autoridades, os bacanas. Em que ficou a promessa de que esta situação, tão criticada no governo passado, seria corrigida neste?

BRINCANDO DE POLÍTICA

Eleição é eleição. Não acredito nesta potoca de que o deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS) pode ser candidato a prefeito da capital. É tão verdadeiro como uma nota de 300 reais. Não tem base política aqui, e a sua chance de eventual vitória; se não impossível, seria diminuta.

 TINHA VIRADO UM CAUDILHO

Não tem nada de golpe na Bolívia. O povo se revoltou com a fraude na eleição, detectada pela representação da OEA, e o Evo Morales teve de renunciar. A verdade é que o Evo, depois da segunda eleição ficou modificando a Constituição da Bolívia para se perpetuar no poder, ao estilo dos caudilhos, mesmo perdendo o referendo para a mudança. A história não se muda. 

NÃO É UM POBRE COITADO!

O ex-senador Jorge Viana ter virado lobista profissional em Brasília, não tem problema algum, não é nada ilegal. A questão é querer ser vítima, declarando que está se virando para sobreviver, como se tivesse aperreado financeiramente. Só de pensões fatura R$ 50 mil/mês.

RODA EM ETERNO GIRAR

A política é uma roda em eterno girar. Ontem, o PT estava no poder, mandava e desmandava no Estado, fazia campanhas milionárias, mas esqueceu que o poder não é eterno. Hoje, está com pedido de penhora de seus bens e receitas para o pagamento da sua ex-banca jurídica.

TRABALHOU TEM DE RECEBER

A banca do advogado Odilardo Marques trabalhou na campanha eleitoral do Marcus Alexandre e tem de receber os honorários de R$ 200 mil, não é uma casa de caridade.

MASSA FALIDA

O presidente do PT, Cesário Braga, administra hoje uma massa falida e tendo uma eleição municipal pela frente para buscar alguma recuperação da última derrota eleitoral.

CHUMBO TROCADO NÃO DÓI

O governador mandou levantar as obras executadas na gestão do ex-presidente Edvaldo Magalhães no DEPASA, para ajuizar as que forem encontradas com indícios de irregularidades. Edvaldo, hoje deputado, tem sido um calo do governo. É a história: chumbo trocado não dói.

NOME DO SD

O vereador Joelso Pontes (PROGRESSISTAS) está encaminhando a sua filiação no SOLIDARIEDADE, para disputar a prefeitura de Brasiléia, no próximo ano. A informação foi passada ao BLOG pelo presidente do SD, Israel Milani.

CORDA RETESADA

O governador tem mandado recados claros à sua base de governo de que a não aprovação do projeto de Reforma Previdenciária pode levar o Estado ao caos. E disse que, sem a aprovação o Estado quebra. E se tiver uma opção de pagamento a fazer, ele vai optar pelos servidores.

GONZAGA INTRANSIGENTE

Quem tem se mostrado intransigente em não votar no projeto de Reforma do governo é o deputado Luiz Gonzaga (PSDB). A se saber será convencido até a votação, no dia 26 próximo.

NÃO ENTENDO MAIS NADA

A notícia que corria ontem ao entardecer via uma fonte política é de que o governador Gladson tinha decidido manter o Paulo Wadt na Secretaria de Agricultura. Se for verdade o comentário, confesso que não entendo mais nada, em relação ao governo Cameli.

NÃO TEM DE QUE RECLAMAR

O senador Sérgio Petecão (PSD) disse ontem ao BLOG de que as emendas parlamentares foram sim destinadas ao governo, para áreas como a Saúde, por exemplo: “o que não aceitamos foi usar os recursos para obras não prioritárias para a população no momento, como a construção de viaduto. Tem que se gerar é emprego, tem gente passando fome”.

FRASE DO DIA

“Um banqueiro é um sujeito que nos empresta um guarda-chuva quando faz sol e exige-o de volta quando começa a chover”. Mark Twain. 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas