Conecte-se agora

Dicas para curtir com a família

Publicado

em

Com a chegada do fim de ano e as férias escolares a dica é começar a planejar a tão sonhada viagem em família para aproveitar para viver momentos agradáveis e inesquecíveis em clima de total diversão.

São tantas opções espalhadas pelo Brasil que não vão faltar lugares divertidos para toda a família, idades e gostos. 

Há opções até para quem não dispõe de tanto tempo, podendo aproveitar até um final de semana sem se afastar tanto de onde mora.

Selecionamos desde destinos próximos, baratos para quem está com o orçamento apertado a destinos em diversos outros estados para quem tem o orçamento e a disponibilidade para ir mais longe. 

Se o seu desejo for curtir a praia, o campo, uma boa gastronomia, muita diversão em parques temáticos ou momentos de lazer com excelente infraestrutura em hotéis para família, temos várias as opções abaixo. 

Não deixe de conferir para começar já a programar sua próxima viagem em família!

Beto Carrero World, Penha (SC)

O Beto Carrero World é um parque temático super tradicional e famoso, localizado na cidade de Penha, litoral de Santa Catarina. 

É um dos destinos mais divertidos para se viajar em família. Com tantas atrações, à lá Disney World, não serão apenas as crianças que vão amar.

Ele é o maior parque temático da América Latina e de fácil acesso para quem mora em Florianópolis (115 Km) ou Curitiba (200 Km). 

Já para quem vem de outras regiões, a melhor forma é pegar um voo até Joinville (SC) e de lá seguir até o litoral catarinense, a 70 Km do aeroporto.

Bourbon Atibaia Resort, Atibaia (SP)

Se o seu desejo de férias em família for passar uma temporada em um hotel do tipo resort de luxo, a cidade de Atibaia, próxima da capital paulista (apenas 60km), é uma excelente dica para viajar tanto no final de semana com a criançada, quanto por algumas semanas nas férias. 

O bom é que enquanto as crianças de divertem com milhões de atrações e opções de lazer, você também tem tempo de relaxar ao mesmo tempo com outras opções. 

Aliás, essa é a grande vantagem de um resort, tem muitas atrações para todas os gostos e estilos durante o tempo todo da estadia. 

O hotel oferece, por exemplo, a temática da Turma da Mônica e é reconhecido como um dos principais resorts para viajar em família.

Beach Park, Fortaleza (CE)

Se você tem um orçamento maior e disponibilidade para se jogar na diversão por mais tempo nas férias, o parque aquático Beach Park é o lugar ideal para levar as crianças. 

O parque reúne inúmeras atrações, além das praias maravilhosas e a gastronomia de dar água na boca. 

O ideal é comprar passagem aérea para Fortaleza e de lá seguir até a região de Porto das Dunas, a 20 Km de da capital. 

Você tem várias opções de hospedagens, podendo ficar em um hotel ou pousada em Fortaleza mesmo e passar apenas o dia no Beach Park ou ficar hospedado nos resorts do complexo.

Itu e Salto, São Paulo (SP)

Itu e Salto são duas cidades próximas da capital paulista e Campinas, e são excelentes opções para uma viagem barata e divertida em família.

Itu, por exemplo, tem a Cidade da Criança e a Praça dos Exageros, dois lugares excelente para visitar com crianças até 10 anos. 

Há lojinhas de souvenir com diversos itens gigantes (cotonete, escova de dente, tesoura, lápis de cores) a preços baratinhos, além do picolé de Itu (de dois sabores).

Já próximo à Itu, a cidade de Salto oferece o Parque do Lago, com brinquedos, lanchonete e espaço para brincar com as crianças, além do mirante dos enamorados, de onde é possível ver o Rio Tietê limpinho.

Ambas cidades possuem ótimas pousadas e hotéis, inclusive com piscina, como é o caso do Hotel Colonial Plaza, em Itu.

Salinas Maragogi, Maragogi (AL)

A praia de Maragogi, localizada no estado de Alagoas, é uma das mais quentes mesmo em julho, uma boa opção para quem quer aproveitar as férias de inverno. 

Aliás, é um dos melhores destinos para curtir as férias com crianças no Nordeste brasileiro. 

A praia é muito tranquila para crianças e cenário perfeito para relaxar. 

Para se hospedar, a melhor opção é o resort Salinas Maragogi, que atrai turistas de todas as partes do Brasil com opção All Inclusive, e muitas atrações para toda a família. 

Para os melhores passeios de mergulhos, é preciso planejar pelas marés de cada estação, fique atento.

Thermas dos Laranjais, Olímpia (SP)

O parque aquático Thermas dos Laranjais, em Olímpia no interior do estado de São Paulo, é uma boa sugestão para curtir o calor do verão nas férias com a família ou mesmo nas férias de inverno em julho, pois a cidade é uma das mais quentes da região nessa época. 

Há também várias opções de hotéis e pousadas ao redor do Thermas.

Broa Golf Resort, Itirapina (SP)

O Broa Golf Resort é uma outra opção para viajar em família, pois o destino oferece muita diversão ao ar livre do campo, como tirolesa, quadras na areia, quiosques à beira d’água, esquibunda e passeio de lancha na represa Broa, entre outras diversões. 

Além disso, é possível visitar um hangar e museu com aviões restaurados, tanques de guerra e outras peças raras. 

O hotel fica em Itirapina, perto da cidade turística de Brotas, e oferece excelente relação custo-benefício para quem viaja do interior.

Paradise Golf Lake Resort, Mogi das Cruzes (SP)

O resort Paradise Golf Lake, localizado em Mogi das Cruzes, ao lado do Aeroporto de Guarulhos, é o destino mais perto de São Paulo. 

Portanto, ideal para quem não pode fazer uma viagem longa, mas precisa relaxar e se divertir.

O resort conta com uma boa infraestrutura com academia, spa, quadras de tênis e business center, além de clubinho infantil, salão de jogos, campos de futebol ou paintball para as crianças. 

O destaque fica por conta do quarto temático para meninas da Lilica Ripilica.

Santa Clara Eco Resort, Dourado (SP)

O Santa Clara Eco Resort, localizado na cidade de Dourado, no estado de São Paulo, a 280 quilômetros da capital, se destaca pela proximidade com a natureza e pelo número de atrações que oferece.

Ele é ideal para as férias com toda a família e para quem gosta de se exercitar ao ar livre. 

O resort oferece opções como arco e flecha, futebol, hipismo, tênis, bocha, vôlei de areia, mini golf, beach tênis, trilha de caminhada, parede de escalada e passeios de bike.

E se você acha que acabou, ainda tem passeios de cavalo, caminhada ecológica, spa, arvorismo, cavalgadas, pulo do Tarzan e tirolesa no lago, rapel de cachoeira, mega tirolesa e rafting. Ufa!

Ele também oferece clubes separados por idade, com muitas atividades, brincadeiras, oficinas e atrações, para que depois de tanta atividade você também possa relaxar. 

Há piscinas cobertas e aquecidas, sendo que uma é climatizada com praia artificial e rio, outra climatizada com toboágua e outra com água mineral corrente.

Propaganda

Destaque 7

Ministro dos Transportes autoriza estudo de viabilidade da rodovia de Cruzeiro do Sul a Pucallpa

Publicado

em

O Ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes de Freitas, confirmou nesta terça-feira (12), o  pacote de investimentos na infraestrutura viária do Acre em 2020, assegurando, entre outras obras, a restauração das BR-317 e 364, anel viário de Brasiléia, e a privatização dos aeroportos de Cruzeiro do Sul e Rio Branco.

A garantia foi dada ao senador Márcio Bittar, que acompanhado do deputado Eduardo Bolsonaro, reuniu-se com o ministros dos Transportes para receber a notícia. “Temos boas notícias para o Acre. Nós vamos conceder o aeroporto de Cruzeiro do Sul, aeroporto de Rio Branco, vamos chegar com 90 quilômetros de BR 317 restaurados”, disse o ministro.

A pauta principal do encontro foi a autorização que o ministro deu para o estudo de viabilidade da BR 364 até a fronteira com o Peru visando a ligação com Pucallpa. “Recebemos um presente antecipado de Natal, que foi a declaração do nosso presidente da República, que logo que chegou da China falou da importância da continuidade da BR 364 de Cruzeiro do Sul a Pucallpa. E nós estamos aqui com o ministro dos Transportes, que também está envolvido com essa mesma obra, e com Eduardo Bolsonaro que nos trouxe até aqui. Essa é uma obra que não interessa apenas ao Acre. Interessa para o Norte do País, ao Centro-Oeste do País”, comemorou Márcio Bittar.

“Para se conseguir preservar a floresta só através de desenvolvimento”, completou o senador Eduardo Bolsonaro.

Veja o vídeo produzido por Márcio Bittar:

Continuar lendo

Cidades

Produtores do Acre aprendem simplificar programa de regularização ambiental

Publicado

em

Produtores rurais, especialistas e representantes dos setores agropecuário e ambiental participaram, nos dias 11 e 12 de novembro, em Rio Branco, da oficina de planejamento para elaboração de modelo simplificado do Programa de Regularização Ambiental (PRA).

O evento foi realizado na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Acre (Faeac) e promovido pelo Sistema CNA/Senar, Serviço Florestal Brasileiro (SFB), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Nos dois dias de encontro, foi discutida a criação de um modelo simplificado do PRA para o Estado, com base nos resultados do Projeto Biomas, fruto de uma parceria entre CNA e a Embrapa.

O projeto piloto está sendo desenvolvido com o apoio da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) e do sistema de informação WebAmbiente. O modelo já foi apresentado no Amazonas, em Goiás e Minas Gerais.

Segundo a coordenadora do Projeto Biomas na CNA, Cláudia Mendes, a discussão é importante para garantir o cumprimento da legislação, ao mesmo tempo em que são disponibilizadas alternativas para os produtores resolverem os passivos ambientais sem prejudicar a qualidade da produção.

“As pesquisas precisam chegar ao campo, pois são assuntos importantes que podem facilitar todo o processo de regularização, sem esquecer o retorno financeiro envolvido com a adesão ao Programa”.

Entre as formas de levar essas informações ao campo, está o modelo de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar. No Acre, são atendidos 165 produtores de três cadeias produtivas (leite, pecuária de corte e mandioca), em 11 municípios. A previsão para 2020 é de que o número de produtores alcance a margem de 390, incluindo duas novas cadeias produtivas, café e fruticultura, e mais dois municípios.

De acordo com a coordenadora estadual da ATeG no Acre, Stefanye Torres, a ideia é montar um plano junto com as instituições responsáveis, pois a metodologia da ATeG tem potencial para ser trabalhada como ponte entre o PRA e os produtores.

“Isso não implica em uma mudança da assistência prestada às comunidades rurais. Pelo contrário, trata-se de uma parceria para otimizar ainda mais a informação ligada à terra, de forma que todos os produtores se sintam devidamente informados”, destacou.

O presidente da Faeac, Assuero Veronez, reforçou a urgência de uma resolução que não crie ônus para os produtores rurais. “No Acre, mais de 80% dos produtores são classificados como pequenos. São vários desafios que precisam ser trabalhados para unir a legislação com a produção do agro”.

Fonte: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.