Conecte-se agora

Na Hora do Faro, garoto pede ajuda para cinema comunitário no Acre

Publicado

em

Após deixar uma sessão de cinema acompanhado pelos pais, em 2017, o pequeno Rafael Kaweh, morador de Rio Branco, no Acre, decidiu criar um cinema comunitário para que crianças carentes pudessem ter acesso a filmes e animações. O sonho do menino, então com oito anos, virou realidade através do projeto Cine Oportunidades, sediado no bairro Cidade do Povo, na capital do estado. O trabalho de Rafael, no entanto, precisou parar após um roubo, acontecido em julho deste ano. Os ladrões levaram todos os equipamentos de projeção e até as panelas de fazer pipoca.

Apaixonado por animações, Rafael queria que outras crianças também tivessem a oportunidade de assistir aos filmes em uma sala de cinema. Com a ajuda dos pais e voluntários, eles montaram uma estrutura com projetor e um banner, no qual as produções eram exibidas. As sessões eram gratuitas, com direito à pipoca e refrigerante, e seguidas de rodas de conversa a respeito da mensagem dos filmes exibidos.

Porém, o Cine Oportunidades sofreu um baque após ter sido vítima de um roubo no qual foram levados todo o maquinário do espaço. Desde sua fundação, o projeto já havia recebido cerca de cinco mil pessoas mas, agora, se vê obrigado a parar. Os pais de Kaweh, os assistentes sociais Rafael e Janara Almeida estão em busca da ajuda de voluntários que possam fazer doações ao projeto.

No último domingo, a família participou do programa Hora do Faro, na TV Record, e conseguiu ganhar o valor de R$ 30 mil para ajudar na reconstrução do Oportunidades. Por coincidência, recentemente, o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, chamou a atenção dos estudantes e professores ao propor uma discussão acerca da democratização do acesso cinema no país.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas