Conecte-se agora

Energisa diz que aumento na conta de energia é decorrente da bandeira vermelha

Publicado

em

É unânime. Ao receberem a conta de luz este mês, moradores acreanos passaram a reclamar o nítido aumento na tarifa de energia elétrica. Essa semana, deputados estaduais se propuseram a levar o caso à Tribuna da Assembleia Legislativa, tamanho o número de reclamações.

Até a secretária de Turismo do Acre expôs o aumento de quase 50% em seu talão, mesmo tendo passado cerca de 15 dias fora de casa. Na tentativa de esclarecer a situação, a Energisa enviou uma nota ressaltando que desde o último mês de agosto, começou a incidir a bandeira vermelha, que trouxe uma taxa de R$ 4,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh).

Segundo a distribuidora, a medida está vigente em todo o país. “A estação mais seca do ano começou em julho, o que deixa menos favorável a geração de energia elétrica, por outro lado, existe um aumento de consumo de energia elétrica devido a época do ano, com temperaturas mais altas, principalmente neste mês de setembro”, afirma a Energisa.

Leia a nota:

Nota

A Energisa esclarece que a partir de agosto, por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), começou a incidir a bandeira vermelha, com taxa de R$ 4,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh), está medida atinge todas as concessionárias de energia do país. A estação mais seca do ano começou em julho, o que deixa menos favorável a geração de energia elétrica, por outro lado, existe um aumento de consumo de energia elétrica devido a época do ano, com temperaturas mais altas, principalmente neste mês de setembro.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas