Conecte-se agora

Justiça ordena que policial que integrou possível milicia seja reintegrado a PMAC

Publicado

em

O Tribunal de Justiça do Acre (TJ/AC) concedeu reintegração imediata ao PM Rodiney Lima Rodrigues ao quadro da Polícia Militar do Estado do Acre (PM/AC), acusado de integrar uma milícia no Amazonas que causou pressão e medo no Seringal Novo Andirá, em Porto Acre. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TJ/AC desta terça-feira (08).

O juiz alegou em sua decisão de reintegração do PM que o “requerente é o único mantedor de seu lar e que seu filho é autista, necessitando de acompanhamento psicoterápico, psicopedagógico e terapia ocupacional para auxiliar no seu desenvolvimento mental.

Por fim, o juiz pediu que seja feito a tutela antecipada, bem como que seja anulada a decisão do Conselho de Disciplina o qual culminou na exclusão do Requerente das fileiras da instituição militar, a fim de que este seja novamente reintegrado ao cargo, sendo condenado o requerido ao pagamento dos salários em atraso com data retroativa ao mês de exclusão do militar.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas