fbpx
Conecte-se agora

Procurador de Câmara Municipal pode ser preso a qualquer momento

Publicado

em

O mandado de prisão contra o Procurador Jurídico da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, Jairo Teles Castro, foi expedido pela justiça paulista no dia 2 de outubro e ele poderá ser preso a qualquer momento.

A pena foi de 3 anos e 7 meses e o mandado de prisão será cumprido pela Polícia Civil de Cruzeiro do Sul. Como a prisão será em regime semiaberto, ele usará tornozeleira eletrônica.

O crime de Apropriação Indébita aconteceu em 2009, quando Jairo, era Presidente do Grêmio estudantil de uma faculdade de Marília em São Paulo e teria se apropriado de R$ 130 mil, que seriam utilizados na formatura de uma turma.

Durante dois anos ele teria se apropriado do recurso do Grêmio totalizando R$ 130 mil.  Também teria falsificado documentos, para esconder o crime.

Jairo Castro é cruzeirense, se formou em São Paulo e voltou para a cidade, onde é Procurador Jurídico da Câmara Municipal. É também Conselheiro Estadual da Ordem dos advogados do Brasil- OAB/AC.

Em Cruzeiro do Sul, Jairo também atua como advogado. Há informações de que o proprietário do imóvel onde funciona o escritório, teria pedido a sala de volta, por falta de pagamento.

O crime de Jairo Castro foi de grande repercussão em Marília (SP). Veja uma reportagem à respeito do caso.

Veja o mandado de prisão AQUI! 

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas