Conecte-se agora

Rio Branco está longe de ser uma cidade tranquila

Publicado

em

Houve de fato uma queda no número de mortos por execuções. Incontestável. Mas, mesmo assim nada que se possa dizer que chegou a um número de razoabilidade. A violência persiste. Em que pese a ação ostensiva do secretário de Segurança, Coronel Paulo César (foto) – o qual não pode ser acusado de omisso – não há um sentimento de paz na população. A população continua com medo. E com razão este temor. Ainda nos últimos dias bandidos fizeram um arrastão numa escola botando professores e alunos para correr, para não perder o costume, um novo assalto a ônibus; o que já é trivial, enfim, sair de moto virou uma loteria, com a grande probabilidade de ser atacado por ladrões; invasões de casas, e os roubos de celulares, são corriqueiros. Uma realidade da qual o governo não pode fugir, porque prometeu devolver aos cidadãos a tranqüilidade que estes não tinham quando o sistema de segurança estava nas mãos do PT. Se foram reduzidas as estatísticas dos homicídios, subiram os números de crimes contra o patrimônio. Traduzindo em miúdo: vamos caminhando para o primeiro ano de governo com avanços em áreas da segurança, mas muito longe do que foi prometido na campanha eleitoral.

NÃO PODEMOS SE MIRAR NO PIOR
No governo passado a violência disparou. Não podemos comemorar se neste governo o combate à criminalidade teve avanços pequenos, porque não podemos pegar o pior como exemplo. O que se espera é chegar a um teto de dizer que há um sentimento de segurança.

UMA CORREÇÃO
A crítica ao PT por querer ser cabeça do campo da esquerda na chapa para a prefeitura de Feijó é do PCdoB e não do MDB, como foi noticiado. É que o PCdoB tem o melhor nome para a disputa daquela prefeitura que o PT, o vereador Tarcísio Araújo (PCdoB), provado nas urnas.

MAL PARA A IMAGEM
Está ficando mal para a ALEAC ter sessões normais, em que acontecem os debates, só ás terças e quartas, ou seja: dois dias de trabalho. As quintas são destinadas a fazer proselitismo com as sessões solenes, e encher o ego de categorias, às quais poucos parlamentares comparecem.

NÃO ENTRA NA BASE
O deputado Roberto Duarte (MDB) é coerente ao não aceitar o convite para fazer parte da base de apoio ao governo na Assembléia, porque quebraria todo o seu discurso de ter uma posição de independência parlamentar. Sem falar nas insinuações que sofreria de que choveu no seu roçado.

A BAJULAÇÃO NÃO AJUDA
Não faz sentido um parlamento que fique a dizer amém e sim senhor a todos os atos do governo, tem que ter críticas, tem que ter debates, o crítico ajuda muito mais a um governante que o bajulador. É na crítica que quem governa pode fazer as devidas correções de rumos.

NÃO FALO DE ATAQUES MORAIS
Defendo as críticas aos atos do poder e não os ataques morais a quem governa. Isso, repudio!

APENAS ALGUMAS TRAPALHADAS
O governador Gladson Cameli cometeu algumas trapalhadas políticas, mas nada que possa ser apontado como algo que maculou a sua imagem. Pagou todos os calotes do governo passado nos servidores. Não se conhece nestes dez meses de governo uma leve suspeita de corrupção.

QUEBRA DO DISCURSO CENTRAL
Nota-se nos debates na ALEAC a dificuldades dos deputados da oposição, notadamente, do PT e PCdoB, de ter um discurso que possa atingir no âmago o governo do Gladson. A oposição jogou todas as fichas na campanha de que com três meses atrasaria os salários. E se frustrou.

ESPERANÇA NO JUDICIÁRIO
A oposição agora joga as suas fichas no Judiciário, na Ação Direta de Inconstitucionalidade, que o PT e o PC do B – com apoio do deputado Roberto Duarte (MDB) – vão entrar pedindo Liminar com a anulação da votação que aprovou os vetos governo à LDO, e que já tinham sido derrubados na ALEAC.

REGIMENTO INTERNO
O argumento da oposição na ADIN que vai impetrar na justiça é que a matéria não poderia pelo Regimento Interno voltar à pauta este ano. Só poderia retornar no próximo período legislativo. É uma matéria polêmica e que suscita várias interpretações que se chocam.

OPOSIÇÃO REDUZIDA
Vai se chegar ao fim do ano com a oposição restrita na ALEAC aos deputados Daniel Zen (PT), Jonas Lima (PT), Edvaldo Magalhães (PCdoB), Jenilson Lopes (PSB) e Roberto Duarte (MDB). Número que não impede a aprovação de nenhuma matéria que venha do Executivo.

QUE DISCURSO IDIOTA!
O discurso mais idiota que ouvi até aqui feito por lideranças petistas foi o de que, “temos que nos reunir para salvar o Acre”, no que é uma incoerência. Se o Acre está à beira do caos como argumentam, foi porque alguém deixou. E quem foi que governou o Acre nos últimos 20 anos?

AGORA É TARDE
É hilário também o discurso de que, figuras respeitáveis como o ex-prefeito Raimundo Angelim não são aproveitadas. Deviam ter tido a preocupação com o Angelim, que é um cidadão de bem, na eleição passada, quando alguns companheiros de partido fizeram uma campanha cerrada para lhe tirar os votos, sob argumento de ser ultrapassado, vedando seus caminhos.

SÓ NÃO DESISTIU POR TER FIBRA
O Angelim, que disputava a reeleição para deputado federal ouviu diversas vezes de lideranças que tinham lhe acompanhado de que não poderiam votar nele por a orientação da tendência dominante do PT ser de votar em outro candidato a Federal. Só não desistiu por ser de fibra.

O TOMATE DA SALADA
Estou doido para comer o arroz com feijão, o tomate da salada, a preços baixos, produzidos no Acre, resultado da política agrícola traçada pelo diretor da Emater-Acre, Tião Bocalom. Até aqui, só o cheiro verde e a chicória do peixe. Não vale o leite da vaca mecânica, viu Bocalon!

NÃO PODEM SER PENALIZADOS
Os prefeitos não podem ser penalizados com a diminuição dos repasses constitucionais da parcela do ICMS, se for aprovado o projeto do governo nos moldes que se encontra na ALEAC. As modificações deveriam ser empurradas para 2021, com os eleitos já sabendo das regras.

NÃO É PESSIMISMO, É REALIDADE
Torço para que o governador Gladson Cameli consiga de fato viabilizar que os chineses invistam 1 bilhão de reais em projetos no Acre. Quando fico arredio a este tipo de promessa é porque passei os últimos 20 anos ouvindo que a China iria investir pesado no Acre. E nada!

COELHO DA CARTOLA
Até aqui se desconhece com que nome a oposição à prefeita Fernanda Hassem (PT) vai para a campanha do próximo ano, disputar a prefeitura de Brasiléia. Os nomes que foram ventilados até o momento são caras surradas de eleições passadas. O coelho ainda não saiu da cartola.

FORA DA CAMPANHA
O BLOG tem informações de que a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, não deverá tentar a reeleição. Está raciocinando dentro de uma realidade política que lhe é negativa no município.

FORA DA COMPOSIÇÃO
A vereadora Janaína Furtado (PROGRESSISTAS) não deve formar na coligação que se prenuncia em Tarauacá, formada pelo PDT-PCdoB-PSB-PT, para a disputa da prefeitura, a tendência é que costure outras alianças com os partidos do campo político do governador Gladson Cameli.

TODO MUNDO NO SACO
Correndo no campo alternativo, quem garante que vai atropelar quem vier pela frente é o Chiquinho R7, que promete ser a alternância e uma força nova na campanha pela prefeitura de Tarauacá. Diz que chegou a hora de acabar a velha oligarquia que domina o poder municipal.

TOSTÃO CONTRA O MILHÃO
Chiquinho R7 diz que vai fazer a campanha do tostão contra o milhão e que ele é o povo.

COLOCARÁ NO COLO?
Conversei sobre o assunto com vários petistas do andar de cima do partido e todos com a idéia de que, numa eventual aliança com a prefeita Socorro Neri na eleição do próximo ano, o PT não vai abrir mão de indicar um nome para ser o vice. A dúvida: colocará o desgaste no colo?

É MUITA DROGA!
A polícia fez apreensão em Cruzeiro do Sul de 300 quilos de maconha e cocaína. É para elogiar.

HORA DA VERDADE
Uma coisa foi disputar eleição com secretarias como cabos-eleitorais, fartas doações de empresários, recursos por baixo do pano, a outra é disputar a eleição na oposição, sem um pau para dar no gato. É essa realidade que os candidatos a vereadores pelo PT viverão em 2020.

BOM MANDATO
Deixando de lado partidos políticos, de lado a ideologia, a prefeita Socorro Neri tem sim feito até aqui um bom mandato. Não tem uma varinha de condão para resolver todos os problemas da capital os quais herdou, e é falso por politicagem atacar sua gestão como ineficiente.

UMA LANÇA QUEBRADA
Uma lança que quebrou – é preciso coragem para enfrentar o rancor político – foi a prefeita Socorro Neri não ter transformado a prefeitura num curral eleitoral, pelo contrário, reduziu drasticamente os cargos de confiança numa reforma que deixou enxuta a PMRB.

FRASE DO DIA
“Leis escritas são como teias de aranha: pegarão os fracos e os pobres, mas serão despedaçadas pelos ricos e poderosos”. Anacársis, filósofo.

 

Propaganda

Blog do Crica

Uma luta com carimbo pessoal

Publicado

em

Depois de uma longa luta travada nos ministérios, junto a colegas do parlamento, enfim, a Lei do Revalida será votada na próxima terça-feira na Câmara Federal. Ninguém mais que o deputado federal Alan Rick (DEM) tem este mérito de ter brigado de forma exaustiva para que os brasileiros formados em Medicina no exterior, notadamente, no caso dos acreanos na Bolívia, possam ter acessibilidade ao mercado de trabalho, através de meios legais, com direito ao Revalida, provas para aferir a capacidade dos formados, a serem realizadas duas vezes por ano dentro de regras mais claras e em mais universidades. Nesta reta final, disse ontem Alan ao BLOG DO CRICA de que, está trabalhando para que o Projeto de Lei  ser votado seja o de sua autoria, que está apensado ao mais antigo, conquista que ao seu ver seria histórica para esses médicos. A sua PL descentraliza as provas e as coloca em mais universidades, dando maiores chances aos médicos dentro deste contexto, para entrar no mercado de trabalho com o registro no CRM- Conselho Federal de Medicina.

ATÉ NO AFEGANISTÃO

Debate tolo na rede social sobre se o governador deve ou não ir à Lima assistir ao jogo do Flamengo, neste sábado. Se for com seu dinheiro, pode ir até passear no Afeganistão.

BRIGA BESTA

Outra briga besta a de que o Flamengo representa o país no jogo contra o River da Argentina. O Flamengo representa apenas os flamenguistas e ponto. Sem esse falso ufanismo patriótico.

VOU TORCER A FAVOR

Eu, inclusive, sou Fluminense e vou torcer a favor do Flamengo, para que conquiste o vice-campeonato da Libertadores. De antemão dou os parabéns pela vice aos amigos do Flamengo.

CÃO SARNENTO

Amigo que é figura influente no PT me disse ontem, numa rápida conversa, de que cresceu no partido a corrente que quer candidato próprio a prefeito de Rio Branco em 2020. E que o partido não aceitaria nunca a tese do “cão sarnento”, de apoiar a reeleição da prefeita Socorro Neri sem visibilidade no seu palanque e sem uma maior participação do partido na PMRB.

DECISÃO DA QUAL NÃO PODE FUGIR

O ano de2019 está praticamente fechado e a prefeita Socorro Neri vai ter que decidir, no início de 2020, se sairá para a reeleição dentro de outra arrumação política com o PSD do senador Sérgio Petecão; o que lhe daria um perfil próprio, ou se sairá com os desgastes do PT e PCdoB.

PARA ARRUMAR A CASA

E essa decisão da prefeita Socorro Neri tem de ser tomada em janeiro, pois, precisará saber com quem ficará na campanha, se tiver que enfrentar uma candidatura própria do PT.

FORA DO JOGO

Em Cruzeiro do Sul, o PT e o PCdoB estarão fora do jogo da eleição, no próximo ano, por um fato simples: nenhum tem nomes com densidade para a disputa da prefeitura do município. E terão que optar entre os candidatos do grupo do prefeito Ilderlei Cordeiro e do Vagner Sales.

NUNCA CONSEGUIRAM

O PT e o PCdoB nunca conseguiram ter um candidato viável próprio disputando a prefeitura de Cruzeiro do Sul. PT e PCdoB também nunca conseguiram fazer do município base eleitoral.

SIMPLES, MAS IMPORTANTE

Este projeto da deputada Meire Serafim (MDB), pode parecer simples, mas é da maior importância, para que nas unidades de saúde tenha um intérprete da língua de sinais – LIBRA – para acompanhar as gestantes com deficiência auditiva nas consultas do pré-natal e partos.

PROJETOS PARA O DEBATE

Outros projetos da deputada Meire Serafim (MDB) para o debate foram o que obriga a ter fraldários nas universidades, restaurantes e congêneres, uso de protetor nos estetoscópios e um dia de folga para os homens acima de 45 anos, que fizerem exames de próstata.

 SEM PELEGUISMO

No governo passado a professora Rosana Nascimento fez um movimento longo por melhorias salariais dos professores. Mesmo tendo sido candidata no campo do atual governador, não recuou no combate ao projeto da Previdência, na defesa dos trabalhadores. Ninguém poderá lhe acusar de ser pelega nesta eleição para a presidência da CUT. Mérito a ser reconhecido.

BRIGA PELO ESPAÇO

A eleição da CUT é mais uma briga travada do PT e PCdoB, para reconquistar o espaço sindical. Quando estes partidos estavam no comando, a CUT era um puxadinho dos governos do PT.

ISSO PODE, ARNALDO?

Nunca ninguém no governo fez melhor no quesito condições de trabalho aos policiais que a atual gestão. Positivo os 120 novos carros comprados para a Segurança. Mas, esqueceram o principal nestas viaturas: dotar um espaço para levar os presos. Isso pode, Arnaldo?

PARA TER PENSADO ANTES

Este importante detalhe do espaço reservados para levar os presos, deveria ter sido pensado pelos que comandam a Segurança, no Acre, quando da compra destas viaturas. Agora, terão de improvisar, o que demandará tempo e retardará a presença destes veículos nas ruas.

PRIMEIRO TESTES

Os PMs aprovados no último concurso e no período de estágio já estarão atuando na Operação Papai Noel, que será posta em prática pela Polícia Militar para combater os crimes contra o patrimônio, muito comuns nesta época do ano.

PERGUNTA QUE NÃO CALA

E a metade do efetivo da PM vai continuar à disposição de autoridades e de políticos? Isso pode, Arnaldo? Lembro sempre que foi promessa de campanha mudar esta realidade. 

ESQUECERAM DE MIM

O governo precisa pensar em 2020 naquilo que seria a grande conquista da Polícia Militar, no caso a equiparação salarial com a Polícia Civil, que os políticos bem votados na corporação e em mandatos, esqueceram de colocar nas suas pautas de reivindicações. Isso pode, Arnaldo?

FRASE EMBLEMÁTICA

Uma frase política, que ficou emblemática: “Eu achava que a política era a segunda profissão mais antiga. Hoje vejo que ela se parece muito com a primeira (prostituição).” É de autoria do ex-presidente dos EUA, Ronald Reagan. Em alguns casos, não deixa de ter muito a ver.

CONVERSA NO VOTO

O governo decidiu que o que era para ter sido conversado sobre a reforma da Previdência estadual com os sindicatos fechou o ciclo, e a conversa é agora no voto, dia 26, na ALEAC.

FUGIU DO CONTROLE

Cresceram muitos nas últimas semanas os casos de roubos e furtos, principalmente, de camionetes, sem falar nos assaltos a ônibus, e paradas de ônibus. Fugiu do controle.

TUDO MUITO SIMPLES

Estas propostas de adiar a votação da PEC da Previdência estadual, marcada para o dia 26, é  para atender o ego da politicagem da oposição. Tem de colocar em votação, quem for contra vota contra; e quem for a favor, vota a favor. E assim a posição de cada um ficará marcada.

MOSTRA DE HABILIDADE

Essa conquista de recursos na ordem de R$ 400 milhões que não estavam na contabilidade da Secretaria de Fazenda para este fim de ano, foi resultado da habilidade do governo e do apoio da bancada federal do Acre. E acaba com a novela do decreta ou não calamidade financeira.

INIMIGO DOS PREFEITOS

Está a caminho o principal inimigo dos prefeitos acreanos, o inverno, que costuma levar reputações para baixo, e com ele vêm os buracos, o lamaçal e a inundações de casas.

CHEGAR FORTE NA MESA

O MDB se encontra no caminho político certo de ter candidato a prefeito em 16 municípios, porque desta forma o partido chegará fortalecido na mesa das discussões na eleição de 2022.

JOGO JOGADO

Caso o governador não dispute a reeleição, a candidatura do senador Sérgio Petecão (PSD) estará posta e muito popular ao governo em 2022, inclusive, entre os aliados que não se acham contemplados na atual gestão. Só não sairá se o governador for para reeleição.

ESPAÇOS AMPLIADOS

O senador Petecão (PSD) saiu da eleição como o mais votado para o Senado, tendo inclusive mais votos que o atual governador, e não parou o seu trabalho político em nenhum momento.

FRASE DO DIA

“A política é quase excitante como a guerra e não menos perigosa. Na guerra a pessoa só pode ser morta uma vez, mas na política diversas vezes”. Winston Churchil, estadista inglês. 

 

Continuar lendo

Blog do Crica

Os grandes desafios dos três mosqueteiros do rei

Publicado

em

As atenções da população no governo em 2020, estarão voltadas para três áreas que não responderam a contento o que delas era esperado. O novo secretário de Agricultura, Edivan Maciel, terá que mostrar se o projeto do agronegócio será para valer, uma nova realidade econômica no Estado, ou se ficará apenas na retórica da campanha eleitoral. O ano de 2019 foi um ano perdido neste setor, que não saiu do zero. Limitou-se a atacar a florestania, mas não se apresentou um modelo alternativo melhor. A outra área onde não aconteceu nenhum avanço na gestão foi a SESACRE, mesmo com o governador tendo inaugurado o novo Pronto-Socorro, que recebeu inconcluso, o mesmo ocorrendo com a UPA de Cruzeiro do Sul. As reclamações são as mesmas ouvidas e repetidas no governo anterior, que foi um caos: falta de médicos nas unidades de saúde, de medicamentos, TFD a desejar, e a longa fila para exames e cirurgias. Está nas mãos do dentista Alysson Bestene, pela segunda vez no cargo, mudar esta realidade. Na Segurança pode se considerar que aconteceram alguns avanços na gestão do secretário Paulo Cézar, mas nada que possa transmitir um clima de tranquilidade à população. Rio Branco continua a ser uma cidade violenta, onde as execuções e crimes contra o patrimônios são uma rotina. Nas mãos dos secretários Edivan Maciel; Paulo César e Alysson Bestene está a grande aposta para tirar o agronegócio do zero; diminuir a violência, notadamente, na capital; e tirar a Saúde da UTI, a colocando no patamar de um atendimento que possa ser considerado como digno ao povo. Uma missão para os três mosqueteiros do Rei. Se fracassarem o reinando afunda com eles. 2020, será o ano da virada ou do fracasso.

 MUITO DISTANTE DA MUDANÇA

Sequestro, arrastão em paradas de ônibus, execuções, corpo carbonizado, foi o cenário na capital nas últimas horas. A Segurança, no PT, foi um desastre. Não mudou o panorama.

NÃO MUDOU O QUADRO

Em que pese o esforço do secretário de Segurança, Coronel Paulo Cézar, alguns avanços, ainda assim continuamos uma cidade violenta, onde inexiste a sensação de segurança à população.

O PT FOI ENTERRADO

Não adianta se justificar que com o PT a Segurança era o caos. Isso todo mundo já sabe. Chegaram ser cômicos, como no episódio de distribuir apitos à população para combater o crime; mas o PT foi enterrado pelas urnas, quem tem de encontrar solução é o atual governo.

A TURMA DO PIRÃO

A cúpula do governo passado conseguiu acomodar os afilhados mais próximos da “turma do meu pirão,” no Tribunal de Justiça, Defensoria Pública e MP, o restante mandou às favas.

PERU DO NATAL

Os afilhados privilegiados do governo anterior estão com o peru de Natal garantido, assim como o bacalhau, e o pernil da virada do ano. Os demais que perderam cargos de confiança, estes terão que se contentar com um piranambu frito puxado a uma caninha 51. 

DA BANDA PODRE

Conheço ex-ocupantes de cargos de confiança do governo passado que estão passando a banda pobre. Alguns tiveram que vender seus carros e colocar os filhos na escola pública.

SEIS POR MEIA DÚZIA

Mas o TJ, MP e Defensoria não podem ser condenados por virar um depósito de petistas derrotados na última eleição, o depósito de petistas no atual governo é bem mais amplo.

LIBERADO

O ex-prefeito James Gomes ligou ontem para dizer que ele e a senadora Mailza Gomes resolveram liberar a saída do vereador Gilson da Funerária para o partido que bem entender. “No PROGRESSISTAS, só fica quem quiser ficar, nossas portas estão abertas”, completou.

EPISÓDIO DO MENSALINHO

O vereador Gilson da Funerária é aquele que gravou para a PF a proposta de mensalinho do prefeito André Maia a vereadores, que redundou na sua prisão. Gilson era aliado de André, e acabou sendo beneficiado pela delação assumindo a prefeitura até a soltura do titular.

ACORDA, JENILSON!

A FPA foi uma aliança fisiológica, só existiu por 20 anos, porque era sustentada por cargos, uma espécie de puxadinho do PT. Não se revive defunto, deputado Jenilson Lopes (PSB).

NÃO É NENHUM TAPADO

Pelo contrário, é inteligente! O ex-prefeito Angelim sabe ser ruim o momento do PT no Acre.

O BURACO É MAIS EMBAIXO

Não acredito que o experiente ex-prefeito Angelim sairá candidato, no quadro em que o seu partido foi varrido nas urnas, fora do poder, com alto desgaste, para ser um boi de piranha.

MELHOR NOME

Não está em discussão sua liderança inequívoca, mas o momento político do seu partido.

NOVO MECANISMO

Os senadores estão buscando um caminho que não fira a Cláusula Pétrea da Constituição de que alguém só é culpado após o transito em julgado, trabalham uma alternativa que garanta a prisão em segunda instância. Querem acabar com os recursos extraordinários e especiais, e que assim a condenação em segunda instância se configuraria como transito em julgado. Com o esgotamento dos recursos ordinários, as decisões em segunda instância transitariam em julgado. E poderia haver a prisão. Os recursos ao STF seriam apenas revisionais.

PASSOU NA CCJ

Mesmo com os protestos do Lula e dos senadores do PT, já passou na CCJ do Senado  

NADA DE ANORMAL

Nada de ilegal, nada de anormal, a viagem de uma comitiva de deputados para participar de uma reunião da UNALE – União das Assembleias Legislativas, em Salvador. E também nada ilegal receber as diárias estipuladas dentro da lei. Se fosse ilegal, seria o primeiro a denunciar.

PARADA INDIGESTA

É muito improvável que a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, venha a disputar a reeleição, sabe que a sua avaliação na população não é boa e tem muito pouco tempo para decolar.

NÃO PODE SER CAPITANIA HEREDITÁRIA

Espera-se que o eleitor de Tarauacá afaste na próxima eleição as velhas caras da prefeitura.

MEMÓRIA CURTA

Os políticos costumam ter memória curta. Dados do INPE mostram que o desmatamento no governo Bolsonaro cresceu 2,3 mil quilômetros quadrados. No governo Lula, entre 2003 e 2004, a área florestal derrubada foi de 2,4 mil quilômetros quadrados. É só conferirem!

AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Já falei no assunto em outras vezes, acho a Audiência de Custódia o Pronto Socorro dos bandidos. A polícia prende e ao ser ouvido, o bandido é liberado. Quem tem de acabar com isso, são os deputados federais e os senadores, o Juiz não faz a lei, apenas cumpre. Ponto!

BELA DE UMA COVARDIA

Que a Audiência de Custódia é uma covardia com os policiais; isso claro que é, e sem dúvida.

HOJE ACREDITO

Cheguei a postar que por uma série de razões não acreditava que o PT teria candidatura própria para a prefeitura da capital, mas os fatos evoluíram e pelo que tenho escutado o partido deverá ter, como diz El Brujo Carioca: candidato em qualquer circunstância.

É BOM IR AVALIANDO

Caso a prefeita Socorro Neri vá disputar a reeleição, trate logo de ir fazendo uma depuração política na equipe para saber quem ficará ou não com ela, no caso de buscar novo mandato.

DEVE FICAR NESTE PATAMAR

A disputa pela prefeitura de Sena Madureira vai acabar ficando entre o prefeito Mazinho Serafim (MDB) e a ex-prefeita Toinha Vieira (PSDB), esta vindo de uma série de derrotas seguidas.

PREPARANDO TERRENO

O deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS) faz movimentos claros ao mostrar a cara no enfrentamento com a oposição, para em 2022 sair a deputado federal com a benção do governador. Não creio nem um pouco que o seu projeto seja a prefeitura de Sena Madureira.

DIFICULDADE DE NOMES

Na última conversa rápida que tive por telefone com o secretário do MDB, Aldemir Lopes, deu para notar dois pontos: o MDB terá candidato próprio a prefeito de Brasiléia. Mas não tem ainda um nome que possa ser visto pelo eleitorado como algo novo na política municipal.

REGIÃO DEFINIDA

O PCdoB deve centrar a sua ação política em 2020 na disputa das prefeituras de Feijó e Tarauacá, tradicionais redutos. Na capital e em Cruzeiro do Sul o PCdoB será coadjuvante.

A FAVOR DA REFORMA

O deputado Roberto Duarte (MDB) diz que, com as mudanças que aconteceram no texto original da Reforma da Previdência, deverá ser a favor do projeto, quando for votado dia 26.

LEAL COM A CATEGORIA

Setores o governo andam bufando com a presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento, pela defesa dura contra a reforma da Previdência estadual. É seu papel ser leal com a categoria.

SERIA UMA DOIDICE

Doidice seria se a presidente Rosana Nascimento fosse contra a sua própria categoria.

FRASE DO DIA

“Você pode converter-se num arcanjo, num palhaço ou num criminoso……ninguém nota. Mas quando falta um botão na sua camisa todo mundo vê”. Erich Maria Remarque. 

 

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.