Conecte-se agora

Em Cruzeiro do Sul, Deracre alcançou menos da metade do previsto na recuperação de ramais

Publicado

em

Dos 590 quilômetros de melhoria de ramais que o Deracre deveria executar em Cruzeiro do Sul, 230 quilômetros foram feitos. Para atuar nos ramais da região do Pentecoste, Macaxeiral e nos que ficam localizados na BR-364, o Deracre conta com apenas 10 máquinas velhas e 18 pessoas.

De acordo com o planejamento inicial, o Deracre, com seu próprio equipamento, faria 190 km e empresa contratada pela secretaria de Infraestrutura, Seinfra, faria 400 km, o que não aconteceu, por problemas de licitação. O Deracre assumiu então todo a malha vicinal de Cruzeiro do Sul.

Mas as chuvas na região se intensificaram desde o final de setembro, o que não possibilitará mais grandes avanços das máquinas e homens.

O chefe local do Deracre, Marcos Sales, afirma que a equipe ficará nos ramais da BR, onde atuam agora, enquanto houver condições de trabalho. “Enquanto as máquinas se mexerem estaremos lá trabalhando. Em 2020 esse quadro não se repetirá porque o governador Gladson Cameli vai comprar R$ 40 milhões em máquinas e equipamentos para substituir essas máquinas velhas que encontramos da gestão passada”, concluiu Sales.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas