Conecte-se agora

Calote a ex-financiador de campanha pode dificultar a vida de Gedeon Barros

Publicado

em

Os prefeitos acreanos têm duas preocupações principais atualmente. Uma é fechar as contas dos gastos acumulados este ano. A outra, é pavimentar o terreno para 2020. Afinal, é ano de eleição e quem é candidato ou tenta se reeleger sabe que a campanha começa muito antes do período oficial.

A partir de hoje, o ac24horas publica uma série de reportagens sobre as pré-candidaturas, possíveis coligações e o panorama político de cada município acreano.

Começamos pelo município de Plácido de Castro, atualmente administrado por Gedeon Barros (PSDB). O atual gestor, eleito com 47,78% dos votos nas eleições de 2016, é candidato à reeleição, mas vai ter que contornar as muitas críticas que sua administração recebe.

As principais estão ligadas ao setor produtivo, já que a região na qual está inserida, tem forte vocação para a produção agrícola. Falta de estímulo ao produtor rural, pouco investimento na abertura e recuperação de ramais são as principais queixas do setor produtivo de Plácido de Castro. Isso sem mencionar as muitas reclamações da falta de apoio técnico aos produtores rurais. Tanto que uma pesquisa divulgada no mês passado pela Delta Agência de Pesquisa, instituto sediado em Rio Branco (Ac), mostra que o atual prefeito Gedeon Barros tem 67% de reprovação.

Pelo questionário da pesquisa da Delta, não faltam reclamações comuns a quase todos os municípios, que é a falta de pavimentação, coleta de lixo e iluminação pública precária.

Mas Gedeon Barros, além desses problemas comuns, tem um bem mais grave para resolver, pois um “calote” a um ex-aliado pode ser decisivo para sua reeleição.

A eleição de Plácido de Castro, além do ex-prefeito Tavares, do MDB, caminha para ter ao menos quatro postulantes ao cargo. Um deles chama a atenção. É nada mais, nada menos do que o próprio secretário de esportes da prefeitura. Filiado ao PSD do Senador Petecão, Mazinho tem feito um bom trabalho na área de esportes, por isso, já se lançou pré-candidato à sucessão do chefe.

Com certeza, você deve estar fazendo a seguinte pergunta: como um secretário da prefeitura fica no cargo mesmo lançando uma pré-candidatura contra o atual prefeito, que vai para a reeleição?

É que o próprio Gedeon colocou uma grande pedra no seu caminho.

Entenda o caso

Mazinho teria emprestado uma quantia de dinheiro para o atual prefeito bancar parte da campanha na eleição passada. Como Gedeon não quitou o débito, o “financiador” continua à frente da secretaria de esportes, mesmo confirmando que pode vir à ser um dos adversários do prefeito nas eleições do ano que vem.

Ao ac24horas, Mazinho confirmou a história, mas não quis falar em valores. “Eu não gostaria de falar sobre isso, já que é uma coisa entre eu e ele. O Gedeon continua meu amigo, por isso eu não quero entrar nesse mérito não”, disse.

Os outros prováveis candidatos devem ser Tavares (PMDB), Regiane (PT), o vereador Camilo (PSB) e também vereador Mineirinho (PSL).

Anúncios

Cidades

Fernanda suspende agenda de campanha e manifesta pesar pela morte de Jonas Bandeira

Publicado

em

A prefeita de Brasiléia e candidata à reeleição, Fernanda Hassem (PT), suspendeu toda a sua agenda de campanha deste sábado, 24, assim como deste domingo, 25, em razão da morte do ex-vereador e ex-secretário municipal de Meio Ambiente, Jonas Sivirino Bandeira, e de seu filho Gabriel Melo Bandeira.

Jonas e Gabriel morreram na manhã deste sábado, 24, em um acidente envolvendo uma motocicleta Honda Bros, na qual estavam pai e filho, e uma caminhonete Mitsubishi L200. A tragédia aconteceu no ramal Porto Carlos, que tem acesso pelo km 67 da BR-317 (Estrada do Pacífico).

Visivelmente emocionada, Fernanda Hassem atendeu à reportagem do ac24horas para falar do impacto da perda do amigo e do colaborador que vinha a ajudando na coordenação de sua campanha na zona rural do município. “Perdi um amigo, um irmão, um querido”, disse a prefeita no começo da conversa.

A prefeita afirmou que Jonas Bandeira foi vereador por dois mandatos e exerceu o cargo de secretário de Meio Ambiente na atual administração municipal, sendo figura muito atuante na vida política do município. Ela disse ainda que o sentimento em Brasiléia é de profundo pesar pelo trágico acontecimento.

“Estamos de luto, todos nós, a cidade consternada com essa notícia que entristeceu todos nós. Brasiléia perdeu um grande filho, um grande pai e um grande esposo. Há um ano e meio, Jonas havia perdido a filha, o neto em acidente parecido com o que hoje tirou a sua vida”, acrescentou Fernanda Hassem.

No ano passado, Jonas pediu afastamento da Secretaria de Meio Ambiente, onde estava desde o começo da administração de Fernanda Hassem, exatamente para tentar se curar, junto com a esposa e os demais filhos, da dor e da saudade causadas pela dura perda citada pela prefeita.

Os corpos de Jonas Bandeira e do filho Gabriel serão velados na igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira, em Brasiléia, onde o ex-vereador congregava. O horário do sepultamento não havia sido informado até a conclusão desta matéria. Ele deixa a esposa, Raimundinha, e mais dois filhos.

Continuar lendo

Blog do Crica

Sua majestade o eleitor

Publicado

em

A ELEIÇÃO tem um componente que é a avalanche chamada “caiu na graça” da população. E esta é imprevisível. Quando uma candidatura vira moda na eleição e o eleitor se inclina por ela, não há máquina pública, não há esquema financeiro, não há estrutura de campanha, maior ou menor número de candidatos a vereador apoiando, ter medalhões no palanque, que consiga segurar. E, geralmente o “caiu na graça” começa a ser formatada nos últimos 30 dias da campanha e toma forma definitiva na reta final dos 15 dias antes da eleição. Sua majestade o eleitor tem os seus próprios parâmetros de avaliação, e que fogem a qualquer lógica. Para pegar um fato não tão distante: a eleição do Cabide para vereador de Rio Branco. A campanha de verdade começa daqui em diante. É hora de saber quem tem café no bule na disputa da prefeitura de Rio Branco.

TRUCULÊNCIA DESNECESSÁRIA

CHOCOU e tomou contas das redes sociais uma truculência desnecessária de fiscais da prefeitura da capital, na remoção de um cidadão que vendia frutas debaixo de uma lona. Num município pobre, em que o poder público não oferece condições de atividades para gerar empregos, nada justifica a ação. Ainda bem que a prefeita Socorro Neri buscou uma saída.

BOM SENSO CABE EM TODO CANTO

NUMA campanha acirrada por mais um mandato, a cena refletiu negativamente na imagem da prefeita Socorro, ainda que não tenha dado a ordem. Ela determinou a busca de uma alternativa para o ambulante, se posicionou em nota, mas a notícia já estava no mundo.

UM FATO MUDA TUDO

NUMA campanha é preciso antes de tudo se medir qual será o reflexo de uma ação pública, não é removendo um vendedor de melancias que se melhorará a mobilidade urbana. Um fato muda o rumo de uma campanha.

ÁGUA BENTA

O PT veio ontem com um programa água benta para exorcizar a demonização da sigla. O mote foi interessante, faltou vir com imagens do antes e depois das gestões do PT. Só palavras não mudam essa rejeição.

DEIXARAM NO PINCEL

Na campanha passada o então candidato a deputado Raimundo Angelim, sofreu uma queimação ao seu nome, por parte do segmento dominante do PT, a DR-Democracia Radical. Justificada a sua ausência da campanha.

RECEITA DE BOLO

PREFIRO comentar receita de bolo que pesquisa direcionada. Rio Branco é terra de muro baixo, qualquer esmola grande o cego da esquina desconfia.

PAGOU POR SER BOLSONARO

O CANDIDATO Á PMRB, Roberto Duarte (MDB), assinou o documento do DCE se submetendo às normas do debate de ontem, na UFAC. Nada mais natural que não tenha alcançado votos para participar, num público votante que é anti-Bolsonaro. A sua ausência não significa perseguição.

OU FALA OU SE CALA

COMO deixou nas entrelinhas que houve um “pedido” de um candidato para não participar do debate, não devia deixar a afirmação nas trevas, e revelar a suposta trama e o nome deste candidato. Ou fala ou se cala.

NÃO VAI DECIDIR

E MESMO porque, não será o debate de ontem em um público seletivo que vai ter o condão decisivo para levar um candidato ao segundo turno. Para sair da estagnação da sua candidatura, tem que se socar nos bairros.

MUITO REDONDA

A PROPAGANDA de ontem do candidato a prefeito, Tião Bocalom (PP), na televisão, foi redonda. Fez o que um candidato da oposição tem de fazer. Mostrar os pontos críticos da cidade, sem ser ofensivo ao criticado.

DEBATE DA CIDADE

O QUE ESTÁ em debate é a cidade, é ela com os seus problemas que deve ser discutida pelos candidatos no horário eleitoral e na mídia. A oposição faz o seu papel de criticar e quem defende a gestão da prefeita rebate.

SALVOU O DEBATE

O CANDIDATO Jarbas Soster (AVANTE) salvou o debate de ontem do DCE da UFAC, no quesito oposição. Questionou duramente as ações da prefeita Socorro Neri, sem partir para a ofensa pessoal. E a prefeita Socorro Neri fez a sua defesa. Na democracia se exerce o contraditório. A crítica é a essência da democracia. O Jarbas se projetou melhor que os demais candidatos da oposição, porque puxou o debate para um terreno que domina: obras. O Bocalom foi tímido. E o Minoru e o Zen optaram por falar dos seus planos. Perderam a oportunidade de dizer com que não concordam na gestão municipal. Debate sem questionar é como tocar bumbo furado, não sai som.

FANFARRÃO DA SELVA

UM FANFARRÃO da selva andou pela Reserva Ambiental Chico Mendes prometendo que, o governo vai zerar as multas do ICMBIO, para tirar proveito eleitoral. O governo estadual não tem este poder. Mentira braba!

AFASTA DE MIM ESTE CÁLICE

O GOVERNADOR Gladson Cameli quer mesmo o MDB longe da sua vista. Está de cabeça na campanha do candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha (PP). O MDB é no governo uma espécie de filho enjeitado.

CERVEJA CHOCOU

A CERVEJA que o senador Márcio Bittar (PMDB) tinha encomendado para comemorar o apoio do governador Gladson ao candidato Fagner Sales (MDB), chocou. Bittar prometeu uma mercadoria fora da sua estante.

FOI PARA O ESPAÇO

O PLANO do senador Márcio Bittar (MDB) de sair da campanha com o MDB próximo do governo Gladson Cmeli foi para o espaço sideral. Entrou no mato para caçar uma anta e não conseguiu caçar nem uma cotia. 

CANDIDATO FORTE

A INFORMAÇÃO que se tem de boa fonte de Senador Guiomard é que, a candidata Rosana Gomes (PP) está no jogo com chance de uma vitória.

VOTO QUEBRADO

HÁ UM DITADO político que diz que, o voto de evangélico é mais quebrado do que arroz de terceira. Parece que se confirma. É só olhar para a posição do Pastor Jamil Asfury (PSC), mal na disputa da PMRB.

APENAS UM SINAL

O TEMPO avança para o dia da eleição e tudo indica que a briga para ir ao segundo turno vai se consolidando entre os candidatos Tião Bocalom (PP), Minoru Kinpara (PSDB) e Socorro Neri (PSB). Mas tem muita campanha.

“NUNCA ME DEU BOM DIA”

UM AMIGO funcionário da SESACRE, fez ontem o seguinte comentário: “O secretário Alysson Bestene passa pela gente na repartição e nunca deu um bom dia, agora reuniu a gente para pedir votos”. E dito isso, gargalhou.

VOTO SE CONQUISTA

A REVELAÇÃO confirma o que sempre coloco neste BLOG, de que voto não se conquista com pressão, mas pelo convencimento. Ninguém é dono de voto do outro. Além, do mais que o voto do eleitor é secreto.

 NAS CONTAS

NAS CONTAS do coordenador da campanha do candidato a vereador Evandro Cordeiro (PP), radialista Raimundo Fernandes, Cordeiro deve emplacar a primeira votação na chapa do PP. Fernandes anda eufórico.

O FANTASMA DA SOBRA

UM AMIGO especialista em cálculo eleitoral, prevê que o máximo que um partido fará na capital será dois candidatos a vereador, por mais forte que seja a chapa, porque grande parte das vagas será preenchida pelas sobras de legenda. O que garante que partidos nanicos abiscoitem vagas.

AFUNDOU O REPUBLICANOS

A GESTÃO do ex-deputado federal Manuel Marcos afundou o REPUBLICANOS, que tem na eleição da capital uma das chapas mais fracas. Não é nem o fantasma da sigla que elegeu Federal e Estadual.

FRASE MARCANTE

“Quando tiver que pegar cobra use a mão do inimigo.” Ditado persa.

 

 

Continuar lendo

Destaque 7

Mailza participa da Carreata do 11 com Rosana e Ney, no Quinari

Publicado

em

Vários candidatos a vereador, simpatizantes, militantes e a juventude da coligação “Juntos Para Reconstruir e Avançar” participaram do movimento

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-Acre), que interrompeu a licença- maternidade e retornou as atividades parlamentares nesta semana, chegou ao Acre na manhã deste sábado e a tarde já participou de uma carreata política promovida pela campanha eleitoral de Rosana Gomes e Ney do Miltão (PSD), candidatos à prefeitura de Senador Guiomard.

Logo na concentração, na entrada da cidade, militantes, moradores e simpatizantes se juntaram aos mais de 500 veículos que circularam pelas principais ruas e bairros do Quinari. Durante o percurso da Carreata do 11, muitos guiomarenses demonstraram carinho e apoio à candidatura de Rosana.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Cidades

DNIT pretende entregar obra de recuperação da BR-317 até o dia 5 de novembro

Publicado

em

Foto: Reprodução 

Iniciados no ano passado e retomados em maio deste ano, após o período do inverno amazônico, os serviços de recuperação da BR-317 nos trechos Xapuri/Capixaba e Xapuri/Epitaciolândia estão próximos de serem concluídos.

A previsão da Superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura Rodoviária (DNIT) é de que até o próximo dia 5 de novembro a obra seja entregue, com a finalização da restauração e da sinalização horizontal.

De acordo com o superintendente do órgão no Acre, Carlos Moraes, estão sendo restaurados 52 quilômetros na BR-317/AC, sendo que 23 quilômetros são no trecho entre os municípios de Xapuri e Epitaciolândia.

A obra, que vem sendo realizada em ritmo intenso e com muitas máquinas e homens, priorizou os pontos mais críticos da rodovia federal na utilização dos cerca de R$ 60 milhões destinados à obra nos trechos citados acima, segundo Moraes.

“Estamos restaurando 52 km da rodovia. Um investimento de mais de R$ 60 milhões. Como o recurso não era suficiente para restaurar toda a rodovia, priorizamos os trechos mais críticos, que são esses segmentos que totalizam esses 52 quilômetros”, explicou.

Ainda faltam ser concluídos cerca de 1.300 metros de restauração a 30 quilômetros de Epitaciolândia. A empresa responsável pela obra está trabalhando aos sábados, domingos e feriados para concluir os serviços dentro do prazo estipulado pelo DNIT.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas