Conecte-se agora

Bombeiros enfrentam dificuldades em resgate de idosa vítima de acidente

Publicado

em

Guarnições do Corpo de Bombeiros no Acre atendem um grande número de pessoas vítimas de acidentes domésticos, em sua maioria, idosos. Os perigos são muitos. Recentemente, militares do município de Sena Madureira foram acionados para a zona rural da cidade onde uma senhora de 76 anos caiu e ficou gravemente ferida.

O caso aconteceu na última terça-feira, 5, no quilômetro 26 do Ramal dos Nogueiras. Dona Alda Nogueira sofreu uma queda e ficou com múltiplas fraturas pelo corpo, incluindo no fêmur.

Segundo o Major Cláudio Falcão, da assessoria do órgão no estado, o local é difícil acesso, mesmo assim a guarnição foi até lá e prestou atendimento pré-hospitalar. “A idosa foi resgatada e encaminhada para atendimento médico em hospital. Esse tipo de atendimento às vítimas em locais de difícil acesso é comum para o Corpo de Bombeiros”, afirma o Major.

Os Bombeiros alertam para os casos possíveis de acidentes domésticos com pessoas idosas, especialmente quedas. “Temos uma população grande de idosos e aumenta a cada ano. A frequência de quedas é um dos fatores que aumenta de acordo com a idade. A cada ano, aproximadamente 28% a 35% das pessoas com mais de 65 anos sofrem quedas”, explica Falcão.

Ainda de acordo com a instituição, esse número aumenta para até 42% em idosos acima de 70 anos. “Em média, 70% dos que já sofreram queda possuem risco mais elevado de cair no ano subsequente, segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria (SBG) e dados estatísticos populacionais. E 40% das mortes na terceira idade têm relação com as quedas”, ressalta Cláudio Falcão.

Veja o vídeo:

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas