Conecte-se agora

Prefeito quer IBGE corrigindo território e população de Assis Brasil

Publicado

em

A falta de recursos e investimentos adequados, especialmente nas áreas de saúde e assistência social, preocupam o prefeito de Assis Brasil, Antônio Barbosa de Souza, conhecido como Zum.

O aumento populacional nos últimos anos no Município não foi acompanhado de acréscimos proporcionais na verba, segundo o gestor. Por isso, ele se reuniu com especialistas da Confederação Nacional de Municípios (CNM), na última sexta-feira, 18 de outubro, para receber orientações que possam ajudá-lo diante do cenário de dificuldade financeira.

Para otimizar o orçamento, uma das sugestões dadas pelo analista técnico de Saúde da entidade Akeni Lobo é se organizar para evitar a devolução de recursos ao governo federal. “Se receber uma emenda, recomendamos que coloque no plano de saúde todo o valor. Assim, se você não gastar todo o dinheiro com o objeto a que se destina, poderá usar o que sobrar para outra ação na saúde”, explicou.

Uma das reclamações do prefeito de Assis Brasil é o alto gasto com deslocamento de pacientes. “Gasto muito com tratamento fora, na capital, e não estou recebendo nada por isso”, pontuou. O município fica a cerca de 350 quilômetros de Rio Branco. O gestor também recebeu informações para solicitar recursos para esta finalidade via governo estadual e Ministério da Saúde.

A recente conquista municipalista da cessão onerosa também foi pauta do atendimento técnico na CNM. Entre outros assuntos, o analista da área de Estudos Técnicos Wanderson Rocha explicou os trâmites da proposta e os valores estimados que cada Município deve receber, por meio dos critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Em 2010, Assis Brasil teve uma extensão territorial

De acordo com o prefeito, o território que era de 2,9 mil km² passou para 4.974,2 km². Hoje, a estimativa populacional da cidade é de cerca de 7 mil habitantes e o coeficiente é 0,6. “Temos vários indicadores de que a nossa população é muito maior”, disse Zum à Agência CNM de Notícias.

Segundo cálculos da prefeitura, a população atual está entre 12 e 14 mil habitantes. Eles consideraram o número de eleitores, as matrículas na rede de ensino e os atendimentos de saúde para chegar a essa estimativa. A expectativa é que o Censo Demográfico de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) corrija as distorções.

Anúncios

Acre

Em encontro com Bittar, Gladson pede investimentos no Acre

Publicado

em

Preocupado com o cenário pós-pandemia, o governador Gladson Cameli (Progressistas) se reuniu na tarde desta quinta-feira, 13, no Palácio Rio Branco com o senador Márcio Bittar (MDB) para pedir mais recursos ao Acre para 2021, já que Bittar, foi escolhido como relator-geral do Orçamento Geral da União.

Gladson afirmou que a escolha de Bittar como relator é um ganho para todos, inclusive, o Acre, já que o Governo do Acre poderá alinhar as suas pautas e planejamento junto ao Governo Federal.

“Com o Márcio Bittar sendo relator do orçamento todo mundo ganha! Pois além de ser acreano, senador da República com compromisso e representando o Estado em Brasília, ele tem grande aproximação com o presidente. Assim vamos poder alinhar nossas pautas e planejamento com o governo federal. Deixo aqui o meu agradecimento ao senador pela parceria em prol do povo acreano”, afirmou.

View this post on Instagram

Olá, amigos! Estive reunido com o senador Márcio Bittar, nesta quinta-feira, 13, para tratar sobre o orçamento de 2021. O senador é relator do Orçamento-Geral da União para o ano que vem e vai apoiar o nosso estado com a destinação de emendas parlamentares que vão ajudar a amenizar a crise causada pelo coronavírus. Com o Márcio Bittar sendo relator do orçamento todo mundo ganha, pois além de ser acreano, senador da República com compromisso e representando o Estado em Brasília, ele tem grande aproximação com o presidente. Assim vamos poder alinhar nossas pautas e planejamento com o governo federal. Deixo aqui o meu agradecimento ao senador pela parceria em prol do povo acreano. #acre #brasilia #orcamento #financas #economia #uniao #parceria

A post shared by Gladson Cameli (@gladsoncameli) on

Continuar lendo

Acre

Internações por Covid-19 em UTI voltam a crescer no Acre

Publicado

em

O boletim diário da Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre) traz nesta quinta-feira (13) dados das 192 internações por síndrome respiratória aguda grave em Hospitais da Rede SUS, especificando o tipo de leito existente para tratamento da SRAG, bem como a taxa de ocupação.

“A média de internações geral dos últimos 7 dias foi de 212 pacientes, observando-se hoje, um aumento de 1,9% no total de internações em relação à média dos últimos 7 dias”, informa o boletim da Sesacre.

O monitoramento de internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) é realizada diariamente em hospitais da rede pública, em hospitais conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e em hospitais privados.

Tem por objetivo acompanhar as internações por complicações da Covid-19. Nesta quinta-feira (13) no Acre identificaram-se 217 pacientes internados nos estabelecimentos monitorados, dos quais 162 com teste positivo para Covid-19.

Do total hospitalizado, 48 estão em Unidade de Terapia Intensiva e 169 em leitos (clínicos, obstétricos ou pediátricos). No Baixo Acre, o Pronto Socorro apresenta taxa de ocupação de 90% dos leitos de UTI.

Encerrada como unidade de referência para a Covid-19 a UPA do 2o Distrito tinha nesta quinta uma criança internada na UTI.

Continuar lendo

Acre

Depasa promete resultados melhores no prazo de 180 dias

Publicado

em

O Departamento de Água e Saneamento do Acre (Depasa) tem um custo operacional total de mais de R$ 4 milhões atualmente. A arrecadação é de R$ 2,6 milhões, em média mas apenas mês de julho a queda na arrecadação foi de mais de 63%. “Sabemos que os desafios são grandes, sabemos as dificuldades que cada um enfrenta. Mas temos temos procurado dar uma condição melhor e respaldar a área operacional”, disse o diretor de Administração, Mamed Arruda, durante videoconferência realizada com os gestores da autarquia em todo o Estado.

A redução de despesa com crescimento da receita é o caminho para o equilíbrio. Assim, com o objetivo de chegar ao próximo mês de dezembro com as contas em dia, o Depasa trabalha para alcançar a eficiência no uso de produtos químicos, combustível e alimentação. “A diretoria tem procurado fazer o que é possível. Há todo um planejamento a cumprir. Vai demorar um pouco mas o resultado vem, e nos próximos 180 dias devemos estar em novo patamar de receita e despesa”, destacou Arudá. (Agência de Notícias do Acre)

O Departamento de Água e Saneamento do Acre (Depasa) tem um custo operacional total de mais de R$ 4 milhões atualmente. A arrecadação é de R$ 2,6 milhões, em média mas apenas mês de julho a queda na arrecadação foi de mais de 63%. “Sabemos que os desafios são grandes, sabemos as dificuldades que cada um enfrenta. Mas temos temos procurado dar uma condição melhor e respaldar a área operacional”, disse o diretor de Administração, Mamed Arruda, durante videoconferência realizada com os gestores da autarquia em todo o Estado.

A redução de despesa com crescimento da receita é o caminho para o equilíbrio. Assim, com o objetivo de chegar ao próximo mês de dezembro com as contas em dia, o Depasa trabalha para alcançar a eficiência no uso de produtos químicos, combustível e alimentação. “A diretoria tem procurado fazer o que é possível. Há todo um planejamento a cumprir. Vai demorar um pouco mas o resultado vem, e nos próximos 180 dias devemos estar em novo patamar de receita e despesa”, destacou Arudá. (Agência de Notícias do Acre)

Continuar lendo

Acre

Acre se aproxima dos 600 mortos e passa dos 22 mil infectados

Publicado

em

O Estado do Acre ultrapassou nesta quinta-feira, 13, os 22 mil casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. Os dados divulgados no boletim parcial da secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) apontam que nas últimas 24 horas, foram registrados 249 novos infectados pela Covid-19. Com esse acréscimo, o total de infectados saltou de 21.993 para 22.242.

Além disso, mais 5 mortes foram registradas nesta quinta decorrente de complicações da Covid-19. Entre as novas vítimas fatais, todas são do sexo feminino, sendo 1 de Porto Walter, 1 de Brasileia, 1 de Rio Branco, 1 de Acrelândia e 1 de Assis Brasil.

Todos os óbitos confirmados hoje são de pessoas com idades entre 49 e 75 anos. O total de óbitos agora subiu de 569 para 574 em todo o estado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas