Conecte-se agora

Rio de Janeiro e Acre tem as gasolinas mais caras do país

Publicado

em

Os estados de São Paulo e Santa Catarina apresentaram o valor médio do litro mais barato da gasolina em todo país. Por outro lado, Rio de Janeiro e Acre são os estados com o litro mais caro. Contrariando a previsão, o ataque com drones contra infraestruturas petroleiras na Arábia Saudita ocorrido em setembro praticamente não interferiu no preço da gasolina comum no Brasil.

Em setembro, o valor médio do litro do combustível no país foi de R$ 4,524. Dessa forma, mantendo-se praticamente estável em relação ao mês anterior (variação positiva de +0,15%). Em agosto, de acordo com levantamento da ValeCard, o preço médio registrado foi de R$ 4,513.

Com valores médios de R$ 4,049 e R$ 4,157, respectivamente, Santa Catarina e São Paulo mantêm-se no topo do ranking dos preços mais baratos do país. Obtidos por meio do registro das transações realizadas em junho com o cartão de abastecimento da própria companhia em cerca de 20 mil estabelecimentos credenciados. Além disso, os dados mostram que Acre e Rio de Janeiro também permanecem como os estados com o combustível mais caro – R$ 4,982 e R$ 4,894, respectivamente.

Confira o levantamento completo:

A capital com gasolina mais barata é Florianópolis (R$ 3,918), e a mais cara, Rio de Janeiro (R$ 4,895). Florianópolis, aliás, permanece com o único valor abaixo da casa dos R$ 4 em todo o levantamento, incluindo capitais, estados e regiões.

Propaganda

Destaque 6

Embrapa descobre novas pragas da mandioca no Acre

Publicado

em

FOTO: SEBRAE-AC/DIVULGAÇÃO

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) anunciou nesta quarta-feira (23) a descoberta de três pragas da mandioca no Acre.

Estudos taxonômicos com percevejos-de-renda, coletados em cultivos de mandioca do Acre, confirmaram o primeiro registro oficial das espécies Vatiga manihotae e Vatiga illudens para o Estado, e Gargaphia opima para o Brasil, associadas à cultura.

Encontrados em roçados da Terra Indígena Kaxinawá de Nova Olinda, município de Feijó, esses insetos-pragas atacam as folhas da planta e, em altas populações, podem causar perdas na produção. Publicados no periódico EntomoBrasilis, os resultados contribuem para o aumento do conhecimento sobre a distribuição geográfica dessas espécies no País.

A descoberta é fruto de pesquisas de prospecção de insetos, realizadas com o objetivo de identificar as principais pragas da agricultura indígena e orientar alternativas de controle, por meio do projeto “Etnoconhecimento e Agrobiodiversidade entre os Kaxinawá de Nova Olinda – Fase II”, executado pela Embrapa Acre (Rio Branco) e instituições parceiras, entre 2015 e 2018. Nativo das Américas, o gênero Gargaphia é encontrado na Colômbia, Equador, Peru e Bolívia, com espécies associadas a culturas de importância econômica como maracujá, feijão-de-porco e quiabo. Até então, apenas a Gargaphia lunulata (Mayr) havia sido registrada no Brasil, relacionada à mandioca.

A hipótese dos pesquisadores é que a espécie Gargaphia opima Drake tenha migrado de países vizinhos, em função da proximidade do Acre com as fronteiras boliviana e peruana.

O primeiro registro científico da nova espécie de percevejo-de-renda no Brasil permitirá atualizar a lista oficial de insetos-pragas associados à cultura da mandioca, atribuição de responsabilidade do Ministério da Agricultura.

Continuar lendo

Destaque 6

Alunos do projeto Defensores do Futuro visitam à Aleac e Câmara

Publicado

em

Curiosos, entusiasmados e atentos a cada detalhe, assim estavam os alunos o projeto: Defensores do Futuro, nas visitas à Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) e a Câmara de Vereadores de Rio Branco, realizadas na manhã desta quarta-feira, 23.

A ação faz parte da 3ª etapa das atividades com a turma 63, do 6º ano da Escola Serafim da Silva Salgado, contemplados com o projeto. Depois da visita à nova sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Acre (Sebrae), os alunos puderam conhecer a organização do Poder Legislativo, em âmbito estadual e municipal.

Agatha Lissandra, 12 anos, falou sobre a experiência de participar da atividade. “Estou surpresa, pois o que dizem da política nem é tão ruim assim, existem pessoas que realmente estão lá para nos representar. É a primeira vez que tenho a oportunidade de conhecer esses lugares e estou muito feliz, com certeza vou falar para minha família e amigos tudo o que eu aprendi hoje, contou.

O coordenador do Núcleo da Cidadania da Defensoria Pública do Estado, Celso Araújo, avaliou as visitas como positiva e importante para a formação dos alunos. “É por meio de ações como essa que os adolescentes podem sonhar com um futuro melhor, vivenciar o funcionamento de instituições públicas e órgãos, e também ser conscientizados que a educação é o caminho”, disse.

Na Aleac, os defensores do futuro foram recepcionados pelo deputado estadual Roberto Duarte (MDB) e pelo coordenador de Cerimonial e Relações Públicas, Neto Barros que explicaram sobre o ofício dos parlamentares e o funcionamento da Casa Legislativa.

Já na Câmara Municipal, os alunos puderam acompanhar a sessão do dia e logo em seguida, foi cedido espaço para o coordenador do Núcleo da Cidadania, Celso Araújo apresentar o projeto. Mamed Dankar (PT), Emerson Jarude (Sem Partido) e Eduardo Farias (PCdoB ) usaram à tribuna para parabenizar a iniciativa.

O vereador Rodrigo Forneck (PT) foi escolhido pelos demais para apresentar as atribuições dos vereadores e o papel que representam para os munícipes.

A atividade também foi acompanhada pelo diretor da Escola Serafim da Silva Salgado, Veridiano Lima e os integrantes da equipe do projeto, Sandra Xavier, Fernanda Souza, Jairo Silva e Maria Aldina Ferreira.

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.

welcome image