Conecte-se agora

“Nada além disso”, diz prefeitura sobre pedido para reajuste na tarifa de ônibus

Publicado

em

Com a notícia de que empresas de ônibus de Rio Branco já teriam apresentado sugestão para reajuste na tarifa do transporte público coletivo da cidade para R$ 4,71, a prefeitura municipal da capital acreana emitiu uma nota de esclarecimento na noite dessa terça-feira, 8, e confirmou o pedido da revisão do valor da tarifa por parte das empresas, uma vez que a própria legislação, anualmente, ampara tal solicitação.

Entretanto, a prefeitura destaca que o pedido sempre é encaminhado ao Executivo Municipal que, por sua vez, submete à análise do Conselho Municipal de Transporte. “Após extensa análise da documentação fornecida pelas empresas, que inclui planilhas de custos e notas fiscais correspondentes, entre outros, cabe ao Conselho Municipal de Transporte deliberar sobre o pedido de reajuste”.

Somente após a deliberação, o Conselho Municipal de Transporte encaminha a sugestão de um valor tarifário à prefeita Socorro Neri, que pode ou não fixar o valor sugerido. “Mas, por enquanto, não há nada além do pedido de reajuste feito pelas empresas”.

Por fim, a prefeitura explicou que “só se manifestará acerca da solicitação das empresas após a deliberação do Conselho Municipal de Transporte, na forma prevista em lei”.

Na noite de ontem, membros do Conselho Tarifário se posicionam negativamente à notícia de reajuste no preço da passagem de ônibus em Rio Branco.

O presidente da União das Associações de Moradores de Rio Branco (Umarb), Oséias Silva, disse que “com o voto da Umarb esses sem noção não vão contar”. O presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Acre, Richard Brilhante, que representa os estudantes de nível superior no Conselho, também antecipou seu posicionamento. “Manifesto meu voto contrário a qualquer aumento”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas