Conecte-se agora

Gladson apresenta projeto de Viaduto na Corrente como prioridade e Petecão rebate: “prioridade é hospital”

Publicado

em

O governador Gladson Cameli esteve reunido na tarde desta terça-feira, 8, com os 11 parlamentares da bancada federal do Acre em Brasília para apresentar os projetos prioritários da sua gestão para os próximos 3 anos. O encontro teve como objetivo sensibilizar deputados e senadores a indicarem suas emendas para os projetos de interesse do atual governo.

O chefe do Palácio Rio Branco apresentou a bancada uma série de projetos na área de segurança, saúde e infraestrutura cujo orçamento para bancar os custos ultrapassariam os R$ 500 milhões. Cameli tentou minimizar o impasse que vem ocorrendo por causa do destinamento das emendas e destacou que foi “apenas uma falha na comunicação” e que espera respaldo da bancada acreana para pelo menos ter a sua disposição cerca de R$ 150 milhões.

Demonstrando satisfação com o apresentado, Cameli revelou por telefone ao ac24horas que na área da Infraestrutura, o Estado pretende construir um Viaduto na entrada da cidade de Rio Branco, na região da antiga corrente. “Esse projeto visa favorecer o trânsito na entrada da cidade. É uma de nossas prioridades para organizarmos fluxo naquela região. Na área da segurança, pretendemos criar os Centros Integrados de Segurança para as Polícias Civil, Militar e Bombeiros trabalhem integradas em todo o Estado”, disse o governador.

Logo após o fim da reunião, o coordenador da bancada federal do Acre em Brasília, Senador Sérgio Petecão (PSD), afirmou ao ac24horas que foi proveitosa a reunião com o governador, até para que os demais deputados e senadores se situem para onde destinarão as suas verbas, porém, ponderou que nem tudo o que Gladson expôs para ele seria prioridade. “A construção de uma viaduto na Corrente não é prioridade sendo que o Hospital do Jordão está caindo aos pedaços. São essas coisas que o governo precisa entender. Sem contar que tem ponte para Xapuri e demais ligações para outros municípios. Temos que ser mais democráticos nessa repartição”, disse.

Para Petecão, apesar de Gladson ter mostrando suas intenções, o fato é que o Orçamento para o ano que vem nem foi aprovado e nem tem sido debatido. “Fica difícil pensarmos em verba se aqui as coisas não andarem. Estamos trabalhando com ficção achei válido o governador vir aqui e nos mostrar, mas cada parlamentar é independente para fazer a indicação que lhe convém”, pontuou o senador, destacando ainda que só decidirá sobre suas emendas depois que conversar com todos os prefeitos do Acre.

O senador enfatizou um projeto que considerou prioritário da prefeita Socorro Neri (PSB), que seria a abertura de uma avenida onde o Calçadão que corta o Colégio Acreano seria retirado para a criação de uma avenida, já que o Shopping Popular será naquela região. “São projetos como estes que vejo como prioritários, gera emprego e é nesse tipo de coisa que vale a pena empregar a emenda”, disse o senador.

Propaganda

Cotidiano

Polícia Militar evita embarque de motocicleta roubada em Porto Walter

Publicado

em

A Polícia Militar do Vale do Juruá recebeu denúncia anônima indicando que uma moto suspeita era embarcada em Porto Walter para ser levada a outro local. Chegando ao local o GIRO constatou que a placa no veículo era falsa, e quando realizada a conferência pelo número do chassi ficou constatado que a moto era roubada.

Com isso a moto foi encaminhada até a delegacia para ser periciada e restituída a seu legítimo proprietário, conforme informou a PM. O comandante do COE, tenente Daniel, voltou a pedir que a comunidade siga apoiando o esclarecimento da criminalidade na região. “O apoio da população é fundamental para a elucidação deste tipo de crime”, disse o oficial.

Continuar lendo

Cotidiano

Criminosos invadem ônibus da linha São Miguel e levam todo dinheiro do caixa

Publicado

em

Mesmo com a ação das forças de segurança que se iniciou há cerca de duas semanas contra os ataques de membros de facção a transportes coletivos, na noite desta quarta-feira (23) foi registrado mais um arrastão no ônibus, desta vez, no coletivo que faz a linha do bairro São Miguel, na região do Calafate, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, o motorista seguia com destino a parada final do bairro quando a dupla parou o ônibus, fingiu ser passageiros e entrou no transporte coletivo. Os criminosos em posse de uma escopeta anunciaram o assalto, apontou a arma de fogo em direção da cabeça do motorista e subtraiu todo dinheiro. Após a ação, os bandidos fugiram do ônibus correndo.

O motorista se deslocou com o ônibus até a Delegacia de Flagrantes (Defla) para registrar o boletim de ocorrência.

A Polícia Militar foi acionada e não conseguiu encontrar os criminosos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.

welcome image