Conecte-se agora

PSD virá como protagonista em 2020 

Publicado

em

O PSD do senador Sérgio Petecão virá como protagonista na eleição para a prefeitura da capital no próximo ano. As novas filiações programadas vão encorpar ainda mais o partido em Rio Branco. A entrada do ex-deputado Ney Amorim soma muito no projeto, porque tem uma forte base eleitoral na capital, provado em todas as campanhas que disputou. Também está certa a filiação do deputado Neném Almeida e da presidente do SINTEAC, Rosana Nascimento. Isso somado com a força eleitoral demonstrada pelo senador Sérgio Petecão (PSD), o partido entra no jogo não como um mero participante na disputa da PMRB, mas com peso eleitoral

ELEIÇÃO 2020

Conversei ontem com um dos principais assessores do senador Sérgio Petecão (PSD) e me disse que, novas conversas deverão acontecer com a prefeita Socorro Neri para que dispute a reeleição pelo PSD, sob o argumento de que o PSB é um partido sem estrutura na capital

SOMENTE NESTA HIPÓTESE

O apoio à reeleição da prefeita Socorro Neri, segundo este assessor, estaria condicionado à sua entrada no PSD. Para ele, a aliança não acontecerá caso resolva continuar filiada no PSB.

MEA CULPA

Depois de uma fala arrogante no último congresso do PT, o ex-senador Jorge Viana, veio numa postagem mais pacífica e fazendo uma espécie de mea culpa. Pincei uma parte: “…fiz questão de ressaltar que, já há algum tempo, começamos (PT) a ficar parecidos com os que criticávamos, que não valorizamos e nem demos o devido respeito a nossas lideranças. Não éramos assim…” O JV deve estar se referindo aos dois últimos governos petistas. Ficou claro.

QUANTA VALENTIA!

Os 94 milhões para a aplicação na recuperação dos ramais iam ser perdidos. O Gladson teve que mover céus e terra para evitar e cumprir num prazo curto para montar os projetos. Os valentes deputados de hoje eram governistas e não deram um pio para protestar contra o fato do governo passado não ter tido a competência de montar projetos para liberar os recursos.

MESMO CAMINHO

O governador Gladson e o vice-governador Major Rocha estão viajando com a mesma gana dos governadores petistas, que eram criticados pelos deputados que na época faziam oposição ao PT. Hoje, esqueceram o que disseram, e consideram viagens e diárias normais.

MERA IMPRESSÃO

O deputado Daniel Zen (PT) pôs sob suspeição a destinação de uma verba considerável para a recuperação dos ramais de Porto Acre, o que supostamente beneficiaria a gestão do prefeito Bené Damasceno, que se filiou ao partido do governo. Sem sentido: Porto Acre é um grande pólo produtor e no aspecto político, não se justificaria: o colégio eleitoral é diminuto.

CONTRA A PULVERIZAÇÃO

Não vejo sentido na pulverização dos recursos para os ramais. E por um motivo claro: sou pela qualidade das obras públicas. A pulverização seria repetir o filme de governos passados que realizavam serviços com maior raio de alcance mais porcos. Não resistiam às primeiras chuvas.

VOZ DA EXPERIÊNCIA

O eterno decano da ALEAC, ex-deputado Chagas Romão, considera uma estratégia errada o governador Gladson ter candidato á PMRB. Para o Chagas, para evitar problemas com os aliados, Cameli deveria ter candidato apenas num segundo turno. É a voz da experiência.

TREMENDA ROUBADA

Também acho desagregador o Gladson ter candidato a prefeito da capital no primeiro turno. O confronto com aliados, que também terão candidaturas próprias para a prefeitura, será inevitável. Os aliados desprezados na disputa, não se sentirão no dever de lhe apoiar em 2022.

BEM MELHOR

Não estou colocando ninguém sob suspeição, mas para evitar o uso das obras para fins eleitoreiros o governo agiu certo em puxar para si a execução das obras dos ramais. A lembrar de que no próximo ano teremos eleições e muitos dos prefeitos disputando a reeleição.

BANHO POLÍTICO

Com a aprovação do projeto de Reforma da Previdência o presidente Jair Bolsonaro conseguiu o que outros presidentes anunciaram, tentaram e não conseguiram. E aprovou sob fogo cerrado da oposição que torcia contra. Vão ter trabalho para derrotar o Bolsonaro em 2022.

PARADA INDIGESTA

Não pela razão de uma recente pesquisa ter indicado que o ex-prefeito Francisco Tavares (MDB) é o preferido para ganhar a eleição em Plácido de Castro. Este sentimento de que Tavares é muito forte eu sinto nas conversas que já tive com lideranças daquele município.

O TEMPO É UMA BORRACHA

Na política, o tempo costuma funcionar com uma borracha que consegue apagar fatos negativos. O ex-prefeito Francisco Tavares, quando foi prefeito de Plácido de Castro teve a sua administração muito mal avaliada, não foi um gestor que saiu de bem com a opinião pública.

EXPLICANDO POSIÇÃO

Acerca do debate sobre o melhor modelo econômico para o Estado, que causou polêmica, o deputado Daniel Zen (PT) voltou a se posicionar: “o que defendo é uma economia de base diversificada, a partir dos pequenos e médios empreendimentos. Na lógica que defendo, há espaço para tudo, do extrativismo ao agronegócio, passando pela agricultura familiar, pela agroindustrialização e pelo fortalecimento do comércio. O que fiz foi apenas contestar aqueles que dizem que a economia florestal não dá resultados”. Registro feito.

AVALIO PELA COMPETÊNCIA

Não avalio uma nomeação para um cargo de confiança pela sua naturalidade, mas pela competência. Por isso, é bobagem se criticar o novo controlador das contas do Estado por ser amazonense. O que se deve saber é se será competente ou não. O resto é picuinha tacanha.

CONTENTE NO TJ

O ex-prefeito Marcus Alexandre negou que esteja sendo tratado de forma humilhante no Tribunal de Justiça, como foi noticiado no último congresso do PT. Mandou a mensagem à coluna: “sobre o TJ quero registrar que estou feliz por colaborar aqui no Tribunal atuando na minha área de formação, a Engenharia. Não ocupo nenhum cargo, pois fui cedido pelo Governo do Estado. Registro também que fui muito bem acolhido no TJ”. E ponto final.

ACERTOS FINAIS

O deputado federal Alan Rick (DEM) voltou a procurar o Ministério da Infraestrutura, onde se reuniu com a direção do DNIT, para cobrar celeridade na análise do projeto para o anel viário de Brasiléia, que comporta também uma nova ponte. A resposta foi estar nos ajustes finais.

LICITAÇÃO ATÉ O FIM DO ANO

A informação que este BLOG tem é de que o governo esperar abrir a licitação sobre a nova ponte de Brasiléia e o Anel Viário até o fim do ano, tudo dependendo da liberação do projeto pelo DNIT. Esta é uma obra que foi prometida por governos antecessores e não cumprido.

OPINIÃO PETISTA

Um velho amigo petista e que conhece bem o colégio eleitoral de Sena Madureira fez ontem uma avaliação de que, mesmo a oposição se juntando, o prefeito Mazinho Serafim vai para a reeleição com ampla chance de vitória, por disputar no mandato e ser político. Tem sentido.

QUE ENCRENCA

O prefeito de Senador Guiomard, André Maia, saiu de uma confusão e já emendou outra, a de que supostamente um advogado que fazia a sua defesa teria tentado comprar um desembargador. Acho furada a história, não vejo como factível suposta tentativa de suborno. .

NÃO HÁ CAMPO

Não há campo para o prefeito de Senador Guiomard disputar a reeleição. Teria que refazer alianças políticas, já comprometidas com outras candidaturas a prefeito do município.

TUCANO NA DISPUTA

Ralph Luis Fernandes é a possível opção do PSDB para disputar a prefeitura de Rodrigues Alves. 

UMA QUEIXA COM FUNDAMENTO

O que a prefeita Socorro Neri reclama da programação para recuperação de ramais pelo governo no caso de Rio Branco é que, no planejamento anterior seriam utilizados 5 milhões para beneficiar 55 ramais. No atual serão mais de 17 milhões para apenas dois ramais.

ESCLARECEDORA

Esclarecedora a entrevista do chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, no “Bar do Vaz”.

CALEGÁRIO NA BASE

O deputado Fagner Calegário (PV) é o novo integrante da base do governo na ALEAC, revelação que foi feita ontem pelo chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, no “Bar do Vaz.”

ÚLTIMO DOS MOICANOS

Assim, o deputado Roberto Duarte (MDB) ficou sendo o último moicano integrante da “bancada dos independentes”, que era formada por ele, e pelos deputados Calegário e Meire Serafim. Ficou como uma voz isolada dentro do campo governista. Adere ou não à base?

BALANÇO COMPLETO

O Ribamar mostrou todas as conquistas do governo  Gladson Cameli até aqui, que eram para estarem sendo mostradas pelos integrantes da base governista na Assembléia Legislativa. Se mostrou muito tranqüilo na entrevista, sem gaguejar, como se fosse um profissional da mídia.

FRASE O DIA

“Nada dura para sempre, nem mesmo seus problemas”. Arnold Glasow, frasista americano.

 

  

Propaganda

Blog do Crica

Angelim: “a política é  dinâmica”

Publicado

em

O ex-prefeito Raimundo Angelim (PT)  um dos poucos nomes do PT que ainda tem uma respeitabilidade popular depois do último desastre eleitoral no Estado, disse ontem com exclusividade ao BLOG DO CRICA de que, hoje não seria candidato a prefeito de Rio Branco, mas não deixou a porta fechada para o próximo ano, ao ressaltar; “hoje diria que não sou candidato, mas a política é dinâmica”. Angelim lamentou o fato de se ver tantos lançamentos de candidaturas a prefeito sem ter um projeto de gestão definido. Angelim foi o único prefeito a cumprir dois mandatos, que considera como produtivos e para ser candidato novamente, diz que teria que ser num contexto da economia em que tivesse condições de fazer muito mais que já fez. Angelim fez questão de elogiar a prefeita Socorro Neri, cujo mandato considera “excelente”. Pelo visto, o jogo fica para 2020. Agora vem Natal e festas de fim do Ano.

CONVERSA FECHADA

O senador Petecão (PSD) fez uma proposta ao presidente do MDB, deputado federal Fláviano Melo, para aguardarem as pesquisas do próximo ano e no caso da prefeita Socorro Neri aparecer melhor do que o deputado Roberto Duarte (MDB), ambos apoiarem sua reeleição.

CONDIÇÃO

A única condição seria da prefeita Socorro Neri não estar atrelada nem ao PT e nem ao PCdoB.

PARA PARTICIPAR

O deputado Tchê (PDT) diz que o partido terá candidato a prefeito de Rio Branco, com um nome novo, nem que seja para fomentar lideranças para embates futuros. Falta encontrar o nome.

UMA FRASE DE MAQUIÁVEL 

Batucando este BLOG me veio a lembrança de uma frase de Maquiavel: “ O primeiro método para estimar a inteligência de um governante é olhar para os homens que tem à sua volta”. 

FUTURO INDEFINIDO

A prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD), disse ontem ao BLOG que o seu foco não é a reeleição, mas combater a dengue, pagar os servidores em dias é continuar uma gestão séria.

DEIXOU PARA 2020

A decisão se disputará ou não a reeleição, a prefeita Marilete Vitorino deve deixar para 2020.

NÃO VAI LIBERAR

O BLOG tem informação de que o PROGRESSISTAS não vai liberar o vereador Gilson da Funerária para se filiar ao SOLIDARIEDADE e ser candidato a prefeito, seria  dar corda a um futuro adversário. O partido tem candidata á prefeitura de Senador Guiomard, Rosana Gomes. 

FATO QUE PESA

Um fato pesa contra a liberação do vereador Gilson da Funerária, é que a decisão passa pela presidente do PROGRESSISITAS, senadora Mailza Gomes, cunhada da Rosana Gomes.

PULANDO DO BARCO

O ex-prefeito de Epitaciolândia, Luizinho Hassem, está indeciso em ser candidato a prefeito. Mesmo sendo uma liderança no município, sabe não ser fácil derrotar o prefeito Tião Flores.

VIATURAS NAS RUAS

A entrega aconteceu. Agora é colocar as novas viaturas da Segurança para rodar nos bairros.

UMA PROPOSTA PRAGMÁTICA

O deputado Daniel Zen (PT) defende de forma pragmática que o ônus da Reforma da Previdência não caia apenas nas costas dos servidores, sem o governo dar a sua contrapartida. Sugere que suba a sua contribuição de 14% para 28%. O que o deixaria com margem na LRF.

PEC AMARGA

Mesmo com retirada do fim da licença-prêmio, auxílio funeral e sexta-parte, do pacote da PEC da Previdência, ainda assim o líder do governo, Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), acha que é uma medida amarga, mas que se não for tomada não se pagará aposentados e pensionistas.

FICAR BEM CLARO

Fique claro: a aprovação da PEC da Previdência não acaba com o déficit do ACREPREVIDÊNCIA. 

SACANAGEM MESMO

O deputado Jenilson Lopes (PSB) diz ser maldade o que a ENERGISA faz com o consumidor acreano, prefiro ir para o popular: é uma sacanagem. Quero ver no que vai dar a CPI.

DECISÃO SENSATA

Não poderia ter sido outra a decisão do governador ao não ser de nomear a Procuradora Kátia Rejane para mais um mandato na condução do MP, porque foi a mais votada na lista tríplice.

NÃO É PARA SE COMEMORAR

O Acre tem 87.057 famílias recebendo o auxílio Bolsa-Família. O número não é para se comemorar, mas para lamentar, mostra que o Estado não criou nas últimas décadas, mecanismos de gerar emprego e renda. E que o desemprego continua um problema sério.

ACIMA DE TUDO

Que a contratação pela PMRB da empresa que fez o concurso para a secretária de Educação foi legal, é um fato. O outro é que foi uma bagunça, anulado com razão. Acima disso está que, com o concurso a prefeitura terá no quadro da Educação só funcionários efetivos concursados.

CARTADA IMPORTANTE

O governador trava em Brasília, no Ministério da Economia, a cartada decisiva para conseguir a liberação para renegociar as dívidas do Estado, sem o que será um baque na melhora do caixa estadual. E sem a renegociação, muitos dos planos do governo terão que ser revistos.

SERÁ UM DESPRESTÍGIO

Apoiador do Bolsonaro, com três senadores, sete deputados federais votando com os projetos do governo federal no Congresso, se o governador não conseguir, será um desprestígio.

FIRME PROPÓSITO

Somente a aliança da prefeita Socorro com o PT e PCdoB afastaria o Petecão de lhe apoiar.

GARANTIDO EM LEI

A gratificação por insalubridade é amparada em lei. O secretário de Saúde, Alysson Bestene, ao retornar, não fez mais do que corrigir a barbeiragem da subalterna que sustou o benefício.

PERGUNTA QUE FICA

A pergunta que cabe: o que justifica cometer um erro, para corrigir depois, com desgaste?

JOGAR ABACAXI NO COLO

O governo com problemas por conta da PEC da Previdência, e ainda colocam abacaxi no colo?

PROBLEMA MAIS SÉRIO

Não adianta mascarar a realidade. Há um descontentamento salarial na tropa da PM, por conta dos seus salários serem mais baixos que os policiais civis. E a equiparação foi prometida durante a campanha política e nem sinal. Um problema para o Comandante Ulysses Araújo.

BODE NA SALA

Não há suporte econômico no momento para o governo acabar com distorção, por causa do caixa baixo e estar no teto da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas é um bode na sala.

CLÁUSULA PÉTREA

Não discuto o mérito, mas Senado e a Câmara Federal não podem fazer retornar a prisão em segunda instância. Não têm poderes para mudar uma Cláusula Pétrea da Constituição Federal.

O MÁXIMO QUE PODEM

O máximo que podem é achar meios de diminuir o número de recursos e aumentar o tempo de prescrição para contrapor a decisão do STF, que pôs fim á prisão em segunda instância.

O JOGO É ESTE

Todos os grandes juristas constitucionalistas do país já se pronunciaram a respeito. Para mudar uma Cláusula Pétrea da Constituição Federal, somente com a convocação de uma Constituinte.

VAMOS CESSAR

Fora deste contexto, tudo o que se disser fica por conta das declarações emocionais e ponto.

VAI PARA O CADAFALSO

Caso o deputado Jenilson Lopes (PSB) insista na ideia de fazer da prefeita Socorro Neri uma candidata da esquerda, sendo um puxadinho do PT e PCdoB, vai lhe levar para a guilhotina.

NÃO ENTENDEU

Definitivamente: o deputado Jenilson Lopes (PSB) não entendeu o recado das urnas.

FRASE DO DIA

“Como nenhum político acredita no que diz, fica sempre surpreso ao ver que os outros acreditam nele”. Charles de Gaulle, estadista francês.

Continuar lendo

Blog do Crica

Julgamento irá decidir o destino de Ilderlei Cordeiro 

Publicado

em

Está marcado para o próximo dia 2, no Tribunal Regional Eleitoral do Acre, o julgamento do recurso impetrado pelo prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro,  contra a decisão de primeira instância que cassou o seu mandato. No mesmo processo como réu está o ex-prefeito Vagner Sales. O caso diz respeito a um flagrante por compra de votos de um candidato a vereador pelo PSDB, na última eleição municipal, ação urdida pelo ex-prefeito Vagner. Ilderlei Cordeiro foi arrolado porque chegou ao recinto depois do ocorrido. O TRE-AC tem dois caminhos: absolver o prefeito Ilderlei Cordeiro e o ex-prefeito Vagner Sales, os livrando da cassação. Como alternativa manter a condenação de ambos e as respectivas cassações. Nesta segunda opção não caberia Recurso Ordinário por ser ação da esfera municipal. Caberiam como recursos os Embargos, que não demoram a ser julgados. Se mantidas as condenações e os Embargos não forem aceitos, seria então marcada uma nova eleição para um mandato-tampão, cujo vencedor ficaria até o novo eleito em 2020. No caso de condenação a previsão é que tudo só tenha o seu desfecho para fevereiro de 2020, após o julgamento dos embargos.

RECURSO ESPECIAL

Como última cartada em caso de condenação e não aceitação dos embargos para se manter no cargo, o prefeito Ilderlei Cordeiro poderia impetrar ainda um Recurso Especial no TSE, pedindo uma Liminar até o julgamento do mérito, por terem sido aceitas provas conseguidas de maneira ilícita por meio de gravação não autorizada pela justiça. Muita coisa pode ocorrer.

OTIMISMO COM A ABSOLVIÇÃO

Há um otimismo do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, de que a sua condenação já seja derrubada no TRE-AC, por as provas serem ilícitas e por estar ausente quando a compra de votos foi negociada pelo ex-prefeito Vagner Sales, que na época apoiava a sua candidatura.

PARTICIPAÇÃO TUCANA

Buscando o início do episódio que redundou na ação judicial, o flagrante da compra de votos foi armado no grupo do PSDB que apoiava o candidato a prefeito Henrique Afonso (PSD). Quem encaminhou o candidato a vereador do grupo tucano para denúncia na Polícia Federal foi o então deputado federal Major Rocha (PSD). A meta era beneficiar o candidato tucano.

MORO POPULAR

O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, é a figura mais popular do governo Jair Bolsonaro, principalmente, no povão; mostram todas as pesquisas, e comprovado ontem no Acre.

PEC FATIADA

No projeto da Previdência estadual ficou fora da pauta o fim do auxílio funeral, da sexta-parte e licença-prêmio, que segundo o líder do governo, deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), estavam no bojo da PEC, mas podiam ser negociadas, a retirada não teve mérito da oposição.

DENTRO DA LEGALIDADE

Nada de irregular na contratação da FUNDAPE para fazer o concurso da PMRB. Foi encaminhada consulta a sete instituições organizadoras de concurso e a única que se habilitou com toda documentação foi a FUNDAPE. Daí porque foi contratada, tudo na maior legalidade.

FESTIVAL DE IRREGULARIDADES

Mas a aplicação das provas foi um festival de irregularidades e tinham que ser anuladas.

TENDÊNCIA NATURAL

Liguei ontem para um amigo do governo e perguntei qual a inclinação do governador na escolha do novo Procurador-Chefe do MP. Disse que a tendência seria ratificar a escolha do mais votado no MP, a Procuradora Katia Rejane. Como este governo é volúvel, é esperar.

COMEMORAÇÃO NA REDE SOCIAL

Os deputados de oposição ao governo, notadamente, os mais ácidos, Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Roberto Duarte (MDB), comemoram na rede social ter posto o governo nas cordas.

META RETIRAR DE PAUTA

A meta da dupla agora é a retirada de pauta do projeto, com votação marcada para o dia 26.

NÃO DUVIDO DE NADA

Não duvido de nada. Quando vejo a minoria encurralar a maioria, vou duvidar de novo recuo?

QUORUM DIFÍCIL

Com a viagem de um grupo de deputado a Salvador para a reunião da UNALE será difícil conseguir esta semana obter quorum para a realização de sessões na ALEAC.

ERRARAM DE ENDEREÇO

Justo o protesto de alunos da UFAC com cartazes pedindo segurança nos ônibus que fazem a linha do Campus. Só que erraram de endereço: não tinham que pedir o trivial ao Ministro da Justiça, Sérgio Moro; mas sim ao secretário de Segurança, Coronel Paulo César. 

MAIS UMA CONCLUÍDA

Mais uma obra abandonada pelo governo passado foi concluída e inaugurada: UPA de Cruzeiro do Sul. E já em pleno atendimento. Quem não falte remédio e médico, como em outras UPAS.

URUBUS ENGRAÇADOS

Quer dizer que não torcer pelo Flamengo é não ser patriota? E onde é que fica o livre arbítrio? 

COMPETIÇÃO E ANTAGONISMO

O antagonismo é essência do esporte, quem não quer ser Flamengo que seja River, ora, bolas!

ÔNUS SEM BÔNUS

O governo estadual diminuiu o ICMS do querosene de aviação e o preço da passagem para a região não caiu. Diminuiu o ICMS para beneficiar fazendeiros, e o preço da carne não vai cair.

GLORIOSO NA LUTA

O Glorioso o Dr. Ulysses Guimarães – MDB – terá candidatos a prefeitos em 16 municípios

HORA DA AÇÃO

Acabou a festa, todo mundo comemorou, agora é hora de ação para dar a Rio Branco uma sensação de segurança à população. Não há mais motivo para não ver viaturas nos bairros.

MAIOR PRESENÇA

O que se espera é que a presença policial nos bairros seja agora mais perene e não eventual.

2020 NA PORTA

O que o governo tinha que fazer este ano e não fez não fará mais. Logo mais será 2020, com oportunidade para decolar em áreas estratégicas como Saúde, Segurança e Agricultura.

ABAIXO DO ESPERADO

Na Segurança aconteceram alguns avanços em 2019, mas nada que pudesse ser visto como uma mudança radical nos índices da violência, a capital continua ser muito violenta. Ou não?

PATINANDO NA TABATINGA

A Saúde e a Agricultura passaram 2019 patinando na tabatinga, sem sair do lugar.

MDB TERÁ CANDIDATO

O secretário do MDB, Aldemir Lopes, disse ontem ao BLOG DO CRICA, de que uma coisa é certa: o partido terá candidato próprio para prefeito de Brasiléia, faltando definir o nome.

NADA DECIDIDO

Sobre nomes como do empresário Francisco Moreira e do ex-vereador Pacífico, citou Aldemir Lopes que de fato estão entre as opções para disputar a prefeitura de Brasiléia, mas há outras lideranças previstas para entrar no MDB na janela eleitoral, que podem aumentar as opções.

NOME QUE AGLUTINE

O fato da nova legislação impedir as coligações proporcionais, na visão de Lopes empurra os partidos para candidaturas próprias, mas nada impede de se polarizar num candidato.

CENAS LAMENTÁVEIS

Cenas lamentáveis de idosos esperando atendimento desde a madrugada no Barral Y Barral. O secretário municipal de Saúde, Oteniel Almeida, precisa organizar o fluxo das consultas.

NO MUDOU O CERNE

O líder do governo, deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), enfatizou ontem que, o cerne da PEC da Reforma Previdenciária está mantido e que foram apenas retirados pontos que virão na reforma administrativa, como  auxílio funeral, sexta-parte e licença-prêmio. 

FRASE DO DIA

“A coisa mais bela que a pessoa pode experimentar é o mistério. É essa a emoção fundamental que está na raiz de toda ciência e toda arte”. Albert Einstein.

 

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.