Conecte-se agora

Funcionário bate continência para foto de Gladson; veja vídeo

Publicado

em

Um vídeo gravado em Cruzeiro do Sul mostra que o “espírito militar” do alto escalão da gestão da saúde estadual se propaga para outros níveis.

Um servidor nomeado, Bartolomeu Júnior, conhecido como Bartô, gravou um vídeo saindo da sala da gerência, batendo continência para a fotografia do governador Gladson Cameli e pedindo autorização para sair. Bartô atua no setor de transporte e também faz vídeos para a saúde, com pessoas que são beneficiadas pela saúde, fazendo agradecimentos ao governo.

O vídeo foi gravado dentro da Regional da Saúde e em horário de expediente, já que havia outros servidores no local. O chefe da unidade Roberto Holanda, disse que “não há esse hábito aqui e se tratou de uma brincadeira pessoal de Bartô”.

Veja o vídeo:

Propaganda

Na rede

Carro com foto de vereadores causa polêmica no interior do Acre

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Marechal Thaumaturgo, João Luciano da Costa (PCdoB), comprou para a casa legislativa um veículo Saveiro Robust e mandou envelopar o carro com a foto dos nove vereadores da cidade.

Segundo o presidente o carro custou R$ 67 mil e o envelopamento R$ 200. Mas a foto gerou polêmica e 4 vereadores não aceitaram ter as fotografias impressas no automóvel.

Os vereadores Atilon Pinheiro (PSD), Silvano Queiroz (PT), Edezio Matos (PT) e Amadeu Vieira (PT) dizem que não foram consultados e temem o cometimento de infração eleitoral e contestam o valor da adesivagem do veículo dito pelo prefeito.

Atilon afirma que a compra do carro e a impressão da fotos foram decididos pela mesa diretora. “O presidente e o primeiro secretário José Nialem (PSB), e o vice-presidente, Francisco Ribeiro (MDB) fizeram tudo entre eles e nós não concordamos com isso. Não autorizamos o uso da nossa imagem”, ressalta ele afirmando que o envelopamento do veículo custou R$ 1.200 aos cofres públicos.

O presidente João Luciano ressalta que a casa precisava de um carro para “desenvolver os trabalhos”. Reconhece que não tem o Termo de Autorização do Uso de Imagem dos vereadores, mas destaca que a intenção era dar visibilidade aos vereadores já que existe foto deles apenas na Câmara. “Eu não conheço de lei, mas a advogada tinha dito que não era proibido porque ainda não estamos no período eleitoral. Mas agora vou tirar esse adesivo”, concluiu o vereador.

Continuar lendo

Na rede

SESACRE dá nova data para pagamento de servidores do Hospital do Juruá e sindicato dos enfermeiros quer grevar

Publicado

em

O impasse continua. O governo do Estado ainda não repassou os recursos e a Anssau não pagou o salário de dezembro dos servidores do Hospital do Juruá.

O Sindicato dos Enfermeiros do Acre convocou uma Assembleia Geral Extraordinária para esta sexta-feira, 17, às 18 horas com indicativo de greve para a próxima quarta-feira, 22.

O presidente do Sindicato, Jenson Medeiros diz que também deverá entrar com ação na justiça do trabalho “já que pela CLT a Anssau deveria ter pego os salários até o quinto dia útil do mês”.

O governo do Estado já estabeleceu três datas para a quitação do pagamento: a porta-voz Mirla Miranda disse que o orçamento do Estado será aberto dia 30 de janeiro, quando haverá o repasse para a Anssau. Em Cruzeiro do Sul o governador Gladson Cameli deu entrevistas anunciado o pagamento para o último dia 15, o que não ocorreu. Já a diretoria de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o Orçamento será aberto dia 20. A partir desta data será efetuado o pagamento dos servidores da unidade hospitalar do Juruá.

O representante dos médicos, Theobaldo Dantas, afirmou que esse atraso de repasse de dezembro e a retenção de parte do repasse de novembro para a Anssau acarretam prejuízos ao atendimento ao público no Hospital, mas por enquanto descartou uma paralisação da categoria. “Aqui não há politicagem. Nossa política é a saúde e nossa missão como médicos é prestar o melhor atendimento aqueles que buscam os serviços de saúde no Hospital do Juruá. Na gestão anterior suspendemos o serviços várias vezes mas no momento atual entendemos desnecessário tal medida porque são momentos distintos e há uma epidemia de dengue na cidade. Seria desumano com a população de Cruzeiro do Sul uma greve agora. Por outro lado há empenho real da gestão atual em equacionar o problema dos repasses para a gestora do hospital do Juruá”, cita o médico.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas