Conecte-se agora

Prefeito convoca população para eleição do Conselho Tutelar em Xapuri

Publicado

em

No próximo domingo, 6, serão escolhidos em todo o país os novos representantes dos Conselhos Tutelares. Em Xapuri, a eleição será na escola Anthero Soares Bezerra. São 11 candidatos que passaram por todas as etapas que antecedem a escolha popular dos 5 conselheiros titulares e dos 5 suplentes.

Todas as pessoas a partir de 16 anos, que tenham inscrição na zona eleitoral da cidade poderão votar nos candidatos a conselheiro, por meio de voto universal, direto, secreto e facultativo.

O prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos, convocou, por meio de vídeo divulgado por sua assessoria, a população para participar do processo eleitoral que será orientado pelo Tribunal Regional Eleitoral e fiscalizado pelo Ministério Público do Estado do Acre.

“Os conselheiros tutelares fazem um importantíssimo papel na nossa sociedade, por isso você precisa dar a sua contribuição. Essas pessoas passaram por todos os processos e estão capacitadas a garantir os direitos das crianças e adolescentes por meio desse importante órgão”, afirmou.

Os conselheiros tutelares atuam conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e fazem um importante trabalho de atendimento a crianças e adolescentes, para proteção de seus direitos, em parceria com as escolas, organizações sociais e órgãos públicos.

Os Conselhos Tutelares são órgãos permanentes e autônomos, ou seja, uma vez criados, não podem ser extintos e subordinados a quaisquer outros órgãos estatais. Instituídos pela Lei 8.069, no dia 13 de julho de 1990, foram criados junto ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É a instituição encarregada pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente definidos no ECA.

São algumas das atribuições dos Conselhos Tutelares:

• Atender e aconselhar os pais ou responsável;

• Requisitar serviços públicos nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança;

• Encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança ou adolescente;

• Requisitar certidões de nascimento e de óbito de criança ou adolescente quando necessário;

• Representar, em nome da pessoa e da família, contra a violação dos direitos;

• Representar ao ministério público para efeito das ações de perda ou suspensão do poder familiar, após esgotadas as possibilidades de manutenção da criança ou do adolescente junto à família natural.

Propaganda

Cidades

Prefeitura estreita rua no centro de Xapuri e desagrada moradores

Publicado

em

A ideia da prefeitura de Xapuri de estreitar a parte final da rua Floriano Peixoto, na área central da cidade, não está agradando aos moradores.

Recentemente asfaltada, a via está sendo delimitada por guias de concreto que a estão deixando apertada para o tráfego de veículos, segundo a opinião de alguns motoristas.

O centro de Xapuri é formado por ruas bem traçadas e bastante largas, o que dificulta o trabalho da prefeitura na hora de asfaltar as vias. De acordo com o secretário de Infraestrutura do município, José Cecílio Evangelista, a obra está sendo realizada em obediência ao projeto original.

“Devido ao meio-fio dá uma impressão que está estreita, mas é aquilo mesmo que está na planilha”, informou.

Um morador da rua, que pediu para não ter o nome publicado, não gostou da altura do meio-fio, mas considerou que a via, que estava em péssimas condições, agora está asfaltada.

“Não terá como estacionar fora da rua como ocorria antes. Falta a chamada área de escape. Mas o importante é que agora está asfaltada. Aqui já não estava dando de passar mais carros”, ponderou.

João Jorge Cosmo da Silva, morador do bairro da Sibéria, elogiou a ação da prefeitura em recuperar as ruas da cidade, mas protestou contra a alteração na estética da via.

“É louvável o esforço da prefeitura no melhoramento das vias públicas, mas quero protestar contra o encolhimento da parte final da rua Floriano Peixoto. Mesmo sem o asfalto suficiente, acho que a prefeitura não deveria ter modificado para pior a parte arquitetônica da rua. Xapuri é uma cidade turística, o que se faz deve sim ter como preocupação o bem-estar da população, mas não nos dá o direito de tirar seu embelezamento e seu avivamento”, afirmou.

O secretário José Cecílio Evangelista explicou ainda que a delimitação com os meios-fios não se restringirá àquela parte da rua, mas a todo o trecho que foi asfaltado.

Informado da insatisfação, o prefeito Ubiracy Vasconcelos informou que discutirá com o engenheiro responsável pela obra a possibilidade de alteração da parte relacionada ao descontentamento dos moradores.

Continuar lendo

Cidades

Rio Acre está em nível máximo de alerta por cota baixa em quase toda sua extensão

Publicado

em

Apesar da intensificação das chuvas em todo o Estado nos últimos dias, apenas as regiões da Aldeia dos Patos e de Xapuri apresentaram volume suficiente de água no Rio Acre para tirar o manancial do nível de “alerta máximo” estabelecido pela Unidade de Situação e Monitoramento Hidrometeorológico da Secretaria de Meio Ambiente.

Nas demais estações -Assis Brasil, Brasiléia, Capixaba, Riozinho do Rola, Espalha e Rio Branco -o Rio Acre está em alerta máximo porque nessas localidades o volume de água encontra-se abaixo do esperado para este período.

No entanto, em muitos pontos o manancial se aproxima do adequado para este fim de outubro. Nesta terça-feira (22), por exemplo, o rio está medindo 2,54 metros em Rio Branco enquanto o ideal seria 2,69m.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.

welcome image