Conecte-se agora

Jenilson cobra Gladson Cameli: “ele votou pela privatização”

Publicado

em

FOTO: REPRODUÇÃO/INTERNET

O deputado Jenilson Leite (PSB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 8, para cobrar uma postura do governador Gladson Cameli em relação as contas de energia elétrica que no último mês de setembro surpreendeu os acreanos com aumentos que ultrapassaram até 100%.

Leite usou como base para a sua crítica a entrevista concedida pelo governador a TV Gazeta, onde ela afirma que não poderia reduzir o ICMS da energia elétrica. “A energisa está assaltando o nosso povo e o Estado não se posiciona. Eu queria convocar o governador para entrar na luta para participar dos debates até porque ele foi um dos senadores na época que aprovaram a privatização da Eletroacre”, disse.

O parlamentar argumentou ainda que é muito fácil para o Chefe do Palácio Rio Branco falar uma coisa e fazer outra. “Não adianta ele falar que ele como cidadão baixaria o ICMS, mas como governador não tem condições. Isso não pode. Temos que ter apoio dele para lutarmos por isso”, enfatizou.

Outro tema abordado pelo deputado foi a saúde pública. De acordo com Leite, o Hospital de Tarauacá tem enfrentado dificuldade alimentar seus pacientes e relatou a dificuldades desses pacientes em sair de Tarauacá para as cidades de Feijó ou Cruzeiro do Sul. “O Estado não está dando apoio e muito menos alimentação para essas pessoas”, destacou.

“O governador parece uma entidade. O governador pensa de uma maneira, mas o governo vai para o outro rumo. Eu digo isso porque ele nunca assume a responsabilidade de resolver. O fato é que o governo prometeu demais quando estava em campanha”, finalizou.




Propaganda

Acre

Saúde zera demanda de saída e retorno do TFD no Estado

Publicado

em

Emissão de bilhetes do Tratamento Fora de Domicílio dependia da liberação do orçamento geral do estado, que aconteceu no dia 20

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), restabeleceu nesta quarta-feira, 22, o sistema de emissão de passagens para os pacientes do sistema de Tratamento Fora de Domicílio (TFD).

A Sesacre estava no aguardo da liberação do orçamento do Estado, ocorrida no último dia 20, para então poder emitir, pelo menos, 138 passagens de retorno ao Estado e de deslocamento para fora do Acre.

“São 74 viagens de retorno para o estado, que já estão acontecendo, sendo 37 delas para pacientes e 37 para acompanhantes; e outras 32 para pessoas em tratamento e 32 para acompanhantes saindo do estado, neste momento”, explica o gerente do setor, Marcelo Nery Vitorino.

O TFD é um mecanismo importante para que pessoas com problemas de saúde mais complexos, cujo tratamento não é fornecido no Acre, possam obter atendimento especializado em outros hospitais e centros específicos do país.




Continuar lendo

Acre

Governo coloca 250 alunos soldados na rua para apoiar ações da PM

Publicado

em

Os 250 alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar passaram a atuar nas operações realizadas pelo Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) em Rio Branco. Segundo o governo, o reforço começou a ser colocado em prática na última segunda-feira, 20, para tentar combater a onda de criminalidade que vinha amedrontando os moradores.

Os alunos soldados da PM do Acre trabalham juntamente com os policiais que participam do Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos. Todos realizam desde o policiamento ostensivo até as buscas por foragidos do Sistema Penitenciário. A secretaria de segurança pública garante que as operações nos bairros e as barreiras feitas pelo cerco tático são exemplos do reforço dos alunos.

Segundo o secretário de Justiça e Segurança Pública em exercício, Ricardo Brandão, juntos, alunos soldados e alunos do Curso de Habilitação de Oficiais Administrativos somam o efetivo de 270 policiais. “Esse número, dividido em turnos de seis horas, implica numa média de 65 policias a mais nas ruas”, garante.

Nessa quarta-feira, 22, o efetivo administrativo também foi mobilizado. O objetivo é colocar o maior número possível de policiais militares nas ruas em Rio Branco e também do interior do estado. “De modo a garantir com que o cidadão sinta de fato a sensação de segurança”, disse.

Fonte: Agência de Notícias do Acre




Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image