Conecte-se agora

Candidatos questionam governo por não ter convocado aprovados no concurso da saúde

Publicado

em

No último dia 11 de agosto mais de 10 mil candidatos realizaram as provas do concurso simplificado da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) que anunciava 340 vagas de agente administrativo, auxiliar em saúde bucal, técnico de laboratório em análises clínicas, técnico de radiologia e técnico em enfermagem, biólogo, biomédico, contador, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista, psicólogo e médico. Os aprovados seriam lotados em Brasileia, Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Tarauacá.

No último dia 5 de setembro, o governo homologou o resultado final do processo. Quem passou, já começou a viver a expectativa de assumir o tão sonhado posto de trabalho.

Problema é que um mês depois da homologação, até hoje os aprovados não foram chamados para apresentar a documentação exigida e tomarem possem em seus cargos.

“O problema é que o governo não diz nada. Eu passei e o mínimo que quero sabe é quando vou ser chamada. Não era em caratér de urgência?”, questiona uma aprovada que não quer ter o nome revelada.

Esse concurso foi o segundo a ser realizado para os mesmos cargos, já que o primeiro foi cancelado por supostas irregularidades. Mesmo assim, o certame não escapou de polêmicas. Candidatos que teriam zerado em determinada disciplina, foram aprovados, mesmo contrariando o edital.

O ac24horas entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) que informou que a convocação dos 340 aprovados deve ocorrer na segunda quinzena deste mês de outubro e os novos servidores começar a trabalhar já no mês de novembro.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas