Conecte-se agora

Facções comandam 12 mil no Acre

Publicado

em

O acreano já se acostumou com notícias trágicas envolvendo, principalmente, jovens da capital e interior. O assunto facção, assusta e escancara de vez uma realidade difícil de ser controlada. Os números trazem à tona momentos de dor, tristeza e sentimento de insegurança que já é parte do dia a dia.

Seria até injustiça creditar à pobreza e a falta de oportunidade, essa onda de incertezas que nos ameaça a todo momento.

O grito de socorro vem de todos os lados e por mais que em algum momento o chamado sentimento de calma prevaleça, é apenas de relance, sem força para nos estimular a ir para um passeio tranquilo no centro ou em qualquer outro bairro.

Compreendendo esse difícil convívio, o ac24horas foi até o bairro São Francisco, numa Igreja simples, erguida no fundo de um quintal, onde também abriga seu pastor, Arnaldo Barros, sua família, e outros seis agregados, ex-faccionados que hoje ajudam a manter a obra.

O videomaker Kennedy Santos, conversou também com o cabeça de umas das maiores facções de nossa cidade, esteve frente a frente com um dos homens mais temidos do crime.

No Ministério Público, ouviu o Dr. Bernardo Fiterman Albano, do GAECO, Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado. Os dados são positivos, no que diz respeito ao número de mortes violentas, mas também evidencia necessidades de investimento e pessoal. De 2016 até agora já encaminhamos para o presídio mais de 1600 pessoas. Elas foram condenadas em tempo que varia de 9 a 12 anos de reclusão. É o que determina a lei, disse o promotor. Assista ao vídeo!

video

Propaganda

Kennedy Santos

Videomaker mostra o encontro com Deus de faccionados

Publicado

em

O vídeomaker do ac24horas, Kennedy Santos, acompanhou o primeiro Encontro com Deus realizado dentro de uma penitenciária do Acre.

Durantes três dias, 8, 9 e 10 de janeiro, O Pavilhão L da Penitenciária Francisco de Oliveira Conde foi o local onde cerca de 240 presos, entre eles assassinos, traficantes e assaltantes manifestaram o desejo de trilhar uma vida longe do crime por meio da conversão religiosa.

A preparação para o encontro teve orientação para que os presos não fizessem nenhum uso de entorpecente antes do cultos e também o compromisso de que não haveria qualquer tipo de ameaça aos religiosos ou qualquer retaliação.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim que os pastores foram chegando no presídio, antes mesmo do início da programação, eram chamados pelos presos para gravar vídeos. Esse tipo de manifestação é a única maneira de abandonar as facções e receber o perdão dos líderes das organizações criminosas. Ao todo, nos três dias de encontro, 240 homens de todos os pavilhões foram desligados de facções.

Os cultos foram realizados pela manhã, tarde e noite no pátio, mesmo espaço onde todos dias eles tomam o banho de sol por horas.

A estrutura de som, iluminação e uma tenda foram montados sob acompanhamento da Polícia Penal.

O momento mais emocionante foi o anúncio surpresa da visita de familiares. Algumas famílias estavam afastadas há mais de 10 anos

Assista:

video

Continuar lendo

Destaque 5

Videomaker do ac24horas mostra a parada gay no Acre

Publicado

em

video

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas