Conecte-se agora

Maria Eduarda é eleita a primeira prefeita da Cidade da Criança

Publicado

em

Com o discurso de inclusão social, boa administração e diversão, a pequena Maria Eduarda, 9 anos, foi eleita, na tarde desta quarta-feira (2), por uma comissão de jornalistas, a primeira “prefeita da Cidade da Criança”.

Foram 23 crianças participantes. Os jornalistas Luís Moreira Jorge, Gina Menezes, Wania Pinheiro, Angélica Paiva e Ray Melo foram os jurados da campanha e pontuaram todos os vídeos com notas de 5 a 10.

Maria Eduarda obteve 47 pontos e tornou-se a primeira prefeita da Cidade da Criança. “Tudo começou quando a minha tia Patrícia Dossa me mandou o link da campanha e me incentivou a fazer o vídeo. Minha mãe gravou e pediu que eu falasse o que eu achava que uma Cidade da Criança deveria ter. Fiz o vídeo e ganhei. Estou muito feliz”, declarou Maria Eduarda.

A mãe Edimara da Costa relata que ficou surpresa com o resultado. “Fizemos o vídeo despretensiosamente. Ela agiu naturalmente no vídeo, não preparamos texto, não ensaiamos, foi espontâneo. Ficamos muito felizes com o resultado”.

O evento, alusivo a semana da criança, acontece dos dias 10 a 13 de outubro, no Estacionamento da Arena da Floresta, das 17h às 22h. A cerimônia de posse da prefeitinha acontece no primeiro dia (10), às 18h, na Cidade da Criança, com a presença de autoridades do Estado.

“Esse é o primeiro grande evento do Estado voltado para o público infantil. Quando pensamos numa cidade, pensamos num prefeitinho, por isso fizemos a campanha, que estimula a cidadania das nossas crianças”, declarou a Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique.

Conheça Maria Eduarda

Estudante do 4° ano, no Colégio Lato Sensu, Maria Eduarda também é a Primeira Princesa Mirim 2019 e digital influencer.

Propaganda

Destaque 5

Mailza comemora aprovação de projeto que obriga SUS a fazer exames de câncer em 30 dias

Publicado

em

A proposta segue para sanção presidencial e entrará em vigor 180 dias após o aval do presidente Jair Bolsonaro

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) comemorou a aprovação no Senado Federal do projeto que garante aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com suspeita de câncer o direito a biópsia no prazo de 30 dias contados a partir do pedido médico. A senadora considerou “um importante ganho para a saúde” e qualificou como “medida concreta no combate a doença”.

A proposta estabelece que o limite valerá para os exames necessários nos casos em que o tumor maligno seja a principal suspeita do médico. O projeto aprovado segue agora para sanção presidencial. O objetivo é acelerar o acesso às medicações e cirurgias necessárias.

‘Tenho atuado em favor das mulheres. Essa aprovação mostra um avanço que vai permitir muitas mulheres serem diagnosticadas em fase inicial do câncer de mama, o que aumenta as chances de cura”, destacou a parlamentar. Mailza enfatizou que estamos no Outubro Rosa, mas a prevenção e exames devem ser feitos todos os dias.

Mailza promoveu Outubro Rosa no Quinari

A Senadora Mailza Gomes realizou em outubro uma palestra na Praça Central do Quinari, no intuito de conscientizar as mulheres sobre o câncer de mama e outras doenças.

A mobilização segue o calendário do Outubro Rosa, mês voltado a conscientização e importância do exame de mama, no intuito de prevenir o esse tipo de câncer que atinge a população feminina.

Continuar lendo

Destaque 5

Cesário é reeleito presidente do Partido dos Trabalhadores no Acre

Publicado

em

O 7º Congresso Estadual do Partido dos Trabalhadores ocorrido no Acre encerrou suas atividades neste domingo, 20, no auditório do Palácio do Comércio, em Rio Branco. Durante o evento, o Cesário Campelo Braga foi reeleito presidente da sigla a nível estadual.

Braga irá permanecer à frente do PT no Acre por mais quatro anos. Nos dias de Congresso, Cesário destacou aos militantes petistas que o foco do partido agora é voltar às origens e focar nos movimentos de causa social.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.