Conecte-se agora

Obras da BR-364 serão encerradas dia 15 de dezembro, diz DNIT

Publicado

em

Sem recursos da bancada federal, trabalho do próximo ano será só de tapa buracos

O trabalho de restauração de 62 km de pontos da BR 364 entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul foi concluído. As empresas atuam agora na manutenção da estrada, serviço que deverá ser concluído até o dia 15 de dezembro.

O superintendente do DNIT no Acre, Carlos Moraes, cita que os trechos que estavam abertos foram pavimentados e agora é concluída a etapa de tapa buracos, limpeza e roçagem.

Moraes acredita que mesmo no período de chuvas mais intensas , não haverá atoleiros na estrada e o trafego de veículos será normal.

“Acho que nunca na história dessa rodovia ela esteve tão boa. Obviamente em razão da ainda existente fragilidade estrutural haverá uma degradação natural no inverno, mas nada comparado com anos anteriores”, afirma o superintendente.

Mas a partir do próximo ano, a qualidade do serviço na BR-364 até Cruzeiro do Sul, não deverá ter a mesma qualidade. A bancada federal acreana, não destinou recursos para a rodovia e o DNIT vai contar apenas com seu próprio orçamento.

O novo contrato, com validade de 5 anos, só incluirá trabalhos de manutenção, o tapa buracos, no valor total de R$ 150 milhões.

No ano passado , a bancada havia garantido R$ 90 milhões e este ano, mais R$ 50 milhões.

De acordo com o superintendente, o DNIT já vai iniciar este ano, todo o trâmite para as obras de 2020, que vão começar em maio.

“Ate o final de novembro vamos lançar edital com novos contratos de manutenção de Sena até o Rio Liberdade, divido em quatro lotes. Devemos contratar em meados de fevereiro ou março. O serviço será retomado em março e intensificados a partir de maio quando inicia o período seco”, conclui o superintendente do DNIT, Carlos Moraes.

Propaganda

Na rede

IBB e Prefeitura de Cruzeiro do Sul promovem ação social

Publicado

em

Os cidadãos cruzeirenses contaram na manhã deste sábado, 7, com uma super ação social que envolveu a parceria entre a Igreja Batista do Bosque, Prefeitura de Cruzeiro do Sul, entre outros órgãos.

Durante toda a manhã foram ofertados serviços jurídicos, médicos, psicológicos, nutricionais, odontológicos, teste rápidos, vacinas, palestras de saúde bucal para crianças. Além disso também foram realizados cortes de cabelo e entrega de donativos.

Segundo o pastor Carlos Mariano, presidente da Igreja Batista do Bosque, o momento é de união. “Quando você olha para a Bíblia Sagrada, você vê Jesus atuando para os mais necessitados e a igreja se espelha nesse exemplo. Juntos atendemos mais de 200 pessoas com os mais diferentes serviços”, endossou.

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul tem concretizado parceria com mais diversas instituições religiosas e socais.

“Que momento especial para a nossa cidade. Eu não tenho dúvidas de que as igrejas cumprem um papel fundamental para as famílias e toda a sociedade. Essa ação é resultado de várias instituições parceiras, que juntas beneficiaram em média 800 pessoa”, endossou o prefeito Ilderlei Cordeiro.

Satisfação social

A iniciativa foi aprovada pela comunidade. A cruzeirense Sara Andrade aproveitou a ação para consultar a filha. “Trouxe minha filha para consultar e aproveitei para também fazer exames. Gostei muito dessa iniciativa, pois fomos muito bem atendidas”, contou.

Continuar lendo

Destaque 4

ALERTA: em Cruzeiro do Sul, três mortes podem ter sido causadas pela dengue hemorrágica

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 6, não houve expediente no Núcleo Estadual de Educação de Cruzeiro do Sul. Os 18 funcionários do órgão estão com dengue.

A situação é preocupante em quase toda a cidade em vários bairros, como na Várzea, o estado é de alerta . Na Várzea morava a primeira vítima fatal da dengue confirmada deste ano, Neiva Nascimento de 42 anos. Das outras duas mortes investigadas pela saúde estadual, uma também morava na Várzea, Maria Tereza de 75 anos. As três pessoas teriam sido infectadas com a dengue do tipo D, também chamada hemorrágica.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica de Cruzeiro do Sul, são 3.807 casos notificados este ano, sendo 1.241 confirmados. 20 pacientes são considerados graves, foram diagnosticados com dengue tipo C.

O coordenador da Vigilância Epidemiológica Municipal, Nicolau Abdala, diz que a prefeitura, por meio da secretarias Municipais de Saúde e Meio Ambiente atua em várias frentes no combate à dengue.

O trabalho de busca e eliminação de larvas do Aedes e conscientização dos moradores em cuidados com os quintais, que começou com os Agentes de Endemias, foi ampliado com os Agentes Comunitários de Saúde e homens do Exército, num total de 238 pessoas.

Há também a aplicação do novo larvicida adquirido pela prefeitura, que mata as larvas . São comprimidos de Natular DT, à base de Espinosade, que tratam a água potável, matam o aedes entre 2 a 5 minutos após a aplicação e mantém o efeito por até 60 dias após o uso em tanques, tambores e caixas d’água. Cada comprimido de 1,35 gramas trata até 200 litros de água. O larvicida não é fornecido pelo Ministério da Saúde, sendo que o investimento da prefeitura de Cruzeiro do Sul, com a compra do produto, foi de R$ 17 mil.

O objetivo da secretaria de Saúde é alcançar todos os domicílios dos 27 bairros de Cruzeiro do Sul com o novo tratamento.

A prefeitura segue também com a retirada de entulhos dos bairros de Cruzeiro do Sul. Até agora, foram mais de 3 mi toneladas entulho, que serviam como criadouros do mosquito

Nicolau Abdala, ressalta que a população também deve continuar eliminando os possíveis criadouros do mosquito e alerta para que as pessoas, com suspeita de dengue procurem as unidades de saúde. “Estando com sintomas não se automedique e procure atendimento médico”, conclui.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.