Conecte-se agora

Trilha já existente vai facilitar abertura da BR-364 de Mâncio Lima até Pucallpa, no Peru

Publicado

em

Começou oficialmente nesta quinta-feira, 7, com o serviço de topografia, a ação do governo do Estado na abertura da BR-364 sentido Mâncio Lima à Pucallpa, no Peru.

A equipe liderada pelo coordenador do Grupo de Trabalho da Integração, Francimar Cavalcante, entrou 40 km na floresta na direção Mâncio Lima/Peru . Foi até a proximidade do Rio Azul, que já fica na divisa com o Parque Nacional da Serra do Divisor.

Francimar, que é ligado ao gabinete do vice-governador Major Rocha, explica que o estado da trilha, aberta pelo exército há décadas, que delimita o eixo da rodovia e vai facilitar o trabalho inicial, que é o de levantamento botânico. “O trabalho que levaria 60 dias, poderemos fazer em 20”, cita.

Ele explica que já foi solicitada uma autorização ao chefe do Parque para seguir o serviço dentro da Unidade de Conservação. O governo, em seguida, abrirá um ramal.

Além de Francimar Cavalcante, foram na trilha representantes da Prefeitura de Mâncio Lima, da Associação Comercial Empresarial de Cruzeiro do Sul, Jairo Correa; representante da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, Idelcleide Cordeiro, e do deputado Luiz Gonzaga.

 

Reunião de Negócios

Enquanto a estrada é feita, a integração econômica entre o Juruá e a região de Pucallpa será via aérea, com voos previstos ainda para este ano.

Cavalcante destaca que no dia 19 de novembro , haverá uma Reunião de Negócios em Cruzeiro do Sul com empresário peruanos, Associações Comerciais do Juruá, de Rio Branco e com a presença do presidente da Federação das indústrias, Adriano Silva.

Foram convidados os governadores dos Departamentos de Ucayali, de Madre de Dios, presidente da Câmara de Comércio de Ucayali e o Consul peruano. “Junto com parceiros, atuamos em todas as frentes da interligação fronteiriça e vamos avançar na ligação aérea, viária e ferroviária como afirmou o presidente Bolsonaro”, concluiu Francimar.

Propaganda

Na rede

Carro com foto de vereadores causa polêmica no interior do Acre

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Marechal Thaumaturgo, João Luciano da Costa (PCdoB), comprou para a casa legislativa um veículo Saveiro Robust e mandou envelopar o carro com a foto dos nove vereadores da cidade.

Segundo o presidente o carro custou R$ 67 mil e o envelopamento R$ 200. Mas a foto gerou polêmica e 4 vereadores não aceitaram ter as fotografias impressas no automóvel.

Os vereadores Atilon Pinheiro (PSD), Silvano Queiroz (PT), Edezio Matos (PT) e Amadeu Vieira (PT) dizem que não foram consultados e temem o cometimento de infração eleitoral e contestam o valor da adesivagem do veículo dito pelo prefeito.

Atilon afirma que a compra do carro e a impressão da fotos foram decididos pela mesa diretora. “O presidente e o primeiro secretário José Nialem (PSB), e o vice-presidente, Francisco Ribeiro (MDB) fizeram tudo entre eles e nós não concordamos com isso. Não autorizamos o uso da nossa imagem”, ressalta ele afirmando que o envelopamento do veículo custou R$ 1.200 aos cofres públicos.

O presidente João Luciano ressalta que a casa precisava de um carro para “desenvolver os trabalhos”. Reconhece que não tem o Termo de Autorização do Uso de Imagem dos vereadores, mas destaca que a intenção era dar visibilidade aos vereadores já que existe foto deles apenas na Câmara. “Eu não conheço de lei, mas a advogada tinha dito que não era proibido porque ainda não estamos no período eleitoral. Mas agora vou tirar esse adesivo”, concluiu o vereador.

Continuar lendo

Na rede

SESACRE dá nova data para pagamento de servidores do Hospital do Juruá e sindicato dos enfermeiros quer grevar

Publicado

em

O impasse continua. O governo do Estado ainda não repassou os recursos e a Anssau não pagou o salário de dezembro dos servidores do Hospital do Juruá.

O Sindicato dos Enfermeiros do Acre convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para esta sexta-feira, 17, às 18 horas com indicativo de greve para a próxima quarta-feira, 22.

O presidente do Sindicato, Jenson Medeiros diz que também deverá entrar com ação na justiça do trabalho “já que pela CLT a Anssau deveria ter pego os salários até o quinto dia útil do mês”.

O governo do Estado já estabeleceu três datas para a quitação do pagamento: a porta-voz Mirla Miranda disse que o orçamento do Estado será aberto dia 30 de janeiro, quando haverá o repasse para a Anssau. Em Cruzeiro do Sul o governador Gladson Cameli deu entrevistas anunciado o pagamento para o último dia 15, o que não ocorreu. Já a diretoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o Orçamento será aberto dia 20. A partir desta data será efetuado o pagamento dos servidores da unidade hospitalar do Juruá.

O representante dos médicos, Theobaldo Dantas, afirmou que esse atraso de repasse de dezembro e a retenção de parte do repasse de novembro para a Anssau acarretam prejuízos ao atendimento ao público no Hospital, mas por enquanto descartou uma paralisação da categoria. “Aqui não há politicagem. Nossa política é a saúde e nossa missão como médicos é prestar o melhor atendimento aqueles que buscam os serviços de saúde no Hospital do Juruá. Na gestão anterior suspendemos o serviços várias vezes mas no momento atual entendemos desnecessário tal medida porque são momentos distintos e há uma epidemia de dengue na cidade. Seria desumano com a população de Cruzeiro do Sul uma greve agora. Por outro lado há empenho real da gestão atual em equacionar o problema dos repasses para a gestora do hospital do Juruá”, cita o médico.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas