Conecte-se agora

“Galo Cego” é morto após troca de tiros com a polícia, na Capital

Publicado

em

Um homem identificado como Augusto, vulgo “Galo Cego” foi morto e o adolescente C.S.S, de 15 anos, foi ferido com um tiro após fazerem um arrastão e trocar tiro com a polícia na tarde desta quinta-feira (10) no Polo Geraldo Mesquita na região do bairro Calafate em Rio Branco.

A Polícia foi informada via Ciosp que havia sete homens membros de uma organização criminosa, armados, fazendo um arrastão no km 5 da rodovia AC-90, Estrada Transacreana. Ao se deslocaram até o local a guarnição se deparou com os criminosos que saíram em fuga em motocicletas em direção ao ramal do Sinteac, em seguida entraram no Polo Geraldo Mesquita.

Ao chegar numa área de mata os quatro bandidos abandonaram às duas motos e entraram na mata correndo. Durante a perseguição policial, os criminosos trocaram tiros com os policiais e Augusto foi ferido com um tiro no peito e caiu soltando sua arma, já o adolescente de 15 anos, foi ferido com um tiro no braço, os outros dois faccionários fugiram na mata.

Várias rondas foram feitas na região em busca dos outros três bandidos, que seguiram em outra direção. A polícia se deparou com Rudson Costa Nunes, de 24 anos, numa motocicleta próximo ao açude comunitário na região. Em posse de Costa foi encontrado um simulacro.

Duas Ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionada e ao chegar no local, Augusto que já se encontrava morto. Já o adolescente de 15 anos, foi encaminhado primeiramente a UPA Franco Silva, na Sobral, e em seguida ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável.

Na ação da polícia foi apreendida três motocicletas, uma pistola que estava ao lado de Augusto que morreu na troca de tiro, um simulacro e vários pertences das vítimas que estavam em duas mochilas.

A área onde estava o morto foi isolada pela Polícia Militar até a chegada dos peritos em criminalística. O corpo de Augusto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas