Conecte-se agora

Prefeitura de Cruzeiro do Sul investe no fomento da cadeia produtiva do café

Publicado

em

O cultivo do café faz parte da política de sustentabilidade da prefeitura de Cruzeiro do Sul, que tem investido no fomento da cadeia e ofertado apoio aos agricultores. A cafeicultura é uma das estratégias da gestão de incremento econômico na renda dos produtores.

Os primeiros plantios do café estão sendo cultivados no Ramal 12. A Prefeitura já contemplou 19 famílias com 12 hectares de café plantado. As mudas são doadas aos produtores.

Jairo Meireles veio de Rondônia em busca de uma melhor condição de vida para a família. Encontrou na zona rural de Cruzeiro do Sul uma oportunidade para cultivar o grão. Entusiasta da cadeia, o agricultor tem motivado os demais produtores a cultivarem café, uma vez que, o preço do produto no mercado local varia entre R$ 370 a R$ 400 reais a saca.

“Vejo no café uma grande oportunidade de melhorar a vida. O grão consumido na nossa cidade vem todo de fora, além disse, é um produto de fácil cultivo com maior valor de mercado que a farinha de mandioca”, destacou Jairo.

Outra vantagem, segundo o agricultor, é que o plantio do café evita o desmatamento. “Café é uma cultura fixa e as áreas desmatadas podem ser reaproveitas. O tempo de vida da lavoura é de até 20 anos”, observou.

As 19 famílias beneficiadas pelo Programa de Incentivo à Cadeia Produtiva do Café farão a primeira colheita a partir de maio de 2020. Com um plantio modesto de mil pés de café, José Firmino está otimista.

“Na roça só dá mesmo para comprar a comida e nada mais. É muito trabalho e pouco dinheiro, estou apostando no café para ter uma vida melhor aqui no campo”, explica Firmino.

Segundo o secretário de Agricultura, Genilson Maia, a proposta da gestão é diversificar a produção e oferecer novas alternativas de renda ao produtor rural. “Sabemos que a farinha é o carro chefe. Mas, é preciso ofertar ao produtor novas alternativas e o café é uma delas. Somente no Ramal 12, esperamos colher já no próximo ano aproximadamente 480 sacas de café. Isso representa mais renda para 19 famílias”, salientou o secretário.

O apoio da prefeitura é feito por meio do Programa de Intensificação de Cadeias Produtivas Prioritárias (Procap), que fornece de forma gratuita aos produtores mudas de café, guaraná, pimenta do reino e açaí – culturas de alto potencial e valor econômico. Além de fornecer as mudas, a gestão oferece assistência técnica e cursos de capacitação às famílias que já estão trabalhando no cultivo do café.

Propaganda

Cidades

Movimento Vacina Brasil imuniza moradores de Brasiléia e Epitaciolândia

Publicado

em

O Ministério da Saúde prevê concluir no dia 30 de novembro a segunda fase do Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras. A ação, que conta com a vacinação para sarampo e febre amarela, está sendo realizada em oito municípios brasileiros que fazem fronteira com Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Colômbia. No total, 16 municípios terão suas ações de vacinação intensificadas.

No Acre, os município de Epitaciolândia e Brasiléia, que fazem fronteira com Cobija, capital do departamento boliviano de Pando, recebe o Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras, do Ministério da Saúde.

O objetivo é ampliar a cobertura vacinal para essas doenças devido à reemergência do sarampo nas Américas e potenciais surtos de febre amarela em regiões do Brasil. A ação envolve países do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) e países associados ao Mercosul (Bolívia e Colômbia).

O Movimento Vacina Brasil nas Fronteiras começou na última segunda-feira, dia 18 de novembro.

Continuar lendo

Cidades

Emissão de carteira e trabalho no município de Cruzeiro do Sul é suspensa

Publicado

em

Mudanças no endereço da Delegacia do Trabalho do município de Cruzeiro do Sul fizeram com que os serviços de emissão do documento sofressem algumas interrupções. A primeira delas foi a suspensão temporária do serviço, que só deve voltar a normalidade a partir da próxima semana.

Hoje, os serviços estão sendo disponibilizados apenas de forma parcial. A expedição de carteiras de trabalho estão suspensas temporariamente, são oferecidas apenas de forma digital, por meio do site https://gov.br/trabalho. No local está sendo realizada apenas a entrada no processo de seguro desemprego.

A delegacia do trabalho está funcionando atualmente no Centro da cidade, no prédio onde funciona o Idaf. Segundo informações de servidores ao site local Juruá Online, a previsão de normalização de todos os serviços é para a próxima semana.

Com informações do Juruá OnLine

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.