Conecte-se agora

Ana Paula Cameli: “as críticas são um termômetro”

Publicado

em

Ana Paula Cameli, a primeira-dama do governo, tem se mostrado completamente diferente das mulheres da maioria de ex-governadores, que fizeram do posto um trampolim para ampliar o status social. Reservada, ao invés de grandes reuniões com as madames do high society para conversar trivialidades, fez a opção de se engajar em ações sociais que possam ajudar a gestão do marido e governador Gladson Cameli. O seu perfil é despojado, visita hospitais, maternidades, escolas,discute ações que possam ajudar as mulheres, não vive nas manchetes dos órgãos de comunicação, optando pelo fazer com recato, sem querer aparecer. O BLOG DO CRICA quebrou este ciclo e foi saber como Ana Paula encara o contexto do governo do marido. Foi questionada na entrevista que concedeu ontem ao BLOG também sobre o que ela pensa de temas polêmicos como o feminismo; aborto e identidade de gênero. Diz que: “o amor está acima de qualquer conflito de idéias”. Falou das críticas que a administração do seu marido sofre da oposição, deixa em aberto se um dia será candidata a cargo eletivo; confessa que, ela debate sobre política com o governador e diz que faz parte da rotina política do casal ouvir as reclamações populares. Sobre o casamento diz que o diálogo prevalece nestes 12 anos em que estão juntos. Abaixo, a entrevista exclusiva ao BLOG DO CRICA:

BLOG DO CRICA – SÃO DEZ MESES QUE O SEU ESPOSO GLADSON CAMELI CHEGOU AO GOVERNO. COMO VOCÊ TEM ENCARADO O DESAFIO DE SER PRIMEIRA-DAMA?

ANA PAULA CAMELI – Tenho muita honra e entusiasmo em está vivendo esta fase da minha vida em que tenho me dedicado a não somente apoiar o meu esposo junto ao seu trabalho como governador do Estado do Acre, mas a participar e construir um futuro melhor para as pessoas. Este é, sem dúvida, um desafio que tenho vencido a cada dia, principalmente superando meus limites por ser uma pessoa muito reservada, mas com toda certeza o povo do Acre merece todo meu compromisso, e agradeço imensamente por está sendo acolhida com tanto respeito e carinho. Me foi dada a missão de ser primeira-dama , e estou fazendo o possível para honrar essa confiança e esperança de nossa gente trabalhando diuturnamente para conquistarmos juntos a mudança que nós tanto acreditamos ser o caminho do desenvolvimento e justiça social para o Acre.

“GLADSON É UM POLÍTICO NATO”

BLOG DO CRICA – VOCÊ PASSA A IMAGEM QUE DEIXOU DE LADO O PERFIL TRADICIONAL DE UMA PRIMEIRA-DAMA FESTIVA E OPTOU PELO RECATO E AÇÕES SOCIAIS. POR QUAL MOTIVO?

ANA PAULA CAMELI – Eu acredito no trabalho social, acredito que temos que nos colocar no lugar do próximo. Acredito que falta amor, que temos que trabalhar com amor, e trabalhar de uma forma que tire a família da vulnerabilidade, não só prestando assistencialismo com doações, e sim dando oportunidades de trabalho, que regenere a família. Dessa forma procurei dentro do nosso estado ferramentas e propostas em cima de ações que já existem e não criar uma “marca” pessoal para fomentar essas ações, e sim que levem o nome do Estado do Acre e permaneça mesmo pós-mandato do meu marido porque o Acre pertence ás pessoas. Enfim, meu projeto político é ajudar o povo acreano e estar sempre ao lado do Gladson, em qualquer circunstância.

“AS CRÍTICAS SÃO UM TERMÔMETRO”

BLOG DO CRICA – VOCÊ GOSTA DE POLÍTICA. VOCÊ E O GLADSON DISCUTEM FATOS POLÍTICOS?

ANA PAULA  CAMELI – A política faz parte do dia-a-dia de qualquer cidadão. Eu e Gladson conversamos e debatemos na nossa rotina. Gladson tem essência política, é um político nato. Eu estou participando ativamente de vários temas. Principalmente os relacionados às ações sociais, nas áreas de saúde, segurança e educação.

BLOG DO CRICA – VOCÊ DÁ PALPITES E SUGESTÕES SOBRE O GOVERNO DO GLADSON?

ANA PAULA CAMELI – Nós conversamos muito, apesar das agendas corridas. Eu tenho percorrido bastante o estado, visitando escolas, hospitais, instituições e transmito a ela o meu olhar e as informações que chegam até mim, assim como as pessoas que recebo no meu gabinete. Dessa forma, através de vários pontos de vistas, apresento sugestões para o governo.

BLOG DO CRICA – COMO ESPOSA, COMO CIDADÃ, COMO VOCÊ ENCARA AS CRÍTICAS AO GOVERNO DO SEU MARIDO?

ANA PAULA CAMELI – As críticas são o termômetro e têm sua importância, e sempre vão ocorrer, tanto as construtivas, quanto aquelas que partem de pessoas maldosas. Já venho convivendo com isso desde o ingresso do Gladson na política. Tenho consciência que meu esposo e minha família sofrem as conseqüências de sermos pessoas públicas, mas isso não nos tira do foco e não irá nos desanimar para executar os planos que o Gladson e toda nossa equipe têm para fazer o Acre voltar a avançar politicamente, economicamente e socialmente.

BLOG DO CRICA – O QUE DEVE SER ENCARADA COMO PRIORIDADE DA SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL?

ANA PAULA CAMELI – Não tem como escolher uma prioridade em uma secretaria de estado, principalmente na Secretaria de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), que atende sérias e grandes demandas que por si só são prioritárias. Uma de nossas prioridades nesse primeiro ano é destravar a burocracia, pois muitos programas estão paralisados por falta de prestação de contas, e em muitos casos sendo detectadas maneiras equivocadas de realizar esses processos. Nesse momento a meta é desburocratizar e conseguir recursos via Governo Federal para a continuidade dos programas básicos de atendimento à população.

BLOG DO CRICA – O FEMINISMO, O QUE SIGNIFICA PARA VOCÊ? ABORTO? IDENTIDADE DE GÊNERO?

ANA PAULA CAMELI – O feminismo significa igualdade de direitos entre homens e mulheres, mas não concordo com nenhum conceito fundamentalista. Juridicamente falando, no Brasil aborto é considerado crime, tanto para gestante que pratica em si mesmo como para terceiros que realizam o procedimento. Esse é um assunto polêmico, mas que deve ser debatido por vários aspectos culturais, sociais e religiosos. Não quero e nem devo ser juíza de ninguém. Identidade de gênero, como todos nós sabemos é como cada pessoa se reconhece, se identifica, e também considero uma questão muito particular. Sempre pautei a minha vida pelo respeito  ás pessoas, me baseando pela própria doutrina cristã de que o amor está acima de qualquer conflito de idéias. 

BLOG DO CRICA – VOCÊ PENSA EM DISPUTAR UMA ELEIÇÃO?

ANA PAULA CAMELI – Meu projeto político é ajudar o povo acreano e estar sempre ao lado do Gladson em qualquer circunstância.

BLOG DO CRICA – QUEM DÁ A ÚLTIMA PALAVRA EM CASA, VOCÊ OU O GLADSON?

ANA PAULA CAMELI – Ambos, pois um casamento de 12 anos se mantém na base do diálogo, companheirismo, respeito e do compartilhamento de decisões.

 

 

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas