Conecte-se agora

Flaviano Melo: “o MDB não precisa de governo para viver”

Publicado

em

O presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo, reagiu ontem com dureza à afirmação feita ao ac24horas pelo governador Gladson Cameli de que vai convocar uma reunião com o MDB, para que seus dirigentes digam ou não se, eles se encontram representados no governo. “O MDB não precisa de governo para viver. Pode marcar a reunião que conversaremos. Se não nos quiserem no governo não tem nenhum problema”, falou o velho lobo emedebista ao BLOG DO CRICA. Para Flaviano, um partido do porte do MDB não aceitará nunca ser colocado na parede por ninguém. “Com o Glorioso, não!,” assinalou. Flaviano diz que faz das palavras do presidente nacional do MDB, deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), que acabou de ser eleito, também,  as suas palavras: “Nosso partido não precisa de governo para sobreviver, somos muito maiores do que isso e continuaremos juntos, unidos e fortes movendo o Brasil”. O líder do MDB na Assembléia Legislativa, deputado Roberto Duarte (MDB), diz também que não aceitará pressão sobre o seu posicionamento político na ALEAC. “Se o Gladson quiser uma reunião terá que pedir pelos canais legais, que é um convite á direção regional e à liderança do MDB no Legislativo”, avisou Duarte (MDB). O parlamentar endossa as posições de dirigentes da executiva regional que a participação das secretárias Maria Alice e Eliane Sinhasique não representa o MDB no governo, porque não foram indicadas pela direção regional, mas uma escolha pessoal do governador. É saber agora se o governador Gladson Cameli vai mesmo chamar esta reunião ou foi mais um rompante.

FORRÓ COM BUMBO FURADO

A oposição na ALEAC colocou ontem a base do governo para dançar forró com bumbo furado. Aproveitaram o momento em que o presidente Nicolau Junior (PROGRESSISTAS) estava fora e a mesa era presidida pelo deputado Jenilson Lopes (PSB), que arquivou o Projeto de Lei enviado pelo Gladson que modificava os vetos derrubados da LDO. E não há como desarquivar.

 AULA DE REGIMENTO INTERNO E CONSTITUIÇÃO

O que acontece é que a oposição é composta de deputados da área jurídica e dos que conhecem o Regimento Interno e a Constituição Estadual. O argumento do arquivamento foi de inconstitucionalidade e pelo Regimento a matéria só pode voltar ao debate em 2020.

GOLPE DURO

Foi talvez a derrota mais dura sofrida pela majoritária base do governo ante a minoritária oposição. O governo tinha como certo que aprovaria o projeto ontem em regime de urgência. Mas não contava com o fato que na hora da apresentação quem estaria na presidência seria um deputado da oposição, Jenilson Leite (PSB). Ou seja, não combinaram com os russos.

DORMIU DE TOUCA

Foi a primeira dormida de touca do líder do governo, deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS), depois que reassumiu a função. O problema do Gerlen não é a competência – é um dos mais qualificados da ALEAC – mas o seu temperamento explosivo de achar que tudo se resolve pela pressão e não dialoga. Há um Regimento Interno que não pode ser atropelado. Não entendeu.

VAMOS COLOCAR NA REALIDADE

Vamos colocar no seu devido lugar o resultado da última pesquisa da TV-GAZETA sobre o governo. A aprovação do Governo Gladson é 34% de Ótimo e Bom. Não vou entrar no grupo que para lhe agradar somou o Regular (erradamente) para turbinar seu número para 65%.

É O QUE SE VEM FALANDO

Quando se critica a gestão da secretária de Saúde, Mônica Feres, não é nada pessoal. A pesquisa comprovou que a Saúde não vai bem. 46% disseram que continua tão ruim como no governo passado; 29% que piorou, e apenas 19% que melhorou. Não dourem a pílula!

OUTRO DADO A SER ANALISADO

Pela pesquisa, 43% dos entrevistados não confiam no governo Gladson Cameli. E 42% confiam. É para acender a luz vermelha. Não são números que devem ser comemorados pelo governo.

OUTRO CALO

 Na Segurança, 33% dos ouvidos acham que continua ruim como no governo passado, que piorou 28% e 36% que melhorou. Somados os dois índices negativos se chega a 51% de reprovação. E para o governo se debruçar nestes números e repensar as metas.

TAMBÉM A REALIDADE

Os números de aprovação da prefeita Socorro Neri também não são 75% de aceitação, mas 36% – dois pontos acima do governo – e não se ajuda em nada a quem está no poder turbinar seus números de popularidade. Melhor a verdade do que a peça de ficção como alguns forjam.

 ERRO TREMENDO

Não se ajuda um governador ou um prefeito turbinando números. É como servir piranambu e dizer que é caviar. Não se pode copiar um modelo que não deu certo. Era marca registrada dos governos do PT, turbinar falsamente números das pesquisas misturando Ótimo-Bom-Regular.

AS URNAS PROVARAM O ERRO

O resultado das urnas, que massacrou o governo do Tião Viana, mostrou de que não adianta fazer ficções com números de aceitação, porque na hora do voto a farsa é desmistificada.

NÃO COMEMOREM E NEM CHOREM

Sobre a pesquisa da TV-GAZETA para prefeito de Rio Branco, quem saiu na frente não comemore e quem ficou atrás não chore. E por um motivo forte: a pesquisa mostrou que 63% dos entrevistados disseram que não sabiam em quem votar. A pesquisa perde ai seu valor de aferição. Sem falar que estamos a um ano antes da eleição. E que uma pesquisa só servirá de parâmetro quando se conhecer quem realmente será candidato a prefeito. E ponto final.

QUE MALDADE!

Setores do PT defendem o nome do secretário municipal de Saúde, Otoniel, para ser o vice numa chapa da prefeita Socorro Neri, caso decida disputar a reeleição. Nada contra sua honra, mas o Otoniel é um petista da ala radical do partido. Que maldade, seria com a Socorro!

ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA

O chefe da casa civil, Ribamar Trindade, é uma das pessoas mais corretas que conheço. Sobre as suas economias pessoais faz o que bem entender, porque não se trata de dinheiro público. É bobagem querer lhe atingir porque fez um empréstimo pessoal antes do governo a um amigo. E até porque como aplica ou deixa de aplicar suas economias não tem satisfação a dar.

AGORA É GUERRA

O deputado Roberto Duarte (MDB) diz que o líder do governo, deputado Géhlen Diniz (PROGRESSISTAS), não vai tratorar a oposição na votação de projetos e terá que seguir o que diz o Regimento Interno. “Qualquer manobra fora do Regimento será judicializada”, avisou.

NO MEU NINGUÉM TASCA

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) é pragmático em relação ao não ceder as suas emendas parlamentares para serem usadas pelo governo: “Eu não dou palpite sobre como o Gladson vai usar o deixar de usar o seu orçamento, nunca fui consultado”.

FINANÇAS ESTRUTURADAS

O fato da prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, continuar levando bem a gestão neste momento de crise tem um motivo certo, o de ter na frente da Secretaria de Finanças um expert na área, como o Tadeu Hassem, que tem conseguido manter o equilíbrio fiscal.

NATURAL EM TODA ADMINISTRAÇÃO

Sem sentido qualquer crítica ao fato do governador Gladson Cameli estar pedindo autorização ao Legislativo para contrair um empréstimo. É como em todos os governos. E só se consegue empréstimo quando se tem sanidade fiscal. E o valor sendo bem aplicado, sem problema.

O CONTRADITÓRIO É SAGRADO

Como o nome do ex-prefeito Vagner Sales foi citado na coluna como alguém que tenta criar dificuldades ao prefeito Ilderlei Cordeiro, não podemos deixar de atender ao pedido para se colocar sua versão. Diz não ter problema pessoal com o Ilderlei. Que é contra passar mais de 1 milhão e 500 mil reais para uma ONG. Passar mais de 1 milhão de reais para uma Fundação. De manipular gastos com pessoal para enganar o TCE e contratar um empréstimo de 15 milhões de reais. 

ESTE É O PROBLEMA

Em momento algum a prefeita Socorro Neri disse ser a favor do reajuste no preço das passagens de ônibus. A análise é feita pelo Conselho Municipal de Transporte. É aí que mora o perigo: este Conselho, não só nesta gestão, mas nas demais, sempre foi simpático ao que pedem os empresários. Outro problema é que as empresas prestam um serviço de baixa qualidade.

SEM TELHADO DE VIDRO

Não tenho bola de cristal, mas se a prefeita Socorro Neri disputar a reeleição é improvável que não esteja no segundo turno. A sua gestão tem sido muito produtiva. E ainda tem ao seu favor mais um ano de trabalho antes de chegar a eleição. E não tem telhado de vidro na campanha.

CESÁRIO NOVAMENTE

O presidente do PT, Cesário Braga, deverá ser reeleito na eleição para a composição da executiva regional no Congresso Estadual do partido, com início 19 de outubro. Não sei se alguém do PT faria melhor do que o Cesário nestes tempos bicudos fora do poder

FRASE DO DIA

“O teste da coragem vem quando estamos em minoria; o teste da tolerância, quando estamos em maioria”. Ralph W. Sockman, Pregador americano.

 

 

Propaganda

Blog do Crica

Pesquisas decidirão candidatura do Progressistas 

Publicado

em

O governador Gladson Cameli  disse ontem através da sua secretária de comunicação, Silvânia Pinheiro de que o PROGRESSISTAS, seu partido, ter candidato próprio a prefeito de Rio Branco este ano vai depender diretamente das várias pesquisas eleitorais que serão feitas durante o período antes das convenções. Se aparecer nas aferições um nome bem situado do partido, destacou que neste caso não terá como conter o lançamento de uma candidatura própria. No áudio enviado ontem ao BLOG DO CRICA, a secretária disse estar o secretário Thiago Caetano liberado para tentar viabilizar o seu nome e que, o governador o considera um de seus mais importantes auxiliares e com todas as condições de ser candidato a prefeito. Mas quem vai dizer se o Thiago será candidato a prefeito será como ele vir a aparecerá posicionado nas pesquisas de opinião pública, destacou Silvânia. O Gladson, ao que indicam as declarações da secretária, optou pela cautela antes de definir sobre seu apoio a uma candidatura à PMRB.

NÓ GÓRDIO

O problema do PROGRESSISTAS é que, mesmo o partido estando no comando do Estado com o filiado Gladson Cameli, não tem um nome de densidade eleitoral para se cacifar de pronto na disputa da PMRB. Por isso, o Thiago Caetano tem de correr contra o relógio para se viabilizar.

ERA PARA TER LARGADO

O comando do PROGRESSISTAS dormiu no ponto na questão da candidatura a prefeito de Rio Branco. Era para estar trabalhando um nome desde o ano passado e não entrar de afogadilho.

NEM COMO PENSAR

A corrida eleitoral chegou a um estágio em que não há nem como se pensar em uma candidatura única no campo dos partidos que integraram a aliança que elegeu o Gladson, porque o MDB, SOLIDARIEDADE e PSDB, estão com candidatos definidos e irreversíveis.

COLIGAÇÃO DOS NANICOS

A prefeita Socorro Neri vai ter como único escape para as alianças – se candidata à reeleição for – a companhia dos partidos nanicos, que na verdade são quase cartoriais e existem no nome. É o caso do PODEMOS, que gira  em torno dos irmãos Raimundinho e Railson Corrêa.

SONHO RECOLHIDO

O vereador Emerson Jarude recolheu o sonho de ser candidato a prefeito de Rio Branco, deve filiar-se ao MDB, mas para disputar a reeleição e apoiar o amigo Roberto Duarte à PMRB.

PARA DEFINIR A PARADA

Uma comissão de notáveis do MDB vai hoje à Brasiléia para ver se desata o nó da sonhada candidatura da ex-deputada Leila Galvão a prefeita do município, pelo partido. Terão uma conversa decisiva. O MDB sabe não ter nome nos atuais quadros da oposição para bater a bem avaliada prefeita Fernanda Hassem (PT), por isso o movimento para filiar a Leila no MDB.

“NADA A VER COM ESTA BESTEIRA”

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) disse não ter “nada a ver com a besteira” de erguer dois dinossauros na entrada da cidade para atrair turistas, como quer a tagarela secretária de Turismo, Eliane Sinhasique. “Destinei uma emenda parlamentar para alavancar o turismo, não para fazer pórtico com estátuas de dinossauros. Quem é que vai vir ao Acre para ver replicas de dinossauros?” Foi a indagação que fez ontem irritado ao BLOG, o autor da emenda.

NENHUMA CONVERSA

O presidente do diretório municipal do MDB, deputado Roberto Duarte, descartou ontem ao BLOG qualquer iniciativa de aproximação política com o governador Gladson Cameli, que implique em o partido não ter candidato á PMRB e a independência de suas posições.

FORA DO CENÁRIO

O senador Petecão (PSD) admitiu ontem ao BLOG DO CRICA que está ciente de que a prefeita Socorro Neri não deixará o PSB para disputar a prefeitura pelo PSD. E acha difícil a vinda do ex-prefeito Angelim (PT), com quem terá uma última conversa dia 5 próximo, de entrar no PSD.

TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO MDB

Neste contexto, Petecão admite que tudo caminha para fechar uma aliança do PSD com o MDB, para apoiar a candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB) à prefeitura de Rio Branco. Neste contexto o PSD, por certo, poderá indicar Marfisa Galvão (PSD) de vice.

CANTO DA SEREIA

O prefeito do Bujari, Romualdo de Sousa, caiu no canto da sereia dos dirigentes regionais do PROGRESSISTAS para deixar o PCdoB , entrar no partido e se deu mal, porque a cúpula municipal se recusa a chancelar seu nome como candidato à reeleição da sigla.

EQUÍVOCO GRANDE

Os prefeitos que deixaram os seus partidos de origem para entrar no PROGRESSISTAS, cometeram um equívoco grande ao avaliar que estando no partido do governo terão facilidades para se reeleger. Vão ser avaliados pelo que fizeram ao longo dos mandatos.  

DECISÃO SEDIMENTADA

A candidatura do empresário Jarbas Soster (AVANTE) para a prefeitura de Rio Branco é decisão sedimentada, segundo o próprio. Será uma candidatura descolada do governo e da prefeitura.

NÃO DÁ PARA ENTENDER

Manuel Urbano é um município diminuto, de poucas ruas, poucas casas, onde todo mundo sabe quem é quem. Como é que a polícia deixa proliferar uma organização criminosa, ao ponto de se ter matança bárbara, como o esquartejamento de uma pessoa, manchete da mídia?

ELUCIDAÇÃO RÁPIDA

Pelo menos, o homicídio foi elucidado e os autores do barbarismo foram presos em seguida.

ADVERSÁRIO INTERNO

O colega de jornalismo Rogério Wenceslau entra no jogo da disputa pela prefeitura de capital. Um nome qualificado, o seu maior adversário está no seu próprio partido, o PSL, que não tem uma estrutura forte, que possa dar suporte á sua campanha. Este será o principal obstáculo.

NÃO FUNCIONOU

O jornalista Rogério Wenceslau (PSL) terá também de procurar outro mote de campanha que não seja centrado no presidente Jair Bolsonaro. Eleição municipal é regionalizada. Vide o Bolsonaro, que explodiu de votos no Acre e seu candidato ao governo, Ulysses Araújo, teve uma votação pífia. Mas deixando a observação de lado, sua candidatura melhora o debate.

CANDIDATO EM CADA ESQUINA

A eleição vem com um fato novo, o grande número de candidatos a prefeito. A saber, até aqui: Roberto Duarte (MDB), Socorro Neri (PSB), Vanda Milani (SD), Sanderson Moura, Jarbas Soster (AVANTE), Pedro Longo (PV), Minoru Kinpara (PSDB) e o nome a ser definido pelo PT.

PARA TODOS OS GOSTOS

 Ao todo poderemos ter oito candidatos disputando a prefeitura de Rio Branco, o que é salutar para a democracia, porque deixará ao eleitor maiores opções para dar o seu voto à PMRB.

DEVE ESTAR RADIANTE

Quem toda razão para estar radiante com o grande número de candidatos é a prefeita Socorro Neri, nada melhor para quem estar no poder a pulverização de votos com vários candidatos.

NÃO ENTENDI

Não deu para entender a razão pela qual o sindicato da Saúde está se posicionando contra a adoção do ponto eletrônico na SESACRE. Não é uma medida moralizadora para evitar a falta ao trabalho? É tudo simples: basta o servidor comparecer ao trabalho no horário estipulado.

A MESMA REGRA

A mesma regra se aplica aos médicos. Quando se tem um contrato de trabalho há uma carga horária a ser cumprida. O ponto eletrônico não trará problema algum ao bom profissional.

NÃO SE EMENDA

Tião Bocalom, pela votação obtida, teria ganhado uma vaga de deputado federal no campo político que apoiou o governador Gladson Cameli. E olhe que, não faltaram convites! Foi acreditar que o Bolsonaro ia transferir votos ao candidato ao governo do PSL e se ferrou. Agora acalenta que pode ser deputado pelo tapetão. Pode até ser, mas fica na base do “se”.

VAI DAR MERDA

Esta prática rotineira de secretário pegar carona em licitações vai dar merda. Aguardem!

NÃO SABE QUANTO CUSTA

O governo está dando fardamento de graça e ainda tem gente reclamando das cores do uniforme, como se fosse para participar de um desfile de moda e não para ter acesso às aulas. Quem reclama não sabe quanto custa a um pai de família pobre bancar a farda dos filhos.

EXTREMA CONFIANÇA

Não é de graça que o senador Márcio Bittar (MDB) vem sendo escalado para ser o Relator dos projetos mais importantes do governo Bolsonaro, a escolha se dá por ele ser confiável e estar afinado ideologicamente com a pauta econômica do governo. Está em alta no Planalto.

FRASE DO DIA

“Na política, os ódios comuns são a base das alianças”. Alexis de Tocqueville.

 

 

Continuar lendo

Blog do Crica

Histórico do PT quer Nazaré no jogo 

Publicado

em

O militante político petista da velha guarda, Abrahim Farhat, o Lhé, está entre os que defendem a necessidade do PT ter um candidato próprio para a prefeitura de Rio Branco nesta eleição. Em conversa com o BLOG DO CRICA deu como sugestão ao partido que colocasse no debate para ser este nome, a ex-vice-governadora Nazaré Araújo, segundo ele, por ser alguém sem arestas e trazer o simbolismo do pai, o ex-governador José Augusto, que foi cassado no regime ditatorial. Diz ainda na defesa da sua proposta o fato de ela ser mulher, o que seria um atrativo político a mais. Liguei para um amigo da cúpula petista para saber sua opinião e se a ideia teria chance de decolar. Foi pessimista, achou que na campanha, a Nazaré representaria o fracasso da gestão da qual foi vice, que foi varrida do poder no primeiro turno.

ABRAÇO DOS AFOGADOS

O fato do PSB poder ter quatro vereadores na legenda na disputa da eleição para a Câmara Municipal de Rio Branco, longe de ser benéfico, é um complicador. Quem é o candidato novo que vai querer entrar nesta chapa para ser bucha de canhão? Lembra o abraço dos afogados.

BOA VANTAGEM

Os partidos que não possuem nenhum vereador nos seus quadros levam uma vantagem na formação de chapas para a Câmara Municipal de Rio Branco Pelo fato de não terem que competir com medalhões, torna mais atrativo a vinda de candidatos novos á disputa.

BRINCADEIRA DE CRIANÇA

“Milhares de pessoas vão aos EUA ver ratos falantes e milhares podem vir ao Acre ver réplicas de dinossauros”. Secretária de Turismo, Eliane Sinhasique. My God! A Pequena destemperou! Os “ratos falantes” que cita é a Disneylândia, o maior complexo mundial de entretenimento e fantasias. Comparar a Disneylândia com duas estátuas de dinossauros é brincadeira de criança.

DA FLORESTANIA Á PRÉ-HISTÓRIA

 Triste do Estado que foca seu desenvolvimento em estátuas de dinossauros. Reproduzo uma frase que vi na internet: “Acre, da Florestania á Pré-História”. Saio, agora, do inócuo debate .

COISAS MAIS INTERESSANTES

Vamos falar agora de algo que interessa à coletividade. Não vejo como populismo a decisão do governador Gladson Cameli de fazer doação de uniformes escolares aos alunos da rede estadual, mas como mão amiga. Milhares de famílias mal têm para o alimento de cada dia.

IDEAL É GERAR EMPREGOS

Claro que o ideal é gerar empregos e renda a estas famílias, mas enquanto isso não ocorre, a medida não deixa de ser uma ajuda. Não se derruba o nível do desemprego em tempo curto.

O POVO PEDE COMIDA

Na última entrevista que fiz com o governador Gladson Cameli, na virada do ano, este me relatou comovido que nas andanças nos bairros, ouviu muitas vezes, ao invés de pedido de brinquedos, pedido de ajuda para comprar comida. Isso é que tem de gerar forte debate.

NADA MAIS RÁPIDO

Não existe algo mais rápido para gerar emprego e renda do que ativar a Construção Civil.

CAMELO CONTINUA

A coluna teve ontem a informação que a secretária Socorro Camelo não sairá da Comunicação da prefeitura de Rio Branco. Nem tinha razão de ser. É afinada com a prefeita e a imprensa.

COORDENADOR DE CAMPANHA

O ex-senador Jorge Viana assumiu a coordenação política na formatação de uma candidatura à prefeitura da capital do PT. É o responsável pelas conversas de aglutinamento. Está muito próximo do ex-governador Binho e do ex-prefeito Marcus Alexandre nesta missão política.

NOMES POSTOS

Os nomes citados até aqui no debate interno são do Angelim, Binho Marques e Daniel Zen.

NÃO DEIXA O PSB

A fonte é segura. A prefeita Socorro Neri não deixará o PSB. Está descartada a filiação no PSD.

QUADRO FAVORÁVEL

Até aqui se contabiliza cinco partidos anunciando candidatos a prefeito de Rio Branco. A se configurar este número seria um quadro favorável à candidatura da prefeita Socorro Neri ir ao segundo turno, pela pulverização dos votos, por não estar mal na gestão, e disputar no cargo.

MUDOU A CONFIGURAÇÃO

O MDB mudou a configuração do perfil em que era sempre citado como o “partido do Flaviano Melo”, abriu as portas para a chegada de novos nomes, os rumos não são mais discutidos num grupinho restrito da cozinha emedebista, mas num universo amplo, e deu uma remoçada.

NO JOGO PARA VALER

E os resultados vieram. O MDB tem certos 18 candidatos a prefeito e pode chegar aos 19.

DERROTA DOS MEDALHÕES

Nos últimos anos a prefeitura de Tarauacá vem sendo comandada pelo cartel político dos Damascenos e Vitorinos, com um de seus membros se alternando no poder a cada eleição. Na campanha deste ano os nomes apontados como favoritos não integram nenhum dos dois clãs.

CONFRONTO DEFINIDO

Em Cruzeiro do Sul, o confronto pela prefeitura do município indica estar definido, entre o prefeito Ilderlei Cordeiro (PROGRESSISTAS) e o filho do ex-prefeito Vagner Sales, o Fagner Sales (MDB). Não creio que possa aparecer um nome alternativo para desbancar um dos dois.

COM FICARÃO?

Resta saber como ficarão o PT e o PCdoB, que não terão candidatos a prefeito do município.

BEM MAIS ACIRRADOS

Os debates na Assembléia Legislativa tendem a ser mais acirrados este ano, devido a disputa das prefeituras, que envolverá diretamente todos os parlamentares. E também se acentuarem as cobranças da oposição, por já ter passado mais de um ano do governo Gladson Cameli. 

TERIA QUE HAVER AFINAÇÃO

A adoção da marcação de consultas por telefone anunciada pelo Gladson seria um avanço formidável se as coisas na SESACRE funcionassem azeitadas entre os seus mais diversos setores, e sabe-se que isso não ocorre. O próprio governador diz estar a Saúde um “caos”.

RESOLVER O BÁSICO

O que precisa ser resolvido de imediato é a falta de médicos e de medicamentos nas unidades de saúde. Resolvida esta equação, se teria avançado positivamente para tirar a Saúde da UTI.

 BOA REFREADA

A estratégia de espalhar barreiras policiais por pontos estratégicos da cidade deu uma boa refreada no número de roubos de carros, que tinha alcançado patamares alarmantes. A Segurança tem muitos problemas ainda para chegar ao ideal, mas já se notam os avanços.

PELO MENO NISSO

Pelo menos, nesta gestão não apareceu ninguém querendo combater o crime com apitos.

LEI É PARA TODOS

O MP Eleitoral é só ficar atento ás redes sociais que vai ver parlamentar federal levando candidato declarado a prefeito da capital para visita às repartições públicas. Lei é para todos.

CIDADE DO MEDO

A Cidade do Povo virou a cidade do medo, um dos bairros mais perigosos de Rio Branco. Boa parte dos assaltos que acontecem na capital tem a sua origem no lugar. O caso deste empresário seqüestrado e torturado foi apenas mais um no registro de crimes no bairro.

QUEM GANHA SOU EU

Para o repórter Chiquinho TK, quem ganhará a eleição para prefeito de Tarauacá será ele.

QUAL É A DO PETECÃO?

É a pergunta que ronda dentro do MDB sobre o comportamento político do senador Sérgio Petecão (PSD). Não conseguiu tirar a prefeita Socorro Neri do PSB. E parte para um plano mais ousado e difícil: tirar o Angelim do PT. Seria um gol, mas acho que a bola bate na trave.

NÃO PODE REPETIR

Caso se confirme a negativa do ex-prefeito Angelim para ser candidato a prefeito pelo PSD, não vai restar alternativa ao não ser a de se juntar à candidatura do Roberto Duarte (MDB). Não pode pegar qualquer um para prefeito ou repete o fiasco da candidatura do Fernando Melo à PMRB. O Petecão precisa entrar fevereiro com o destino do PSD definido.

PRIMOR DE SARCASMO

Recomendo a leitura do artigo do ex-deputado Luiz Calixto na sua coluna no ac24horas, com o título: “A pequena piada dos dinossauros gigantes”. Um trecho….a figura de um dinossauro como meio de atrair turistas para o Acre terá o mesmo efeito de usar uma branquela alemã para a ser a Globeleza…. E segue com uma pitada demolidora de humor atrás da outra.

FRASE DO DIA

“Eu sou do tempo em que o ridículo era algo a ser evitado, não um objetivo a ser atingido.” Roana Hermann

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas