Conecte-se agora

Governo força votação de renegociação de dívidas e ICMS das prefeituras, mas oposição breca

Publicado

em

Após protocolar o projeto de lei visando contratar operação de crédito junto ao Banco Brasil Plural, com a garantia da União, até o valor de R$ 1 bilhão , com vistas ao alongamento da dívida pública estadual em contratos com garantia da União, a base do governo na Assembleia Legislativa pretendia que a proposta fosse analisada na Comissão de Constituição e Justiça para ser votada ainda nesta terça-feira, 22, porém a bancada de oposição liderada pelos deputados Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Jenilson Leite (PSB) suscitaram o debate acerca do cumprimento do regimento interno da casa. A sessão foi suspensa para que os deputados entrassem em um acordo.

Mais de uma hora depois de intenso debate longe dos microfones, ficou definido que o projeto de renegociação das dívidas deverá ser votado apenas na quarta-feira, 23, após reunião das comissões. Outro projeto de interesse do executivo, era a votação imediata da nova distribuição do ICMS para as prefeituras do Acre. Ficou acertado ainda esta semana uma nova audiência pública será feita com os prefeitos das 22 cidades acreanas no intuito de chegar um acordo. A votação do tributo para as prefeituras deve ocorrer apenas na semana que vem.

 

 

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas