Conecte-se agora

O que você sabe sobre doação de órgãos?

Publicado

em

É difícil de admitir, mas o século XXI ainda não foi suficiente para quebrar o tabu e a falta de informação sobre doação de órgãos e de tecidos.

No Acre, apesar do esforço de um pequeno grupo, a realidade é ainda mais cruel. A fila aumenta na mesma proporção que a grava a situação de quem espera numa fila interminável. Desde abril desse ano, os profissionais de saúde não conseguem fazer uma captação de córnea, uma das mais comuns, levando em conta outros procedimentos.

O ac24horas acompanhou por alguns dias enfermeiros, médicos e outros envolvidos no assunto para tentar ajudar e sensibilizar a população sobre a o quanto é importante, fácil e simples tornar-se um doador.

Fomos conhecer história de pessoas transplantadas, é também de quem espera por anos um órgão compatível. Você vai saber o que as pessoas nas ruas pensam, a angústia de quem aguarda na fila. Vai ver a história do Sr. Alberino Dias, de 67 anos que está em contagem regressiva porque sua situação é cada dia mais grave. Assista ao vídeo e tire suas dúvidas.

video

Propaganda

Acre 01

A vida miserável dos usuários de crack em Rio Branco

Publicado

em

Um misto de sentimento e indignação toma conta de quem passa pela rua Boulevard Augusto Monteiro, a principal do bairro 15, no Segundo Distrito de Rio Branco. Basta uma casa ou terreno abandonado para os usuários de droga se apropriarem dos espaços e transformarem o lugar em morada e ponto para uso de droga . Eles são muitos e de várias idades.

O videomaker Kennedy Santos e sua câmera de celular conseguiram com exclusividade, mostrar o lado pouco visto dos dependentes químicos. Foi nessa andança que ele conseguiu entrevistar um homem de 47 anos, que numa atitude de desespero, resolveu morar dentro do mato.

L P Machado, reluta em falar, mas aceita dar entrevista com a garantia de não mostrar o rosto. Ele conta que já trabalhou como mecânico e em alguns momento parece ter perdido noção de tempo e perigo. Para se esconder da família, ele decidiu por conta própria levantar um barraco e se mudar para um lugar onde ninguém soubesse, a mata fechada que fica próximo ao antigo Aeroporto de Rio Branco. O lugar é pequeno, coberto por lona e sem parede. Dentro da barraca improvisada apenas um colchão velho, sujo e úmido.
Bem pertinho dele, em situação não muito diferente, não fosse o fato da barraca ser protegidas por pedaços de madeira velha, está uma jovem que assume o vício sem constrangimento. Ela falou abertamente de seus sonhos, desejos e vontades, que na visão dela, tem poucas chances de se concretizar.

Quem assistir ao vídeo vai conhecer a antiga garagem de ônibus que hoje abriga apenas homens e mulheres desesperados, loucos por algumas migalhas de dinheiro que mais tarde se transformarão em fumaça, um prazer que será desfeitos em dois ou três segundos.

video

Continuar lendo

Kennedy Santos

Vídeomaker mostra a falta de conhecimento dos homens sobre o câncer de próstata

Publicado

em

Os números assustam, mas as reações contra o câncer de próstata não alcançam o grau de preocupação que deveria entre os homens. Eles ainda subestimam a doença e deixam de ter cuidados básicos e veem no sedentarismo a maior barreira. A falta de atitude e preconceito trazem ao cotidiano de uma realidade que até os mais desatentos percebem.

O vídeomaker do ac24horas, Kennedy Santos, escancara de uma vez por todas o nível baixo de informação sobre o câncer de próstata, segunda maior causa de morte entre os homens. Mostra a forma de como os mais velhos encaram a dura realidade de depender do diagnóstico para um fim de vida digna.

As estimativas de novos casos aumentam. Quando comparada a 2017, onde morreram mais de 15 mil homens, e a possibilidade de descobrir quase 70 mil novos casos, percebe-se a gravidade e o quanto ainda tem o que fazer, alerta Joice Souza que é da Secretaria de Saúde do Estado, e coordena o Programa de Saúde do Homem.

Nos últimos quinze anos o número de mortes por conta da doença aumentou 31%. Os tipos de tumores mais comuns são: câncer de pele; câncer de próstata; câncer de mama; câncer de cólon no reto.

No mês de novembro, período escolhido para chamar atenção dos homens, as unidades de saúde do município se preparam distribuindo folhetos informativos, decorando ambiente e aumentando o número de profissionais médicos. Nessa época, o número de atendimento aumentam em 30%.

video

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.