Conecte-se agora

Pontes continuam bloqueadas na Fronteira e protestos devem prosseguir em Pando

Publicado

em

As pontes Internacional e Wilson Pinheiro, que ligam, respectivamente, Cobija, capital do departamento de Pando, a Epitaciolândia e Brasiléia, amanheceram bloqueadas nesta segunda-feira, 11, apesar da forte chuva que atingiu a região neste começo de semana.

Os manifestantes se mantêm na vigília, protegidos por barracas montadas nas duas passagens, aguardando os próximos passos após a renúncia de Evo Morales.

Na tarde e noite deste domingo, 10, uma multidão tomou as ruas da capital em comemoração à renúncia de Morales, anunciada em rede nacional de televisão. Os manifestantes desfilaram pelas ruas de Cobija com carreata e buzinaço, parando em alguns lugares como o Comitê Eleitoral de Pando.

Os oposicionistas foram também à catedral de Nossa Senhora de Pilar e anunciaram, em frente ao palácio do governo de Pando e da prefeitura de Cobija, que a partir desta segunda-feira, 11, iriam fazer vigília nos dois locais pedindo a renúncia do governador de Pando, Luís Adolfo Flores, e do prefeito Luís Gatty Ribeiro, ambos membros do Movimento para o Socialismo (MAS).

Apesar de ainda não ter havido nenhum pronunciamento oficial dos manifestantes a respeito da liberação das pontes, há uma expectativa de que o bloqueio possa ser encerrado nas próximas horas. De ambos os lados, dezenas de caminhões estão parados aguardando autorização para atravessar.

No lado boliviano, cerca de 40 caminhoneiros brasileiros estão impedidos de retornar ao Brasil desde o embargo das pontes, ocorrido na última terça-feira, 5.

Na manhã de domingo, 10, o caminhoneiro Éder Janes Torres, que transportou produtos alimentícios para Cobija antes do bloqueio das pontes afirmava que a situação era crítica, uma vez que o Consulado Brasileiro havia afirmado não poder fazer nada para ajudar motorista retidos no lado boliviano.

“A nossa situação é crítica, nós precisamos sair desse país. Nós entramos, trouxemos alimentação aqui para dentro e precisamos sair, mas não conseguimos apoio das autoridades brasileiras. Estamos aqui tendo despesas e correndo o risco de sofrer algum tipo de vandalismo, principalmente durante a noite, pois as nossas placas são brasileiras e não sabemos o que poderá acontecer”, lamentou o profissional.

A situação no país

De acordo com o jornal boliviano El Deber, de Santa Cruz de La Sierra, nesta segunda-feira, a Assembleia Legislativa Plurinacional está agendada para se reunir com o objetivo de designar quem tomará as rédeas do país nos próximos meses, até que sejam convocadas eleições gerais.

A sucessão constitucional indica que a senadora Jeanine Añez, dos democratas, poderia assumir o controle da Bolívia.

Após a renúncia de Evo Morales e Álvaro García Linera, houve vários atos de violência em várias regiões do país, principalmente La Paz, El Alto e Yapacaní (em Santa Cruz).

Em várias cidades, a greve cívica é mantida, que completa 20 dias nesta segunda-feira, e promete permanecer pelo menos até terça-feira, conforme anunciado pelos líderes cívicos.

Anúncios

Extra Total

Câmara tentará notificar Manuel Marcos sobre cassação; Léo de Brito ainda não tomou posse do cargo

Publicado

em

A corregedoria da Câmara dos Deputados tentará, pela terceira e última vez, na manhã desta sexta-feira (23/10), notificar o pastor Manuel Marcos (Republicanos-AC) sobre seu processo de cassação. 

Com informações da CNN Brasil

A corregedoria da Câmara dos Deputados tentará, pela terceira e última vez, na manhã desta sexta-feira (23/10), notificar o pastor Manuel Marcos (Republicanos-AC) sobre seu processo de cassação. Em setembro, o Tribunal Superior Eleitora (TSE) manteve a cassação do diploma e a declaração de inelegibilidade do deputado, antes definida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre, em razão da “utilização indevida dos recursos do Fundo Partidário” e abuso de poder econômico.

No entanto, Manuel Marcos segue como deputado enquanto a Mesa Diretora da Câmara não declarar a perda de mandato. O documento com a decisão do TSE chegou à corregedoria da Câmara no início desta semana. Nesta quarta (21) e quinta-feira (22) o corregedor da Casa, Paulo Bengtson (PTB-PA), tentou notificar o deputado do Republicanos, porém, não o encontrou em seu gabinete nem em seu apartamento funcional.

Segundo Bengtson, uma última tentativa será feita nesta sexta, caso Manuel Marcos não seja encontrado, a notificação será publicada no Diário Oficial da União (DOU). Com isso, os advogados do parlamentar terão até cinco dias para apresentar a defesa. Depois desse prazo, cabe ao corregedor da Câmara redigir um parecer à Mesa Diretora sobre a cassação.

De acordo com a Constituição Federal, as perdas de mandato de parlamentares precisam ser declaradas pela Mesa, mesmo quando decorrentes de decisão da Justiça Eleitoral, garantindo, assim, ampla defesa ao político. Mas ainda não há uma data definida para um próximo encontro da Mesa Diretora.

A reunião da Mesa precisa ser convocada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Parlamentares têm pressionado Maia para que o encontro ocorra apenas no fim de novembro, após as eleições municipais. A CNN apurou, no entanto, que o presidente da Casa pretende reunir a diretoria já na primeira semana de novembro, quando há uma expectativa de sessões semipresenciais do Congresso Nacional para a análise de vetos presidenciais.

Como a cassação do pastor é uma determinação judicial, não será preciso passar pelo Conselho de Ética e a perda de mandato já poderá ser declarada durante essa reunião da Mesa. O caso é diferente do da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) que precisa ter seu pedido de cassação por quebra de decoro parlamentar analisado pelo colegiado. Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo.

Com a anulação dos votos do ainda deputados Manuel Marcos, caberá a Leonardo Brito (PT) assumir a vaga. A decisão foi tomada pelo TRE do Acre que até diplomou o parlamentar. Porém, é preciso primeiro que a Mesa oficialize a cassação do pastor antes do petista ser empossado. De acordo com interlocutores ouvidos pela reportagem da CNN, Maia quer acelerar a posse de Brito para que ele já comece o próximo ano legislativo no lugar do deputado cassado.

Continuar lendo

Cotidiano

Mega-Sena acumula e paga prêmio de R$ 38 milhões no próximo sábado (24)

Publicado

em

Não houve acertadores das seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesta quinta-feira (22) e o prêmio acumulou. as dezenas sorteadas: 03 – 05 – 09 – 35 – 43 – 60.

Assim, para o sorteio deste sábado (24), o valor previsto para quem acertar o prêmio principal é de R$ 38 milhões.

A Quina teve 58 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 42.990,76.

A Quadra teve 5.162 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 690,06.

Continuar lendo

Acre

Municípios do Alto Acre já têm todas as candidaturas a prefeito deferidas

Publicado

em

A 2ª e a 6ª zonas eleitorais, que compreendem, juntas, os municípios da regional do Alto Acre mais Capixaba, já deferiram os pedidos de registro de todas as candidaturas a prefeito nestas circunscrições.

Xapuri e Capixaba estão sob a responsabilidade do juiz eleitoral Luís Gustavo Alcalde Pinto, titular da 2ª zona. Já Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil, estão na 6ª zona, presidida pelo juiz Gustavo Sirena.

A 2ª zona concentra 18.879 eleitores em Xapuri e Capixaba. Nas duas cidades, a Justiça Eleitoral convocou 324 mesários, entre voluntários e não voluntários, para trabalhar na eleição do próximo dia 15 de novembro.

Concorrem à eleição em Xapuri o atual prefeito Bira Vasconcelos (PT), Carlos Venícius (MDB), Carla Mendonça (PP) e Gessi Capelão (PSD).

Em Capixaba, os concorrentes são: Enfermeiro Lamartine (PTB), Joãozinho MDB, Manoel Maia (DEM) e Serraria (PT).

Na 6ª zona, se concentram 34.489 eleitores aptos ao voto, em Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil, segundo dados da Justiça Eleitoral.

Em Brasiléia, se enfrentam Fernanda Hassem (PT), a atual prefeita, Leila Galvão (MDB) e Manoel Prete (PSDB).

Epitaciolândia tem na disputa o atual prefeito Tião Flores (PP), Neide Lopes (PT), Delegado Sérgio Lopes (PSDB), e Everton Soares (PSL).

Em Assis Brasil, Antônio Zum (PSDB) tenta a reeleição contra João Júnior (MDB), Pilique (PCdoB), Jerry Correia (PT) e Zé do Posto (PSD), que é o atual vice-prefeito.

Continuar lendo

Acre 01

Pedro Longo faz visita a Francisco Djalma e reafirma importância da parceria institucional

Publicado

em

O recém-empossado deputado estadual Pedro Longo (PV) fez visita de cortesia ao presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, nesta quinta-feira, 22.

Durante a conversa, o deputado parabenizou o presidente pela eleição para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) na função de membro titular, na classe desembargador do órgão eleitoral.

Djalma, por sua vez, desejou um bom mandato ao deputado recém-diplomado e reafirmou a importância das parcerias institucionais nos programas e projetos desenvolvidos pelo Judiciário.

Assim que tomou posse no cargo, Pedro Longo assumiu a presidência da Comissão de Defesa do Consumidor na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

O parlamentar tem demonstrado também o interesse em apoiar iniciativas sociais e filantrópicas, como as que são desenvolvidas pela maçonaria acreana, instituição da qual faz parte.

Na semana passada, Longo visitou a Grande Loja Maçônica do Estado do Acre (Gleac), quando foi recebido por representantes da ordem e colocou o seu gabinete à disposição das ações da irmandade.

Pedro Longo requereu a aposentadoria voluntária da magistratura em 2013, depois de atuar como juiz nas comarcas de Xapuri e Sena Madureira, antes de sua promoção à titularidade da 1ª Vara de Família da Comarca de Rio Branco.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas