Conecte-se agora

PM acreano que integra a Força Nacional critica Polícia Civil e cria polêmica nas redes sociais

Publicado

em

Sabe aquela velha rivalidade entre as policias militar e civil no Acre? Ela voltou e votou com tudo nas redes sociais.

Toda a polêmica teve início com as publicações do cabo da Polícia Militar do Acre, identificado nas redes sociais como caboadmartins.

Martins é policial militar do Acre e atualmente faz parte da Força Nacional.

O militar em uma de suas postagens afirma que a Polícia Civil do Acre se “gaba” pelo alto índice de elucidação dos casos. Mas, segundo Martins essa elucidação só ocorre quando a PM já integra o suspeito preso ou com a informação concreta. Como prova, o militar cita alguns casos famosos como o do menino Fabrício. Afirma ainda que a PC não investiga arrombamentos, mas que se tentar for roubar ou matar algum político ou parente a Polícia Civil se mobiliza, lembrando o caso quando o sogro do então governador Sebastião Viana foi vítima de uma tentativa de assalto em janeiro de 2014.

Instaurada a polêmica, muitos internautas discordaram do militar e passaram a discutir com Martins. Eu uma outra publicação, o cabo da PM do Acre afirmou que a Polícia Civil tem salário melhor, carreira melhor, mas não fazem nada e passam “o dia de cara pra cima”.

Martins ainda afirma que a PC é inútil e não passa de um cartório onde carimbam a ocorrência dos militares e encaminham ao judiciário. E diz ainda para que os policiais civis continuarem vigiando as delegacias, que os militares cuidam da sociedade.

Curioso que uma enquete na própria página do cabo perguntava em que as pessoas mais confiavam. A Polícia liderava com 61% contra 39% da PM.

Veja os prints da polêmica.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas