Conecte-se agora

“O sucesso do estado está com vocês”, diz Gladson Cameli na Federação das Industrias

Publicado

em

Realizado na FIEAC, na última sexta-feira, 8 de novembro, o 2º Encontro de Empresas Acreanas para o Comércio Exterior contou com a participação do governador Gladson Cameli, que debateu com empresários sobre as dificuldades do setor produtivo local. O evento teve por objetivo esclarecer requisitos para empresas acessarem o mercado exterior e detalhar programação e ações a serem desenvolvidas pela proposta da Rede de Negócios Comex, que vem sendo conduzida pela FIEAC, Sebrae, Fecomércio, Faeac, Federacre, Acisa e Seict.

A ideia é preparar um grupo de empresas que tenha interesse em desenvolver negócios com importação ou exportações, provendo capacitações e ações para divulgação de produtos, orientações e assessoria técnica. De acordo com o assessor de Relações Institucionais da FIEAC, Assurbanipal Mesquita, a Rede de Negócios Comex pretende ajudar o setor empresarial para que ele consiga se organizar, trabalhar e divulgar seus produtos para fora do estado – seja dentro do próprio país ou em países vizinhos.

“No portal do Observatório do Fórum Permanente do Desenvolvimento, os principais produtos que o Acre exporta são castanha, madeira e carne bovina. E os maiores compradores do Acre são Hong Kong, Peru e Bolívia. Existe um mercado em nosso entorno e temos que saber como aproveitar e trabalhar melhor isso”, informou. Ainda durante a reunião foi apresentada uma amostra de produtos acreanos, que possuem potencial para negócios.

O governador Gladson Cameli agradeceu a oportunidade de participar do Encontro, aproveitando a ocasião para relatar sobre a viagem que fez à China na comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo ele, os chineses estão interessados na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre.

“Eu quero que a gente cresça e gere emprego. E, para mim, o que importa é que a ZPE tenha utilidade, que a gente valorize a nossa mão de obra, gere riqueza para a nossa economia. Não dá para ter uma ZPE dessas parada. Não dá para ter a Peixes da Amazônia parada. Precisamos dizer que estamos vivos e preparados para ter esse intercâmbio comercial. O governo tem a humildade de reconhecer que precisa das federações representativas do setor produtivo. O sucesso do estado está com vocês. Eu sou parceiro”, garantiu Gladson.

Para o presidente da FIEAC, José Adriano, a presença do governador no evento representa uma vitória para o setor empresarial. “Ficamos muito felizes pelo fato do governador Gladson Cameli ter atendido ao nosso chamado e que ele está em sintonia com aquilo que sonhamos para o desenvolvimento do estado. Não conseguiremos ir longe sozinhos e o apoio do governo é preponderante, já que todos temos o mesmo objetivo”, comemorou o empresário.

Propaganda

Destaque 4

Ex-prefeito é condenado pela Justiça a devolver mais de R$ 400 mil aos cofres públicos

Publicado

em

FOTO: INTERNET

O ex-prefeito de Marechal Thaumaturgo, Aldemir da Silva Lopes (PT) foi condenado nesta quarta-feira (11) pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE) por irregularidades em razão da realização de despesas sem comprovação de procedimentos licitatórios, bem como não apresentação das prestações de contas dos instrumentos contratuais firmados com empresas privadas.

Lopes foi condenado pelas irregularidades com as empresas Vance Assessoria & Auditoria Contábil, Os Lobos da Net.Com Ltda (ME), Odonto-Plus Comércio Ltda (ME) e Mercearia Amizade. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE.

O órgão decidiu por condenar Aldemir a devolução aos cofres da municipalidade o valor de R$ R$ 483.548,49 em razão da realização de despesas sem comprovação de procedimentos licitatórios, e ao pagamento de multa no valor de R$ 48 mil correspondente a 10% do total a ser devolvido.

Por fim, o TCE decidiu pelo encaminhamento de cópia dos presentes autos ao Ministério Público Estadual (MPE/AC), para que tome conhecimento quanto ao descumprimento da Lei 8.666/93.

Continuar lendo

Destaque 4

Meire quer programa para cuidados de pessoas com Fibromialgia e exames para trombofilia

Publicado

em

A deputada estadual Meire Serafim (MDB) apresentou dois projetos de Lei na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) nesta terça-feira, 10, que ampara pacientes com Fibromialgia e trombofilia. O primeiro busca criar o Programa Estadual de Cuidados para Pessoas com Fibromialgia. O outro pretende dar o direito à realização de exame para detectar trombofilia, precedente à prescrição de anticoncepcional.

Segundo a parlamentar, o programa de apoio a pacientes com Fibromialgia irá “oferecer serviços para o diagnóstico e tratamento da fibromialgia, melhorando a qualidade de vida das pessoas com a doença”. A ideia é ampliar o acesso das pessoas que sofrem com a doença, qualificando o atendimento no SUS, para esse grupo.

Com o programa, equipes de saúde, familiares e toda a rede de convivência da pessoa com fibromialgia receberiam capacitações através de atividades de Educação Permanente.

“Visamos a garantia de acesso e de qualidade dos serviços, ofertando cuidado integral e assistência multiprofissional, sob a lógica interdisciplinar, com
os atendimentos: Reumatologista; Psicólogo; Fisioterapeuta e Assistente social”, afirmou a deputada.

A deputada alertou que a dor da fibromialgia é real e não se deve pensar que o paciente está manifestando um problema psicológico através da dor. “Pela sua magnitude, transcendência e por representar uma importante causa de perda de capacidade laboral, a Fibromialgia merece ter acompanhamento, prevenção e tratamento”.

Já o projeto que abrange a trombofilia, pretende fazer um histórico pessoal ou familiar de tromboembolismo venoso, com a criação de “mecanismos de concepção, implementação, monitoramento e avaliação das políticas, estratégias e meios de prevenção, cuidados para garantir a efetivação desta Lei, através de parcerias com órgãos estatais e instituições privadas”, explica Serafim.

Segundo a parlamentar, o objetivo é diminuir os casos de tromboembolismo decorrentes do uso de anticoncepcionais femininos no Acre. “Nesse contexto, o projeto visa fazer com que, todas as prescrições de anticoncepcionais femininos por médicos no Estado do Acre sejam, obrigatoriamente, precedidas de exames para a detecção de trombofilia”, afirma Meire.

Sobre a Trombofilia

É uma predisposição para desenvolver trombose, causada por defeitos na coagulação do sangue, que favorecem a formação de coágulos (trombos). A doença não pode ser hereditária ou adquirida, sendo a primeira causada por fatores genéticos, e a última por consequências de outras condições clínicas.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.