Conecte-se agora

Viagem do governador do Acre com comitiva para Alemanha custou mais de R$ 100 mil

Publicado

em

Aos poucos vão aparecendo no Portal da Transparência os gastos com as constantes viagens internacionais feitas pelo governador Gladson Cameli que reclama falta de recursos, mas não poupa gastos quando o assunto é carimbar o passaporte com destino ao exterior. O assunto gerou até um requerimento na Assembleia Legislativa pedindo explicações à Casa Civil das pautas atendidas nas agendas pelos hemisférios norte e europeu.

De todas as rotas, a que mais chamou atenção foi o destino a Alemanha, no início do mês de setembro quando o governador embarcou para uma agenda de oito dias, levando em sua companhia uma comitiva de 12 pessoas. Os custos, sem incluir despesas com passagens aéreas, apenas com diárias, ultrapassam os R$ 100 mil.

Além de Cameli, embarcaram com destino a Europa, a esposa Ana Paula Cameli, o filho Guilherme, os secretários Ribamar Trindade (Casa Civil), Silvânia Pinheiro (Comunicação), os ajudantes de ordens: Amarildo Martins Camargo, Carlos Augusto da Silva Negreiros (Gabinete Militar), Marcos Roberto da Silva Coutinho (Corpo de Bombeiros); e ainda, Carlos Batista da Costa (Comandante do Corpo de Bombeiros), Carlito Cavalcanti (Diretor do IMC), a assessora Julie Messias (consultora ambiental) e a digital influencie, Iraci Magalhães Messias Coelho.

Para uma viagem que teve como pauta visitas tecnológicas ao centro de excelência de combate ao fogo, na área de segurança pública, três detalhes chamaram a atenção de deputados da oposição.

UM – A ausência do secretário de segurança pública, Cel. Paulo César na comitiva;

DOIS – A presença do Chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade e, ainda, uma digital influencie, Iraci Messias, esta última parente do governador.

TRÊS – O tempo de permanência de toda comitiva no chamado Espaço Schengen que reúne países europeus e possui uma convenção que permite o livre trânsito de turistas sem controle fronteiriços e alfandegários. Pelo que foi publicado pela estatal de comunicação da SECOM, quatro dias foram suficientes para o cumprimento de todas as pautas.

Com referência as visitas técnicas, a comitiva precisou dos dias 8, 13 e 15 de setembro, quando estiveram no centro de excelência e combate ao fogo na sede da fábrica localizada na cidade alemã de Ulm, e na Fábrica e Centro de Testes da Iveco Defence, em Bolzano, na Itália, onde são fabricados veículos blindados para uso militar no combate ao crime organizado e vigilância de fronteiras.

De acordo com a apuração feita por ac24horas, para preencher o vácuo na agenda entre os dias 8 e 12 de setembro, a Casa Civil do Governo do Acre convocou às presas a consultora ambiental Julie Messias, que é assessora técnica do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC). Coube a ela, conseguir uma agenda extraordinária entre o governador Gladson Cameli e executivos do banco alemão KFW.

A Casa Civil nega que o encontro que aconteceu dia 11 de setembro, em Frankfurt, tenha sido um enxerto. Quatro dias depois que retornou da Alemanha, o governador Gladson Cameli embarcou para os Estados Unidos, em mais uma agenda ambiental com os mesmos temas alegados durante o encontro com o banco KFW, entre os eventos da Semana do Clima de Nova Iorque (Climate Week The New York).

Para esse encontro em Nova Iorque o governador levou além da família, o representante do escritório político em Brasília, Ricardo França e a diretora técnica da Casa Civil, Paula de Barros, e ainda, a diretora Técnica do Instituto de Mudanças Climáticas de Regulação de Serviços Ambientais – IMC, Julie Messias. Pela secretaria de comunicação foi enviada a porta-voz Mirla Miranda. Ela aparece nas fotos divulgadas pela estatal de comunicação junto com o representante de Brasília, Ricardo França.

As agendas internacionais do governo e os pífios resultados econômicos apresentados até aqui, preocupam deputados de oposição na Assembleia Legislativa do Estado do Acre. O deputado Daniel Zen (PT) chegou a protocolar requerimento, solicitando detalhes dos compromissos do governador no exterior. A aprovação do documento foi derrubada a pedido da Casa Civil.

O ex-líder do governo, deputado Luiz Tchê (PDT), mesmo fazendo parte da base, não poupou críticas ao executivo, durante entrevistas coletivas concedidas na semana da viagem. O pedetista pediu explicações sobre o papel desempenhado pelo chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, nas missões internacionais. “Pelo o que eu sei ele não é poliglota”, ironizou o parlamentar.

Em média, cada integrante da comitiva que foi a Alemanha custou aos cofres públicos cerca de R$ 15 mil somente com diárias. Os valores de diárias destinados ao coronel Batista e seu ajudante de ordem Roberto Coutinho ainda não constam no Portal. Também não estão divulgadas as diárias pagas ao diretor Carlito Cavalcante e a assessora Julie Messias, ambos viajaram pelo IMC.

Não foi possível identificar no Portal da Transparência o valor das passagens aéreas custeadas pelo estado para cada servidor que acompanhou o governador nas agendas internacionais. Um pedido de informações deverá ser protocolado via Ministério Público Estadual.

 

 

 

Anúncios

Cotidiano

Mulher é presa com entorpecentes e lista de prestação de conta do tráfico em Rio Branco

Publicado

em

Uma ação dos Policiais Militares da Força Tática do 1°Batalhão com o apoio da CP Cães, motorizado do 1° Batalhão, resultou na prisão da traficante monitorada por tornozeleira eletrônica, liderança de uma facção  criminosa, Andressa Silva de Souza, 21 anos, e na apreensão de entorpecentes na noite desta quarta-feira, 2, em uma residência localizada no Beco Brasiléia, no bairro da Base, em Rio Branco.

Os policiais estavam fazendo um patrulhamento de rotina na região quando, ao passar por uma residência conhecida pelo tráfico de drogas, avistaram a mulher em fundada suspeita. Os policiais pediram autorização, adentraram a casa e encontraram 31 trouxinhas de cocaína (50 gramas), 26 pedras de crack (10 gramas), 18 tabletes de maconha (35 gramas), materiais para embalo da droga, 2 celulares e 3 folhas contendo a prestação de contas do tráfico de drogas.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e a traficante foi encaminhada à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Cotidiano

Extra do FPM cai dia 9 na conta das prefeituras do Acre e pode passar dos R$ 24,8 milhões

Publicado

em

Na próxima quarta-feira, 9 de dezembro, o 1% adicional do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do final do ano entra nas contas das 22 prefeituras do Acre.

Os municípios acreanos devem partilhar de R$ 24.853.950,00, segundo estimativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

A instituição acredita que o valor será na faixa dos R$ 4,6 bilhões para todos os municípios brasileiros e lembra que a verba é um marco da luta municipalista e resultado da união dos gestores municipais brasileiros.

Segundo indica levantamento da CNM, a arrecadação total dos Impostos Sobre Produtos Industrializados e de Renda (IPI e IR) pode chegar a alcançar o montante de R$ 439.932 bilhões este ano, conforme mostra o relatório de avaliação fiscal do Ministério da Economia. A partir dessa previsão, os Estudos Técnicos da CNM calcula o valor do 1% do FPM de dezembro.

Se esse valor se confirmar, ele será 10,3% menor que o montante arrecadado no mesmo período do ano passado e 6,4% inferior à previsão trazida na Lei de Orçamento Anual (LOA 2020). Tal resultado é consequência das medidas restritivas de enfrentamento à pandemia da Covid-19; mas há uma tendência de crescimento da receita de 15% em novembro e dezembro.

Ao comparar o valor da projeção deste ano com os valores transferidos no ano passado – R$ 4,5 bilhões – o FPM extra será 3,2% maior. Considerando o montante deste ano, de 2007 a 2020, o do 1% de dezembro representa R$ 43 bilhões a mais repassados aos cofres municipais.

Continuar lendo

Cotidiano

Acusado de matar morador de rua com tijoladas na cabeça é preso em Rio Branco

Publicado

em

Uma ação de investigação da Polícia Civil por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão do morador de rua Edivan Melo de Araújo, na manhã desta segunda-feira, 30, em Rio Branco.

Melo é acusado de matar outro morador de rua, Darcy da Costa Coelho, de 61 anos, mais conhecido por populares como ‘Didi’, a golpes de tijolo no dia do seu aniversário, em 12 de setembro deste ano, em uma pizzaria abandonada nas proximidades do Canal da Maternidade, no bairro Capoeira, em Rio Branco.

De acordo com informações dos Agentes de Polícia Civil, a prisão de Edivan ocorreu depois da oitiva de testemunhas que no dia do fato presenciaram as agressões contra ‘Didi’.

A polícia informou a reportagem do ac24horas, que durante o interrogatório, o acusado disse ao delegado que não lembrava dos fatos, pois estava sob efeito de drogas e bebida alcoólica.

Edivan foi encaminhado à Delegacia especializada e agora ficará a disposição da justiça judiciária.

Continuar lendo

Cotidiano

Governo anuncia R$ 2 milhões para bioeconomia e inclui projeto de expansão do açaí no Acre

Publicado

em

Foto: Divulgação

A Embrapa do Acre anunciou nesta quarta-feira (2) que o Ministério da Agricultura pretende aplicar R$ 2 milhões em projetos de bioeconomia na Amazônia.

Entre os contemplados está o projeto Cultivo Racional de Açaizeiro, que vai combinar diferentes frentes de trabalho (pesquisa, extensão e produção) para fortalecer a cadeia produtiva de açaí na região de Tarauacá e Feijó (Regional Tarauacá-Envira).

Dentre as atividades a serem desenvolvidas com aproximadamente 500 beneficiários estão a capacitação de extrativistas e técnicos locais em boas práticas, a capacitação de batedoras caseiras e pequenas agroindústrias familiares quanto às normas da vigilância sanitária, a realização de intercâmbios e seminários técnicos para fortalecer as relações interinstitucionais dos atores participantes da cadeia produtiva.

O projeto prevê também a instalação de duas Unidades de Aprendizagem e duas Unidades de Referência Tecnológica para implantação de cultivo de açaí solteiro (Euterpre precatória) e (Euterpe oleracea), além da construção de dois viveiros de mudas de açaí solteiro. Tudo será coordenado pela Embrapa Acre em parceria com a Instituto Federal do Acre (IFAC).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas