Conecte-se agora

Calegário surpreende oposição e vota a favor do governo em alteração da LDO

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS

O deputado Fagner Calegário (sem partido) parece ter cedido aos encantos do poder. O parlamentar que estava sumido dos principais debates da Casa nos últimos dias, surpreendeu a todos (imprensa e oposição) ao votar favorável ao projeto de lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Calegário, que cumpria agenda no interior do Estado na terça-feira, 15, não participou da manobra do governo na casa que desarquivou o projeto que havia sido arquivado na semana passada, porém marcou presença na Aleac somente na tarde de hoje, na reunião conjunta das Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e Orçamento e Finanças (COF).

Antes de iniciar a votação, o deputado Edvaldo Magalhães pediu que a base de oposição e independentes se reunisse para definir uma estratégia. Calegário se levantou da cadeira e foi ao encontro do grupo.

Mas ao retornar, durante a votação nominal, revelou que votaria a favor do governo. “Continuo seguindo minha postura independente, mas votarei a favor da proposta do governo com intuito de interesse do Estado e da população”, disse.

A manifestação surpreendeu a todos. Desconcertado, o deputado Edvaldo Magalhães veio até a cabine de imprensa e revelou que o governador ligou para o Calegário antes da votação. Já o petista Jonas Lima foi mais ferino e tascou: “choveu no roçado”, disse.

Propaganda

Destaque 2

Upa de Cruzeiro do Sul inicia atendimento à população do Juruá

Publicado

em

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruzeiro do Sul, projetada para atender diariamente em torno de 200 pessoas e realizar cerca de 6 mil atendimentos por mês, iniciou na tarde desta segunda-feira, 11, os primeiros atendimentos à população. Até o meio dia desta terça-feira, 12, oito pacientes já haviam sido atendidos na unidade.

De acordo com o coordenador Regional de Saúde do Vale do Juruá, Roberto Holanda, inicialmente, os atendimentos serão direcionados apenas a pacientes referenciados de outras unidades de saúde da região e também por encaminhamento do Serviço Móvel de Urgência (Samu). Por turno, dividido em 12 horas, cada, a Upa conta com quatro enfermeiros, 10 técnicos de enfermagem, além de dois médicos plantonistas e o apoio administrativo.

“Os atendimentos iniciaram na tarde desta segunda-feira, inicialmente será feito apenas com pacientes referenciados de outras unidades e Samu. Isso até a entrega oficialmente, o que deve acontecer nos próximos dias pelo governador Gladson Cameli, que inclusive está chegando hoje ao município para acompanhar os últimos detalhes para a inauguração”, destaca.

Com mais de 2,2 mil metros quadrados, 22 leitos separados para homens, mulheres e crianças, além das salas de observação individual e de urgência, a Upa de Cruzeiro do Sul é a maior do Acre em termos de estrutura e será uma segunda porta de urgência e emergência para cerca de 230 mil pessoas –, população que compõe os oito municípios do Vale do Juruá.

“Um ganho à população que tem agora uma segunda porta de urgência e emergência na região, além de descentralizar o atendimento do Hospital do Juruá, diminuindo assim a demanda e o tempo de espera. Maior Upa do estado em termos de estrutura e capacidade de atendimento, a unidade tem capacidade de atender até três procedimentos emergenciais ao mesmo tempo”, observa Holanda.

Prevista para ser entregue funcionando, pela administração estadual passada, a UPA foi deixada inacabada, faltando rebocos, pisos e as instalações de portas e tampas do serviço de esgotamento sanitário.

Demandada como prioridade pelo governador Gladson Cameli já no início da gestão, a conclusão da obra e entrega oficial da Upa com todas as suas funcionalidades em condições de excelência para os cidadãos ocorre no próximo dia 18, pelo governador do Acre. Oportunidade que também deve estar presente o ministro de Justiça, Sergio Moro.

Quando estiver funcionando em sua totalidade, a unidade vai atender, além de Cruzeiro do Sul, a população dos municípios que compõem o Vale do Juruá, no Acre, e de Guajará, no Amazonas, alcançando mais de 120 mil pessoas, segundo estimativa da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

Continuar lendo

Destaque 2

PT pode ter bens penhorados para pagar dívida de mais de R$ 200 mil com Odilardo Marques

Publicado

em

A ação judicial movida pelo advogado Odilardo Marques, um dos principais defensores do Partido dos Trabalhadores (PT) em campanhas eleitorais no Acre, resultou numa ordenação de penhora de bens, expedida pela Juíza Olívia Maria Alves Ribeiro no dia 4 de setembro. A decisão é uma resposta à petição protocolada por Odilardo na 1ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, por meio de sua empresa JBM Assessoria Jurídica, cobrando cerca de R$ R$ 150 mil por serviços prestados na campanha de Marcus Alexandre ao governo nas eleições de 2018. O valor seria pago em parcela única, porém, não foi efetivado.

Hoje, o valor da dívida constante no mandado de citação, penhora, avaliação e de intimação, está em R$ 255.926,83. Como o partido se manifestou perante a Justiça, a juíza reteve os autos do processo para apreciação e o processo segue em trâmite. “Em incidindo a penhora sobre bens móveis ou imóveis, não havendo impugnação, intime-se a parte exequente para, no prazo de cinco dias, dizer se tem interesse na adjudicação dos bens penhorados, pelo valor da avaliação ou na alienação dos mesmos por iniciativa própria”, diz a decisão.

Segundo o advogado, ele ainda chegou a emitir uma nota fiscal no valor de R$ 150 mil, sem a devida contrapartida. Tudo isso após ter realizado o trabalho de assessoramento jurídico e acompanhamento dos trâmites dos processos Eleitorais de 2018.

Consta no contrato, em caso de atraso no pagamento, a incidência de juros de mora de 1% ao mês, atualização monetária e multa contratual de 2% do valor atualizado. O advogado pede em juízo que o valor seja penhorado ou bloqueado judicialmente das contas do PT.

O que diz PT

Procurado pelo ac24horas, o presidente do PT no Acre, Cesário Campelo Braga, informou que o partido está em diálogo com o advogado e a Justiça. Braga afirma que soube da dívida por meio da imprensa e só então começou as tratativas para tentar resolver a situação. “Conversei com Odilardo rapidamente. Não conheço bem dos trâmites judiciais. O pedido de pagamento ou penhora foi a primeira comunicação oficial que recebemos da Justiça”, esclareceu o presidente.

Agora, o PT no Acre aguarda uma próxima audiência judicial para tentar encontrar uma solução para a dívida e “construir o melhor caminho”, diz Cesário.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.