Conecte-se agora

“Se votar o Acre vai parar”, gritam servidores estaduais na Aleac

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Os servidores estaduais lotaram, nesta quarta-feira (06), o saguão da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) em protesto contra a Reforma da Previdência enviada pelo o governador Gladson Cameli (Progressistas).

Servidores estão fazendo coro: “se votar o Acre vai parar!”.

Em tom de indignação, outros mandam recado aos parlamentares. “Deputados não tem estabilidade”.

O líder do Governo, Gerlen Diniz (Progressistas) pediu calma aos servidores e diz que só irão discutir quando todos se acalmarem.

Propaganda

Acre

Vidente prevê “tempos sombrios” para o Acre em 2020

Publicado

em

Vidente diz que teve visões “sombrias” para o Acre em 2020

O vidente Valter Silva Ferreira, conhecido na internet como “Valter Arauto”, voltou a ter visões nada agradáveis sobre o Estado do Acre para 2020.

Nesta sexta-feira, 23, Arauto disse ainda que teve uma “visão” sobre uma suposta divisão dos rios “desde a Serra do Divisor.

Em seguida, ele anuncia que, no mês de Fevereiro de 2020, o Acre viverá dias “sombrios” com “fluídos, enchentes e alagação”.

A previsão não representa nenhuma “novidade” para os acreanos, uma vez que é esperado nesse período, ano a ano, enchentes e, claro, que causa prejuízos e muitos transtornos para a população mais pobres até a classe empresarial de diversas cidades acreanas.

Continuar lendo

Acre

Gladson se diz “indignado” com morte de mecânico ligado ao PSOL

Publicado

em

O governador Gladson Cameli emitiu uma nota repudiando a morte brutal do presidente do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), de Xapuri, algo que, segundo ele, constitui atentado ao Estado de Direito. O governador afirma que o aparato da segurança pública estadual está envolvido em esclarecer o crime e punir responsáveis.

Veja a nota:

NOTA DE REPÚDIO

É com tristeza que recebemos a notícia do assassinato do presidente do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) em Xapuri, Josemar da Silva Conde, ocorrido na tarde de quarta-feira (20), na Reserva Extrativista Chico Mendes.

Indignado, repudio o brutal assassinato, pois todo crime covarde contra dirigente partidário constitui atentado ao Estado de direito e à democracia brasileira.

O Governo do Estado do Acre, por intermédio da Secretaria de Segurança Pública, está empenhado em investigar o crime com rigor para que prevaleça o império da lei e haja a punição do ou dos responsáveis por este ato de barbárie.

Rio Branco (AC), 22 de novembro de 2019

Gladson de Lima Cameli

Governador do Estado do Acre

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.