Conecte-se agora

Aposta errado quem achar o Gladson um tolo

Publicado

em

O título acima, eu colhi numa conversa ontem com o velho e bom amigo, ex-vereador e médico Carlos Beirute. O governo Gladson Cameli foi um dos temas. E me fez uma observação pertinente: “Luis Carlos, tolo é quem achar que o Gladson é um tonto, um tolo, na política. Um cara que com 40 anos, já tem 16 anos de mandatos, como deputado federal, senador e agora governador, não pode ser visto como alguém inexperiente. Tudo o que faz é medido e pesado”. De fato, o Beirute tem razão, ninguém consegue tantos mandatos se não tiver qualidades. Ele cometeu alguns equívocos  políticos nestes 10 meses, isso é uma verdade inconteste; sua equipe não está afinada, a sua base de apoio na ALEAC é inconstante e a Saúde é o seu calo dolorido. Mas ter recebido um governo quebrado, com salários atrasados, inclusive, o 13º salário e o do pessoal do Pró-Saúde, e ter conseguido pagar estas dívidas, já ter quitado metade do 13º salário da sua gestão, ter concluído as obras inacabadas do Pronto Socorro de Rio Branco, da UPA de Cruzeiro do Sul, são avanços que não pode deixar de se considerar. Goste-se ou não dele. Some-se a isso ter recuperado o projeto quase perdido dos 94 milhões de reais parados na CEF, que serão usados na recuperação de ramais no próximo ano. Caso o Gladson consiga renegociar a dívida do Estado – bem encaminhado – o que vai gerar uma economia mensal de mais de 100 milhões de reais, vai ganhar um fôlego nas contas públicas. Por tudo isso, é temerário dar como certeza o fracasso do Governo Cameli.   

PERDA DO CACHIMBO

De 1995 a 2016 o Brasil foi dominado por duas correntes políticas, que se alternaram na presidência: PSDB e PT. O presidente Jair Bolsonaro destroçou a polarização na última eleição, impondo uma derrota histórica a tucanos e petistas. Eis o motivo dos ataques que ele recebe.

CORRENTE SOLIDIFICADA

O presidente Jair Bolsonaro conseguiu consolidar a direita, que ficou num canto envergonhada enquanto tucano e petistas governavam. Isso mudou. A direita é hoje uma grande realidade.

DE GAULLE TINHA RAZÃO

“O Brasil não é um país sério”. Frase dita pelo ex-estadista francês Charles De Gaulle. Tinha razão. Na Itália, a Operação Mãos Limpas, que levou dezenas de políticos para a cadeia, foi desmontada pelo Legislativo. No Brasil, a Lava Jato está sendo fulminada agora pelo STF.

PODE SE RESPEITAR ESTE STF?

Com a decisão de ontem do STF, 143 envolvidos e condenados na Lava Jato poderão se beneficiar e jogar por terra todo o trabalho da operação. Isso é uma vergonha nacional. A pergunta que se faz: pode o povo brasileiro respeitar este Supremo Tribunal Federal? Não!

CORRENTE DO BEM

A salvação da Lava Jato está na proposta, que decisão de ontem só se aplique em novos casos.

QUEBROU DENTRO

A cota dos indicados pelos deputados para cargos de confiança no governo será reduzida. O pau vai quebrar é para os deputados, que terão que escolher que cabeças cortar de afilhados.

BRINCANDO COM COISA SÉRIA

O governador Gladson está brincando com coisa séria. É comida que falta em hospitais, são pacientes que ficam dias sofrendo na espera de médicos especialistas, é reclamação de falta de médicos e de coisas básicas. A bomba não vai explodir no colo da sua secretária, mas no seu. A cobrança, a crítica da população, sempre miram no governo e não no seu subalterno.

COMENTÁRIO PARA REFLEXÃO

Sobre as especulações que correm em Brasiléia sobre rompimentos políticos, a prefeita Fernanda Hassem, mandou uma postagem à coluna, da qual pincei: “Tenho me dedicado tão somente à gestão. Eleição..alianças, só ano que vem..2020 tá na porta, mas 2022 também rsrs.. O que lhe afirmo é que faça política de futuro sem ranço e sem vaidades”. Registre-se.

POSIÇÃO DO CONTRADITÓRIO

O deputado Daniel Zen (PT) tem posição firmada sobre a demissão de 340 comissionados, indicados pelos deputados: “se os exonerados estão sendo reconduzidos aos seus cargos, há, no presente caso, ao menos duas mentiras. Que as demissões se deram em virtude da necessidade do governo se adequar aos ditames da LRF. É que as pessoas não trabalhavam. Do contrário, em não se confirmado a mentira, há algo bem pior: se estão renomeando quem não trabalhava, o governador está prevaricando. E isso é crime.” O jornalismo ouve os dois lados.

A HISTÓRIA NÃO PERDOA

A compra de votos no Acre para se eleger deputado vem dos primórdios da política acreana. Em 1962, aportou no Estado um representante do empresariado nacional. Comprou votos em larga escala. Em cada município colocou dois carros traçados para os cabos-eleitorais fazerem a sua campanha. Foi o mais votado deputado federal. Nome do santo: Armando Leite (PSD).

SACANAGEM VEM DE LONGE

É uma prova que a sacanagem na política acreana não é invenção de agora, é antiga.

CARLINHOS CACHOEIRA

Este é um nome do empresário protagonista de um escândalo nacional famoso. Pois bem, alguém com ligação com este personagem já passeia pelo Acre, a oposição está de olho. Isso poderá render um escândalo tamanho gigante. Depois não digam que não sabiam de nada.

OU É BASE

Na conversa do governador com os deputados, depois de todo o enfrentamento político, ficou pactuado que, quem quiser continuar na base de apoio ao governo na Assembléia Legislativa, tem que não só ser fiel, mas também fazer a defesa das conquistas desta gestão no parlamento. Traduzindo para o popular: o apoio não pode ficar na promessa, mas em atos.

SAIU CHAMUSCADO

Não peçam fontes, mas o deputado Neném Almeida está chamuscado no núcleo do governo.

CARA E COROA

Toda notícia tem cara e coroa. Muitos dos deputados que na ALEAC conspiram contra o chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, são os mesmos que o visitam, o afagam, e lhe elogiam. Se o Ribamar tivesse o péssimo hábito de gravar conversas, muitos santos de barro desabariam.

FORA DA SESACRE

O jornalista Altino Machado deixou a assessoria de Imprensa da secretária de Saúde, Mônica Feres. Nada de brigas na SESACRE, foi chamado para voltar a compor e ajudar o comando da SECOM. Qualquer comentário fora deste foco não passa de boato sem nenhum sentido.

VÃO ACABAR SE ENTENDENDO

O deputado José Bestene (PROGRESSISTAS) já deu o primeiro passo para uma reaproximação política com o Gladson Cameli, ao ter uma conversa com o chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, que intermediou um encontro fechado do parlamentar com o governador.

ERRO TAMANHO FAMÍLIA

Candidatura única a prefeito de Rio Branco é um sonho desfeito no campo dos partidos que apóiam o governo. O Gladson Cameli vai cometer, pois, um erro de tamanho gigante, caso coloque um dos candidatos a prefeito debaixo do braço. Criaria adversários entre aliados.

CAMINHO CORRETO

Não há caminho mais lúcido ao não ser de deixar este apoio para o segundo turno, caso a disputa fique centralizada entre um candidato à PMRB do seu campo e um nome da oposição.

ESTRATÉGIA POLÍTICA ERRADA

O senador Márcio Bittar (MDB) promete apoiar a candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB) à PMRB, mas destaca que a sua estratégia de oposição ao governo é um caminho errado. Estas e outras posições do Márcio você vai no “Boa Conversa”, hoje, no ac24horas.

UMA VIRTUDE

Você pode não concordar com as posições defendidas pelo senador Márcio Bittar (MDB), mas ninguém lhe pode tirar o mérito de ser um político de convicção firme, que tem posição. E na política é preferível aquele que defende o que pensa do que os que ficam em cima do muro.

PASSOU DO TETO

Quem acessar hoje o TCE para saber como está o gasto do governo com pessoal vai receber um dado de que já extrapolou o limite permitido na Lei da Responsabilidade Fiscal. O que isso significa? Significa dizer que, por conta disso vai ter que baixar o teto e parar de contratar.

CRIME DE RESPONSABILIDADE

E neste caso não vai restar outro caminho ao governador para proteger o seu CPF que não seja o de diminuir o gasto com pessoal. Se for por outro caminho, comete crime de improbidade. 

APOSTA ERRADA

A coluna tem boas fontes. Investir politicamente na tentativa de enfraquecimento do chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, é uma roubada. Tudo que faz tem o aval do Gladson. Ponto.

INSTITUTO DE SAÚDE DO ACRE

O projeto de criação do órgão, a ser enviado á ALEAC, é mais uma manobra do grupo que comanda hoje a Saúde para controlar de forma terceirizada os hospitais. Essa é uma faca de dois gumes! Ser funcionário terceirizado não é o que os servidores do Pró-Saúde esperam.

FRASE DO DIA

“Não libere um camelo da carga do seu lombo, você pode libertá-lo de ser um camelo”. Gilbert Keith Chsterton, romancista inglês. 

Propaganda

Blog do Crica

Eliane: “quem quer ser independente entrega os cargos”

Publicado

em

A afirmação acima foi feita ontem ao BLOG DO CRICA pela secretária de Turismo, Eliane Sinhasique, foto, referindo-se ao grupo do MDB que defende um posicionamento de independência política em relação ao governo Gladson Cameli. “Ora, como é que você quer ser independente com o partido tendo vários cargos de confiança na administração do Gladson?”. É a indagação que faz. A posição de independência tem como um dos seus principais cultores o deputado Roberto Duarte (MDB), um dos críticos mais ferozes da gestão Cameli. Para Sinhasique, que já foi deputada estadual pelo MDB e candidata a prefeita de Rio Branco, a sua posição é clara, a de aliança integral do MDB com o governador no Legislativo e na eleição municipal. Adiantou que vai formalizar no início desta semana o anúncio que tinha feito de se desligar do MDB. Perguntada se tinha sido convidada esta semana para participar de um churrasco no Ramal Ôco do Mundo, na propriedade do ex-deputado federal João Correia, reunindo os emedebistas, ela foi irônica: “no partido, não sou convidada para nada. Estão com raiva de mim e não sei o motivo”. Na sua avaliação, este afastamento da direção regional pode ter sido em função de não ter atendido pedidos partidários para colocar indicados na sua secretaria. “E nem poderia, com a redução dos cargos de confiança, só levei os que realmente querem trabalhar”, disparou. Sua posição é apoiar o candidato do governador para prefeito da capital.

FALTA LEGITIMIDADE

Na sua entrevista ao “Boa Conversa” no ac24horas, que está no ar,  o deputado Roberto Duarte (MDB) disse que não pode “legitimar” como representantes do MDB no governo as secretarias Eliane Sinhasique e Maria Alice, porque ambas não foram indicadas pelo partido.

CONSULTAR O FILÓSOFO ROXINHO

O MDB tem um caminhão de afilhados em cargos de confiança no governo, inclusive, duas secretarias, e ainda assim o MDB não se sente representado na administração do Gladson Cameli? Não consigo entender! Vou chamar o filósofo Roxinho para resolver este mistério.

QUEM VAI APAGAR A LUZ?

Com a saída do partido das duas maiores lideranças do PT em Feijó, os ex-prefeitos Francimar Fernandes e Juarez Leitão, a pergunta que cabe é a de que: quem ficou para apagar a luz?

GUERRA DE CONVERSAS

Os deputados da oposição e o governador Gladson Cameli já tendo conversado e explicado os seus motivos em torno da celeuma dos vetos à LDO aos representantes do Tribunal de Justiça do Acre, MP, Defensoria Pública, a palavra agora ficará com a justiça para decidir a pendenga.

APENAS A SANÇÃO

A oposição espera apenas a sanção ao projeto dos vetos pelo governador para entrar com uma ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade. Deverá ser formalizada pelo PT ou pelo PCdoB. Este tipo de ação não pode ser proposta individualmente por um parlamentar.

CAVALO DE TRÓIA

O presidente do PT, Cesário Braga, será reconduzido neste domingo por aclamação para mais um mandato, em meio ao momento mais difícil do PT nos últimos 20 anos, envolto em uma crise política e financeira. Ser conduzido à presidência do PT é receber um Cavalo de Tróia.

QUEM É QUE DIRIA?

Vendo uma pesquisa doméstica sobre a eleição municipal na capital dá para vislumbrar bem como se encontra o PT, em meio à população: na simulação, uma das suas maiores lideranças, aparece em quarto lugar e nem chegando ao segundo turno. Quem imaginaria este desfecho?

SÍNDROME DE PETER PAN

Mas parece que, os petistas não aprenderam a lição da fragorosa derrota da última eleição e ainda vivem a Síndrome de Peter Pan – aquela famosa historinha infantil do menino que nunca cresceu – ao invés de procurarem se reinventar, buscarem novos caminhos, novos discursos, fazem o congresso regional se limitando a gritar “Lula, Livre”! Só faltou voltarem com o refrão em desuso de “abaixo, a ditadura!” ou o manjado “povo unido, jamais será vencido”!

DESMONTOU O DISCURSO

O discurso do somos do bem e a oposição é do mal, fazemos a nova política, mantras das velhas lideranças petistas foram desmontadas pelas suas próprias administrações, rejeitadas maciçamente pela população na eleição passada. E não conseguem ir além do “Lula, Livre”?

UM LEÃO SEM DENTES

Na política tudo tem o seu tempo. O desgaste é irreversível. Na recente pesquisa VEJA/FSB feita entre os dias 11 e 14 de outubro em todo país, num confronto em 2022, Jair Bolsonaro teria 46% das intenções de votos contra 38% do petista. Lula é um Leão que apenas ruge.

COM TODAS AS TRAPALHADAS

É uma mostra de que a antipatia ao PT, por tudo o que protagonizou na Lava Jato, continua fazendo estragos na imagem das suas lideranças. E que o eleitorado do Bolsonaro permanece   fiel, em que pesem as trapalhadas dos seus filhos, dele próprio, e da campanha da GLOBO.

DEPOIS QUE EU VER

Esta conversa do governador de investimentos chineses no Acre, eu escutei nos últimos governos acreanos, petistas ou não petistas, por isso me reservo ao direito de só crer neste santo de olho rasgado após ver o milagre. Também estou cansado de ver comitivas visitando a China e nada de resultado.

PATO LAQUEADO

Na próxima semana o governador Gladson vai com uma comitiva à China para tentar atrair investimentos chineses e aproveitar para comer um pato laqueado, o top da culinária oriental.

O LEITE DA VACA MECÂNICA?

Quando o governo divulga que vai levar uma comitiva à China para abrir mercado aos produtos acreanos, tenho que dizer: cessem esta brincadeira! Mal produzimos o cheiro verde do tempero do peixe, vamos exportar o quê? O leite da vaca mecânica do Tião Bocalom?

OPINIÃO GENERALIZADA

O deputado Roberto Duarte (MDB) disparou num comentário na sua última entrevista ao ac24horas que o atendimento na área da saúde estadual não melhorou nada, está tão ruim como no governo passado. E esta não é uma opinião pessoal, a decepção é generalizada.

CAMPEÃO DE ACESSOS

Por curiosidade, fui ver no programa específico do GOOGLE como estavam os acessos dos sites acreanos na última sexta-feira. Até às 15 horas daquele dia o ac24horas já tinha tido 461 mil acessos. O site B, segundo colocado 165 mil acessos, o site C 32 mil e o site D 11 mil. A realidade é esta, os tempos agora são das mídias digitais. A notícia agora é em tempo real, em segundos está no mundo, passou o tempo de se ir às bancas de jornais para ler as notícias.

NÃO TEM COMO VOTAR CONTRA

Chega nesta semana que entra na Assembléia Legislativa o projeto que pede autorização para o governador Gladson Cameli renegociar a dívida do Estado. Não há como votar contra, não se trata de ser deputado da oposição ou da base do governo, porque o interesse é coletivo.

VOCÊ ESTÁ DOIDO?

Encontrei ontem pela manhã um dirigente de um partido nanico que era um entusiasta do PT, de brigar nas redes sociais, e lhe perguntei se ele não iria ao congresso regional do partido que acontecia no momento: “Você está doido? Quem se agarra com carvão se suja”. É a política!

É UMA RODA A GIRAR

A política é uma roda a girar. Se um congresso do PT deste porte estivesse acontecendo quando estava no poder, por certo lá estariam os presidentes de todos partidos nanicos, ex-prefeitos, enfim, teria gente saindo pelo ladrão e todos ávidos em aparecer. A reunião de ontem se limitou às presenças de antigos militantes ideológicos. A turma das tetas sumiu.

NÃO SEI QUAL A VANTAGEM

Não vejo nenhuma vantagem política para o PROGRESSISTAS, de filiar cinco prefeitos vindos da FPA. Primeiro que só vieram por o partido estar no poder, e segundo que estão em fim de mandato, e não se sabe nem se serão reeleitos. Na verdade, querem tirar carta de seguro.

ORELHA SECA DO TJ

Ninguém entendeu a parte do discurso do ex-senador Jorge Viana em que reclamou que, o ex-prefeito Marcus Alexandre está sendo humilhado no Tribunal de Justiça. A impressão que passou é que o Marcus virou orelha seca do TJ, ao ponto de subir no telhado para tapar goteiras no prédio. É isso? Não sei o que o JV quer. Queria que o Marcus assumisse uma cadeira de desembargador?

NÃO PRECISAVA DIZER

Entendo o carinho que o JV tem pelo ex-prefeito Marcus Alexandre, mas não foi cavalheiro com a ex-prefeita Socorro Neri ao dizer em outra parte da sua fala que o mandato da Socorro não é dela, mas do Marcus. Errado! O mandato foi do Marcus! Deixou de ser ao renunciar. 

SONHANDO ACORDADO

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) está certo quando prevê que o campo político do governador Gladson Cameli terá vários candidatos a prefeito da capital. Mas sonha ao aventar que pode haver dissidências de partidos da base do governo para se somar com a esquerda.

FALTA O ATRATIVO

A oposição está fora do poder, acorda Magalhães? Não tendo um pau para dar no gato para oferecer e atrair aliados, qual o partido com cargos no governo que por birra vai se somar à esquerda na eleição municipal? A FPA existiu pela fisiologia de distribuição de cargos.

FRASE DO DIA

“Deus me defenda dos amigos, que dos inimigos me defendo eu”. Voltaire, filósofo francês. 

 

Continuar lendo

Blog do Crica

Uma charada para o velho lobo decifrar 

Publicado

em

O deputado federal Flaviano Melo (MDB)  é um craque dos bastidores políticos. Se mexe bem nesta escorregadia estrada, como poucos. Mas tem uma charada a matar. Vai ter que resolver está briga escancarada entre as duas alas do seu partido: a que defende a lealdade ferrenha ao governador Gladson Cameli, inclusive, de apoiar o seu candidato a prefeito e a outra que quer um MDB independente, com uma postura crítica e com candidatura própria à PMRB. Ao lado da ala dos camelistas, se encontram figuras de proa do partido, como a secretária de Planejamento, Maria Alice; e a secretária de Turismo, Eliane Sinhasique, que já se manifestaram publicamente contrárias às posições do líder do MDB na ALEAC, deputado Roberto Duarte, que adotou uma conduta de crítico duro do atual governo. Ambas acenam com um pedido de desligamento do partido. E do outro lado o deputado Roberto Duarte (MDB) – que esta semana chegou a ser declarado pelo governador como seu “inimigo” – que tem o aval da maioria da executiva regional, a favor da independência do MDB no Legislativo, sem estar em simbiose com o governador Gladson Cameli. Como o velho lobo do Glorioso do Dr. Ulysses Guimarães vai matar esta charada, confesso que estou ávido para saber. Mas também por conhecer os bastidores da política acreana e se tivesse que cravar um palpite cravaria seco de que o deputado federal Flaviano Melo (MDB) vai avalizar a postura até aqui adotada pelo deputado Roberto Duarte (MDB). Não espero também que o MDB desista de uma candidatura própria à PMRB. Ter candidato próprio é questão fechada no MDB.

NOMES PARA SENADOR GUIOMARD

Rosana Gomes – irmã do ex-prefeito James Gomes e cunhada da senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS), ex- vice-prefeita Branca Menezes, vereador Gilson da Funerária e Israel Milani, são nomes até aqui citados para disputarem a prefeitura de Senador Guiomard.

NÃO CREIO QUE VÁ OUSAR

Não creio depois de todo o desgaste que sofreu, que o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, vai encarar uma reeleição. Fala-se que, ele poderá vir a apoiar a candidatura da Branca.

FORA DA MESA

Conversei ontem com uma figura de naipe dentro do PCdoB sobre a eleição municipal de Cruzeiro do Sul. Acha ser impossível o seu partido e o PT virem a apoiar um nome indicado pelo grupo do ex-prefeito Vagner Sales. E vê a possibilidade do PT apoiar a reeleição do prefeito Ilderlei Cordeiro, ainda que fora do palanque, muito grande. Opinião de quem sabe. 

SECRETÁRIOS EGRESSOS

Muitos secretários do prefeito Ilderlei Cordeiro na prefeitura de Cruzeiro do Sul passaram por cargos importantes no último governo petista, o que pode facilitar da aliança vir a acontecer.

COMER PEIXE É UM PERIGO

Quem gosta de peixe, tenha cuidado! É que, se por acaso, uma espinha penetrar na sua garganta ou você tem dinheiro para buscar um médico Otorrinolaringologista particular para tirar a espinha ou se lasca. No Pronto Socorro da capital, não tem um profissional no quadro.

É VERGONHOSO!

Isso é vergonhoso! Pessoas com problemas em ouvido, nariz e garganta não conseguem atendimento por um Otorrino nem nas UPAS e nem no Pronto Socorro. É reclamação em cima de reclamação. O desgaste não vai para a secretária Mônica, mas para o colo do governador.

GATO ESCALDADO TEM MEDO DE ÁGUA FRIA

Não apostaria um centavo furado na possibilidade do ex-prefeito Marcus Alexandre (PT) disputar o governo em 2022. Sabe que para deputado estadual ou deputado federal sua chance de se eleger seria maior. Passou da banda podre, na eleição para o governo.

NEM PARA MOVIMENTAR A CAMPANHA

Falta com a verdade quem disser que o ex-prefeito Marcus Alexandre fez uma campanha milionária. Pelo contrário, foi a mais franciscana das candidaturas a governo pelo PT nos últimos vinte anos. Na fase final da campanha, o Marcus não tinha um pau para dar no gato.

INFORMAÇÕES SEGURAS

Estas informações eu tive sobre a campanha do PT de uma fonte mais do que segura. 

INDÚSTRIA RENTÁVEL

Nada deve ser mais rentável do que roubar celular. Virou uma indústria. Na Praça do Tropical, por exemplo, os pais não podem levar os seus filhos para brincar porque são roubados. Só nesta semana aconteceram casos em três dias distintos de roubos e tudo no período da tarde.

É UMA DOIDICE!

Todo mundo sabe onde se comercializam celulares sem procedência. Só a polícia não sabe? Enquanto tiver receptador vão ter pilantras roubando celulares por ter onde vender o roubo.

TERRENO NA LUA

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) diz que a ALEAC virou um puxadinho do Palácio Rio Branco. Ora, ora, Magalhães! Nos 20 anos dos governos do PT; de alguns, você foi o líder, se aprovava projeto até para vender terreno na Lua se fosse enviado à ALEAC, sem essa, então!

NADA MAIS SUBSERVIENTE

Não conheço uma mesa diretora da ALEAC nos 20 anos de governos do PT que não foi subserviente a quem ocupava o Palácio Rio Branco. Nem requerimento se aprovava na casa. Nunca nenhum projeto do governo era previamente discutido, mas aprovados no escuro.

SEMPRE FOI E SEMPRE SERÁ

Ou votando certo ou errado, votando uma matéria inconstitucional ou não, num parlamento quem dita o rumo da prosa é a bancada majoritária. Sempre foi e sempre será assim. A oposição está no papel de protestar contra um ato que ache ilegal, mas não deve estranhar.

ASSIM É NA DEMOCRACIA

Procurar a justiça para contestar atos que considere ilegítimos, é um direito da oposição. É o caso da ADIN que será ajuizada assim que o governador sancionar os vetos à LDO. Assim é na democracia.

CARTÃO DE VISITA RASGADO

Era um cartão de visita vergonhoso para quem estava chegando em Rio Branco e vir para o centro da cidade, num trecho completamente escuro. Este cartão vergonhoso está sendo rasgado pela prefeita Socorro Neri, que está colocando na via uma iluminação de Led.

MUITO CUIDADOSA

A prefeita Socorro Neri tem se mostrado uma gestora cuidadosa com a cidade, só não tem uma varinha mágica para resolver todos os problemas viários da capital. Quem na campanha de prefeito, no próximo ano, prometer resolver todos os problemas, estará mentindo.

CESÁRIO OUTRA VEZ

A eleição do PT marcada para este final de semana para eleger a direção regional não terá disputa, houve um consenso de que o atual presidente Cesário Braga será reeleito. Não concordo com seu viés ideológico, mas o respeito, por sempre ser solícito com a imprensa.

PRESENTE DE GREGO

Ganhar a presidência do PT é receber um presente de grego. O partido deve os marqueteiros da campanha passada, o advogado do eleitoral e outras pendências que chegam à casa de 1 milhão de reais. Não é, portanto, para ninguém invejar a reeleição do Cesário Braga.

SEGURO MORREU DE VELHO

Amigos do ex-deputado federal Raimundo Angelim descartam a possibilidade dele vir a ser candidato a prefeito de Rio Branco na eleição de 2020, principalmente, agora, com o comando do PT nas mãos da tendência Democracia Radical – DR, que trabalhou aberto pela sua derrota.

COM QUEM VAI O ALAN?

 Uma peça importante do campo político do governador Gladson Cameli ainda não se posicionou sobre a eleição para a prefeitura de Rio Branco no próximo ano, o deputado federal Alan Rick (DEM). Alan é um parlamentar que tem boa parte do seu nicho eleitoral na capital.

AINDA ESTÁ PARA COMEÇAR

O jogo político para valer na disputa da PMRB ainda está para começar, o que há até aqui são manifestações isoladas. Só vai se ter uma noção de como ficará o quadro eleitoral para a prefeitura da capital, quando se conhecer todos os candidatos e as alianças montadas.

PARA VALER

Quem tem afirmado que disputará a prefeitura de Rio Branco é o advogado Sanderson Moura. A sua entrada em cena seria importante, porque pela sua qualificação enriqueceria os debates.

FRASE DO DIA

“Jamais discuta, você não convencerá ninguém. As opiniões são como pregos: quanto mais se martela sobre elas, mais fazemos com que penetrem”. Alexandre Dumas Filho.

 

Continuar lendo
Propaganda

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.